Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault Captur 1.6 Automático chega até agosto - detalhes

Categorias: , 41 Comentários

A Renault do Brasil lançou o seu novo SUV Captur no mercado brasileiro inicialmente em duas versões: Zen, com motor 1.6 16V de 120 cv com transmissão manual, e preço de R$ 78.900 reais, e Intense 2.0 Automática, precificado em R$ 88.490 reais.

Renault Captur 1.6 CVT Automático

Entretanto, a montadora promete que, dentro de seis meses - até agosto, chegam ao mercado duas novas versões do Captur 1.6 com a novidade da transmissão automática CVT, a mesma usada pela Nissan.

Renault Captur 1.6 CVT Automático

Esse conjunto mecânico será oferecido em duas versões de acabamento, Zen 1.6 CVT, e Intense 1.6 CVT. Já foram divulgados inclusive dados de desempenho e consumo do Captur 1.6 CVT.

Renault Captur 1.6 CVT Automático

Segundo a Renault, o Captur 1.6 16V SCe CVT (Automático) pesa 1286 Kg e é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 14,5 segundos (gasolina) e 13,1 segundos (etanol). A velocidade máxima é de 168 km/h (gasolina) e 169 km/h (etanol).

Renault Captur 1.6 CVT Automático

Já em relação ao consumo, o Captur 1.6 16V CVT, segundo o INMETRO, obtém 7,6 km/l de etanol em cidade, e 8 km/l em estrada. Já com gasolina ele fica em 10,9 km/litro em cidade, melhorando para 11,3 km/litro em estrada.

Renault Captur 1.6 CVT Automático

O Renault Captur fabricado no Brasil será vendido também em oito países da América Latina, sendo que o lançamento no México será em duas semanas.

Conclusão

O Renault Captur chega ao povoado segmento de SUV´s compactos brasileiro para enfrentar Honda HR-V, Jeep Renegade, Hyundai Creta e Nissan Kicks, tendo como diferencial o fato de oferecer as maiores dimensões externas, o maior porta-malas e a maior altura da posição de dirigir.

Renault Captur 1.6 CVT Automático

A chegada da versão 1.6 16V CVT é aguardada pois oferecerá um conjunto mecânico atualizado e eficiente.

41 comentários:

  1. Para que a pressa? Deixa para o ano que vem!
    Isso só reforça o fato de que essa carroça não passa de um Dacia Duster embelezado...

    ResponderExcluir
  2. Achei bem ruim o desempenho da versão 1.6 cvt, esperava mais.

    ResponderExcluir
  3. Me digam... como a Hyundai q tem uma fábrica praticamente no limite da capacidade produtiva consegue lançar um produto no Brasil (Creta, no caso) em um tempo menor em relação ao resto do mundo e em várias opções de versões ao mesmo tempo e a Renault, com uma boa capacidade ociosa na sua fábrica no PR, demoooooora para lançar um produto e ainda as versões veem a conta gotas?? Difícil vender bem e ser líder hein Renault...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótimo seu raciocínio, eu já havia pensado algo semelhante. Por isso que a Renault sempre amargura resultados baixos!

      Excluir
    2. Gestão somente.

      Gostei dá versão 1.6 manual, mas o desempenho...

      Assim como o Renegade, HRV, Creta, EcoSport... Todos manual.

      Só que tem no caminho duas opções que me pegam mais.

      208 GT e Golf 1.0 TSI. Somente.

      Excluir
    3. Foi igualzinho com a oroch e se ferraram....tem empresa q não aprende!

      Excluir
    4. Não há nada estranho nisso. Se há capacidade ociosa é que o investimento anterior não foi bem feito, não dando o retorno esperado, e o dinheiro que não veio fez falta para lançar novos produtos, que demandam novos investimentos. Quem vende mais tem mais dinheiro para investir. Por isso demorou e veio com plataforma e câmbio mais simples.

      Excluir
  4. SUB com desempenho de 1.0 por apenas 80 mil.

    ResponderExcluir
  5. Amontoado de plásticos baratos, ar condicionado analógico, freios a tambor, plataforma do DACIA duster, motor arcaico,
    Cambio de QUATRO marchas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bebe mais que carro 2.0 e anda bem menos. show.

      Excluir
    2. Só partir pro koleos quem tá com tanto mimimi..

      Excluir
  6. Repito que as montadoras no Brasil parecem aquele pai pão duro que no Natal dá o tênis e no aniversário os cadarços. Ou dá a caneta e no natal seguinte dá a tinta. Impressionante.

    ResponderExcluir
  7. Gostei do Captur... mas me chamou a atenção como a diferença de consumo entre cidade e estrada é tão pequena. Isso provavelmente indica uma péssima aerodinâmica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Considere 2008 THP e Tracker. Somente.

      Excluir
    2. A tracker não tem controle de estabildade e nem 4 airbags.

      Excluir
    3. O carro é muito bonito, pena que interior não acompanha o designer de fora. A altura de dirigir é boa. Fiz test-drive no 2.0 o motor é muito bom, mas falta marcha, pois são só 4 automáticas. Enfim, é um carro como qq outro lançamento, como o tempo vai se ajustando ao perfil dos consumidores. O que mais faz a montadora se mexer é a falta de comprador.

      Excluir
  8. Sério, a Renault deveria dar um jeito no desenho desse (de toda a linha) volante!

    ResponderExcluir
  9. Falam tanto do 2008 thp, e não vende nada ... Se colocasse cambio de 6 marchas, até dava para comprar um usado depois, com 2 anos, por menos de 60k.
    Assim o reinado da HR-V, não vai terminar nunca, melhor custo beneficio, melhor pós venda. Honda sempre na frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. melhor custo beneficio onde fãboy, vc só aparece aqui para babar a Honda, ainda vem defender aquele Fit alto com farol monoparabola de 100 mil reais.

      Excluir
    2. Eu também considero a hrv a melhor opção. Força da marca, pós venda e o mais belo.

      Excluir
  10. Vamos lá novamente, lançam e relançam SUV's e...O melhor SUV da categoria nem em comparativo eles colocam pq não tem AT (como se todos os méritos ou deméritos de um carro fosse ter um câmbio AT), mais econômico, mais seguro, mais conveniencia, desempenho brutal digno de esportivo como um Sandero RS por ex. Claro, PEUGEOT 2008THP, esse é o carro, o resto é resto. É preciso ser sansato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 99% preferem o conforto do câmbio automático que já está disponível em carros a partir de 50k.

      Excluir
    2. Errado! 99,9% preferem câmbio automático! 0,1% ainda resistem ao inexorável. Gritam que "carro de verdade é manual", ou "esportivo de verdade é manual", mas o devem fazer por que nunca devem ter dirigido um AT na vida... devem sentir saudades das máquinas de escrever. Até é evolução, evoluam!

      Excluir
  11. Tiro no pé com esta mecanica de alto consumo e baixo desempenho(não precisa ser de esportivo, mas equivalente à proposta)...e nem o preço é bom pelo o que oferece...só fachada!!!

    ResponderExcluir
  12. Vcs só falam não tem dinheiro pra com0rar nada sao duros . Vc compra um carro pelo seu gosto vc acha bonito e te satisfaz quer um carro barato e que nao bebe compra um fiat 147 ano 77 kkkkkkk seus duros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo contigo. E desde que o Captur foi apresentado o que mais tem se falado é do Peugeot 2008 THP. Se a Peugeot ganhasse 1 real cada vez que o povo aqui fala do modelo nem precisaria vendê-lo mais rs. Aliás, até bem pouco atrás o 2008 era patinho feio dos suves rs. Agora ele poderá viver em paz, pois o Captur tomou o lugar dele. Sobre sua colocação: "Vcs só falam não tem dinheiro pra comprar nada são duros", daqui a pouco começam a dizer que são empresários, que tem Ford Fusion, BMW, Audi rs. Aliás, estou no aguardo do SUV da Rolls-Royce para trocar o meu Range Rover Autobiograph kkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Mais um PhD na língua portuguesa... Coitada! Tão maltratada...

      Excluir
  13. é legalzinho esse carro mas... como todo carro Renault vai cair numa desvalorização monstra , paga 80k nele agora pra daqui uns dois ou tres anos valer nem 40k isso eu chutando alto

    ResponderExcluir
  14. é legalzinho esse carro mas... como todo carro Renault vai cair numa desvalorização monstra , paga 80k nele agora pra daqui uns dois ou tres anos valer nem 40k isso eu chutando alto

    ResponderExcluir
  15. é legalzinho esse carro mas... como todo carro Renault vai cair numa desvalorização monstra , paga 80k nele agora pra daqui uns dois ou tres anos valer nem 40k isso eu chutando alto

    ResponderExcluir
  16. Como que lançam um carro só pra depois de 6 meses colocarem o câmbio CVT, por isso o carro já nasce morto, falta de raciocínio Renault

    ResponderExcluir
  17. estes caras comenta mas nem chegarão perto do captur e fica reclamando do cambio do desaine que gasta muito combustivel vou comprar um e quero que se foda se bebe muito ou ñ seus quebrados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, não interessa o preço do carro, tem que ser eficiente, confortável, espaçoso, bom de mecânica e que não te deixe na mão. Duster CVT melhorado seria muitíssimo melhor, e a Captur deveria ser muito mais bem preparada. Está atrasada cerca de 5 anos, no mínimo frente a concorrência, até da própria sócia, a Nissan.No caso não adquiro um importado pois meu colega ficou esperando 30 dias só por um parachoque sem poder dirigir...Aí não dá!Só se tiver grana para ter dois iguais, pois para andar no que não interessa, não vale a pena!Por exemplo, um dos carros, nacional, da Peugeot, não tinha simplesmente os rolamentos na concessionária...Maravilha que são certas montadoras e concessionárias...Ainda bem que podia usar o bom Duster e o antigo Vectra que faz até 9 a 10 com álcool na estrada...E os caras vem com carro no século 21, ano 2017, 16 anos após 2001 uma Odisséia no Espaço, o homem indo a Marte com um carro que vai fazer 8 com etanol na estrada...Dá pra aguentar?

      Excluir
  18. A Captur 1.6 CVT fará 11,3 em estrada com gasolina? Põe no lixo, o Duster 1.6 manual faz 13km/litro. ùltima viagem fiz 1000km, ida e volta a Gramado ,com 13,8 km litro na ida e 14 na volta andando normalmente na velocidade permitida 110/80km h. Piorou consideravelmente. Resta ver se no consumo urbano em trânsito intenso o que faz, pois faço 8 com o Duster e 9,2 urbano leve. Está começando a hora de pensar sério em deixar a Renault por sua ineficiência, apesar de sua boa mecânica e serviços.Nunca vi uma fábrica tão atrasadinha como esta no Brasil. Quem sabe pelo menos acertam no Kwid, que interessaria somente aos antigos Fuscólogos e Gordinólogos de plantão? Captur seria um carro mais Top e Duster o SUV prato cheio para as famílias de classe média, não média alta.Kicks é engraçadinho, mas não convence como SUV com seu jeito de hatch cheio de vincos na lata e plástico nos paralamas.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.