Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi A4 2016: recall por falha no cinto de segurança - Brasil

Categorias: , , 10 Comentários

A Audi do Brasil convoca para recall sete exemplares do Audi A4 2.0 em decorrência de uma falha no cinto de segurança.

Novo Audi A4 2016 - recall

Os modelos convocados foram produzidos entre 18 de julho de 2016 e 25 de agosto de 2016, com numeração de chassi não sequencial variando de WAU_F4 038003 a WAU_F4 058379.

Novo Audi A4 2016 - recall

Segundo a Audi, há potencial falha nos sistemas tensores dos cintos de segurança dianteiros, os quais poderiam causar o não tensionamento dos contos em caso de impacto, podendo causar danos físicos e materiais aos ocupantes dos bancos dianteiros.

Novo Audi A4 2016 - recall

As unidades convocadas deverão se dirigir a uma concessionária para a marca para reparo, que ocorrerá em um tempo máximo de 30 minutos.

Novo Audi A4 2016 - recall

A montadora oferece o seu site www.audi.com.br e o telefone 0800 777 2834 para informações adicionais.

10 comentários:

  1. Só posso parabenizar a Audi poder ter um controle de qualidade tão insanamente poderoso, que consegue detectar falhas antes mesmo de elas ocorrem.
    Acho que a Audi é uma espécie de Minority Report do mundo automotivo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por este comentário realmente percebemos que a imaginação humana não tem limites!

      Excluir
    2. KKKKKKKKK
      Esse cara acha que só audi faz recall assim.
      é um alienado

      Excluir
    3. nossa, esse cara viaja ele acha que a fabrica faz isso em respeito ao seus clientes , alguém fala pra ele o que ha de realidade por trás disso ?

      Excluir
    4. Hahahahah...vc é hilário!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. O controle de qualidade é tão bom que os carros saíram com o defeito.

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. Como "já"? O quanto antes, melhor. Audi está de parabéns.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.