Car.blog.br

Pesquisar este blog

Melhores SUVs com preço abaixo de R$ 100 mil reais

Categorias: , , , , , , 53 Comentários

O segmento de modelos SUV compactos é um dos mais disputados do mercado brasileiro, tendo concentrado a maior parte dos lançamentos ao longo de 2016, e que em 2017 e 2018 receberá novos concorrentes.

Melhores SUVs com preço abaixo de R$ 100 mil reais

Sendo assim, neste artigo relacionaremos os melhores SUV com preço até R$ 100 mil reais, segundo critérios de custo x benefício, desempenho e segurança.

1º lugar - Hyundai Creta Prestige 2.0 Automático - R$ 99.490 reais

1º lugar - Hyundai Creta Prestige 2.0 Automático - R$ 99.490 reais

O Hyundai Creta topo de linha é o modelo mais equipado tanto em termos de segurança quanto de itens de conveniência, contendo de série 6 airbags (frontais, laterais e de cortina), ESP (Controle Eletrônico de Estabilidade), controle de tração, faróis com projetor e luz diurna DRL em LED, retrovisores externos com indicadores de direção integrados, acendimento automático dos faróis (sensor crepuscular), sensor de estacionamento traseiro e câmera de ré e faróis com iluminação lateral "cornering lamp".

 Hyundai Creta Prestige 2.0 Automático - R$ 99.490 reais

Na parte de itens de conveniência, o Creta Prestige vem de série com revestimento interno em couro marrom, banco do motorista com ventilação, partida do motor por botão Start, chave presencial, piloto automático, ar-condicionado com comando digital com zona única de climatização, vidros elétricos nas quatro portas com comando one-touch, sistema start-stop de desligamento automático do motor em paradas temporárias.

 Hyundai Creta Prestige 2.0 Automático - R$ 99.490 reais

Essa versão Prestige vem de série também com a central multimídia blueNav com sistema de navegação por GPS integrado, e compatibilidade com o Android Auto e Apple CarPlay para espelhamento de tela de celular.

 Hyundai Creta Prestige 2.0 Automático - R$ 99.490 reais


No quesito dimensional, o Creta mede 4,27 metros de comprimento, 1,78 m de largura, 1,63 m de altura e 2,59 m de entre-eixos, e o seu porta-malas é dos maiores da categoria: 431 litros.

 Hyundai Creta Prestige 2.0 Automático - R$ 99.490 reais

O conjunto mecânico é formado por um motor quatro cilindros 2.0 16V de 166 cavalos, capaz de acelerá-lo de 0 a 100 km/h em 9,2 segundos, e retomar de 80 a 120 km/h em 6,2 segundos - números bons, os melhores do segmento (junto com os do GM Tracker 1.4 Turbo Automático), mas o consumo decepciona: 8,2 km/l de gasolina em cidade e 11,4 km/l em estrada. Com etanol 6,9 km/l e 10 km/l, respectivamente.

2º lugar - Nissan Kicks 1.6 SL - R$ 91.900 reais

O SUV compacto da Nissan, em sua versão topo de linha, SL, é também bem servido em termos de recursos de segurança: seis airbags, controle de estabilidade e de tração, sensor de estacionamento traseiro, câmera com visão 360 graus, faróis com sistema de posicionamento diurno em LED, sensor crespuscular.



Mas ele fica devendo para o Creta 2.0 Prestige itens como piloto automático (não oferecido nem como opcional) e também o sistema de acendimento automático dos faróis auxiliares em curvas.

Nissan Kicks 1.6 SL - R$ 91.900 reais

No quesito itens de conforto e conveniência, o Nissan Kicks SL é muito similar ao Creta, com revestimento interno em couro, central multimídia com GPS integrado.

Nissan Kicks 1.6 SL - R$ 91.900 reais

O conjunto mecânico do Kicks é bem mais fraco que o Creta 2.0 Prestige, já que o Nissan usa um motor 1.6 de 114 cavalos com transmissão CVT, resultando em um desempenho aquém do que se espera de um carro de mais de R$ 90 mil: 0 a 100 km/h em 12 segundos. O consumo de gasolina em cidade é de 9,6 km/l, chegando a 13,7 km/l em estrada (8.1 km/l e 11,4 km/l, respectivamente, com etanol).

3º - Cheverolet Tracker LTZ Completa - R$ 92.990 reais

Cheverolet Tracker LTZ Completa - R$ 92.990 reais

O Tracker 2017 na versão LTZ completa vem também com 6 airbags (é um opcional de R$ 3.000 reais, já incluso no preço acima), sensor de estacionamento traseiro com alerta de ponto cego, luz de posição diurna em LED. Ele fica devendo, porém, ESP - controle eletrônico de estabilidade - e controle de tração, recursos que são importantes, sobretudo pelo fato de o Tracker ser provavelmente o SUV mais rápido e veloz do segmento, graças a seu motor 1.4 turbinado flex com injeção direta.

Cheverolet Tracker LTZ Completa - R$ 92.990 reais

No quesito itens de série, ele ostenta uma lista completa, que contém itens como piloto automático, direção com assistência elétrica, transmissão automática de seis velocidades, vidros elétrico nas portas com acionamento por "um toque", central multimídia MyLink com tela de 7 polegadas e integração com smartphones através do Android Auto e Apple CarPlay, camera de ré, abertura das portas e alarme anti-furto através de sensor de aproximação na chave, partida sem chave, teto solar elétrico, bancos em couro, banco do motorista com regulagem lombar elétrico.



O grande destaque do Tracker 2017 é seu conjunto mecânico, o melhor do segmento, formado pelo motor 1.4 turbo flex de 153 cv e 24,5 kgfm de torque (4 Kgfm a mais que o Creta 2.0 Automático), associado com uma transmissão automática de seis marchas. A aceleração de 0 a 100 km/h em 9,4 segundos (segundo a GM), e consumo médio (Inmetro) com etanol fica entre 7,3 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada, melhorando para 10,6 km/l em cidade e 11,7 km/l em estrada.

Cheverolet Tracker LTZ Completa - R$ 92.990 reais

O Chevrolet Tracker 2017 1.4 Turbo tem o melhor e mais eficiente conjunto mecânico do segmento, uma lista de itens de série bem completa (perde apenas para o Creta 2.0 Prestige), mas peca por não oferecer controle eletrônicos de estabilidade e tração, e pelo seu porta-malas reduzido, de apenas 306 litros.

4º Jeep Compass 2.0 Sport - R$ 99.990 reais

O Jeep Compass mede 4,41 metros de comprimento e é atualmente o 3º SUV mais vendido do Brasil (atrás apenas do Honda HR-V e Jeep Renegade) em seu segundo mês de vendas, e que em sua versão de acesso, Sport, com motor 2.0 Flex e transmissão automática de seis marchas, custa menos de R$ 100 mil reais.


Sendo maior que os demais, ele oferece mais espaço interno na cabine, mas seu porta-malas é de 408 litros, superior ao do Tracker, mas abaixo do oferecido por Creta e Kicks. No quesito segurança ele conta com controle eletrônico de estabilidade e de tração, e ainda sistema anti-capotamento, mas o modelo básico conta apenas com dois airbags frontais (com R$ 3.000 reais a mais vem com o pacote completo de sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho).


Na parte de equipamentos conveniência, ele vem com direção elétrica, central multimídia de 5 polegadas com GPS integrado (mas sem compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto), rodas de alumínio de 17 polegadas. Há também ar-condicionado manual, volante com comandos multifuncionais, câmera de estacionamento traseira, faróis e Lanternas com assinatura em LED, freios a disco nas 4 rodas, Hill start assist, limitador de velocidade, luzes de rodagem diurna (DRL), piloto automático, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, sensor de estacionamento traseiro, vidros elétricos nas 4 portas com one touch.

Jeep Compass 2.0 Flex 2017

O conjunto mecânico é formado pelo motor quatro cilindros 2.0 Flex de 166 cv e 20,4 kgfm, associado com transmissão automática de seis marchas. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 12,3 segundos, segundo a revista Quatro Rodas, e o consumo é elevado: 5,5 km/l de etanol em cidade, 7,2 km/l em estrada. Com gasolina melhora um pouco: 8,1 Km/l em cidade, e 10,5 Km/l em estrada.

5º - Honda HR-V EX - R$ 93.000 reais

Honda HR-V EX - R$ 93.000 reais

O Honda HR-V EX, modelo intermediário, conta na linha 2017 com ar-condicionado digital automático e seletor de trocas de marchas no volante, piloto automático e freios a disco nas quatro rodas. Conta também com controle eletrônico de estabilidade e tração, mas apenas dois airbags frontais, e o revestimento interno é em tecido.

Honda HR-V EX - R$ 93.000 reais

O motor é o 1.8 aspirado flex de 140 cavalos, associado com transmissão automática CVT, que traz consumo de 7,1 km/l de etanol em cidade e 8,5 km/l em estrada, melhorando para 10,5 km/l e 12,1 km/l, respectivamente, com gasolina, e aceleração de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos.

Quadro Comparativo: Creta x Kicks x Tracker x Compass x HR-V x Renegade

Abaixo relacionamos as principais métricas de desempenho (medidos com gasolina - 4 Rodas), consumo (INMETRO), preço e características de segurança, com grifo azul no melhor resultado e vermelho no pior.

Hyundai Creta 2.0 ATHonda HR-V 1.8 CVTJeep Renegade 1.8 AT6Jeep Compass Sport 2.0Nissan Kicks SLTracker 1.4 Turbo
PreçoR$ 99.490R$ 93.000R$ 97.900R$ 99.990R$ 91.900R$ 92.990
Airbags622266
ESP / Controle de TraçãoSIMSIMSIMSIMSIMNão
Porta-malas 431430250408432300
0 a 100 km/h - s9,210,914,312,3129,4
80 a 120 km/h - s6,27,410,48,79-
Frenagem a 120 Km/h - [m]61,160,97567,568-
Consumo cidade (G) - km/l8,210,59,58,19,610,6
Consumo estrada (G) - km/l11,412,110,910,113,711,7
Consumo cidade (E) - km/l6,97,16,55,58,17,3
Consumo estrada (E) - km/l108,57,67,211,48,2

Postagens relacionadas:

53 comentários:

  1. Eu não iria de nenhum desses, minha escolha seria Golf Variant!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza o golf variant é muito melhor que todos juntos. Mas se a vw quiser melhorar as vendas na bananalandia onde os carros são só para de mostrar status. É só fazer um mini suv com a plataforma mqb que ela vira a concorrência do avesso

      Excluir
    2. Na realidade, a VW nem precisava fazer na plataforma MQB. Se tivesse um SUV na plataforma do Gol, com 4,25 metros de comprimento, já seria ultra-competitivo.
      Mas o SUV com plataforma MQB está vindo já em 2017, será o Breeze, e vem com motores 1.0 TSI e 1.4 TSI, nível de segurança top, e etc.
      O Breeze vem para competir com HR-V, Kicks, Renegade.
      E terá outro SUV na plataforma MQB, que será a nova Tiguan, vinda do México, essa para concorrer com o Compass.

      Excluir
    3. Carlos, qual vai ser a faixa de preço do Breeze? Será que vai ter o nível de segurança do Golf?

      Excluir
  2. Nenhum destes! Pagar quase 100k e levar acabamento tosco e só 2 airbags???
    Iria de Tiguan, sem dúvida, mesmo sendo mais antiga. O problema é o preço absurdo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A matéria é de SUVs abaixo de 100 mil, a Tiguan está acima disso é na faixa dá Tiguan o que não falta é carro pra escolher

      Excluir
    2. Exato e foi isso que quis dizer! Não há nada que preste nessa faixa de preço.
      Só passando dos 100k que há algo que preste no segmento.

      Excluir
    3. 2008 Turbo, 173 cv, com 06 Air bags por R$83 mil, creio que está de bom tamanho, com GPS de fábrica.

      Excluir
  3. O melhor de todos é o Tracker, mas como sempre tem que faltar algo, o ESP e controle de tração, dona chevy que mancada, HRV e Renegade piada, Creta bem completo, mas o motor um pouco beberão e ainda perde em desempenho para o 1.4 turbo da chevy, gosto de sedam, mas se for pra comprar um altinho um dia, seria o Tracker, assim que for adicionado os itens de segurança, esse carro merece e precisa....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema do Tracker, está no fato dele ser importado(produção limitada, desvalorização), manutenção mais complicada e não oferecer o simples ESP, que neste segmento se faz obrigatório, pelo risco dos SUVs terem centro de gravidade elevado.

      Quanto ao Creta, este apresenta-se bastante equilibrado em todos os aspectos. O único que faz frente a ele, é o Nissan Kicks (a versão SV (a top) pode ser encontrada por excelentes 85mil, produção nacional em 2017), que apesar de ter motor 1.6, é bastante econômico e com desempenho "aceitável". Abaixo dos 90 mil só existe o Nissan kicks como melhor opção, seguido pelo GM Tracker LT. O Creta 1.6 AT não apresenta-se como boa opção, pelos equipamentos.

      Resta ver o que a VW(a depender do preço) vai trazer como SUV, para concorrer com o Creta e o Kicks como melhores opções.

      Excluir
    2. Essa Tracker tem 3 deficiências injustificáveis!!!
      1-NÃO TER FREIOS A DISCO NA TRASEIRA.
      2-NÃO TER ESP/ASR.
      3-NÃO PODER DESATIVAR O START/STOP.

      Excluir
    3. Além de ser apertadíssimo internamente!

      Excluir
    4. Além de ser apertado DEMAIS internamente.

      Excluir
  4. Lembrando que o Tracker NAO possui GPS nem como opcional. Voce pode espelhar, se tiver Android, ou usar uma "navegação por setas" (credo) se usar o Onstar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, MyLink sobra perante todos... GPS nativo é roubada... Espelhar googlemaps ou Waze é o melhor dos mundos...

      Excluir
  5. tracker seria a minha escolha,é a que possui a mecanica atualizada o resto é só design com motor velho ou motor pequeno como no kicks

    ResponderExcluir
  6. O povo ta iludido com carro q so tem carcaça e uma pena golf variant melhor em tudo mas o povo ainda quer saber de carro aspirado fazer o que deixa jogar dinheiro no mato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, quem comora suv não pensa em sw. Comparação inútil. Mesmo q o 1.4 t da new parati seja melhor q todos os engines dos outros suvs.

      Eu fico vendo esse pessoal falando mal de carro de 100 mil com tanta facilidade !!! Santa insignificância. Quando crianças sonhavam com bem menos. Eu mesmo queria q meu pai comprasse um chevet 90....

      Excluir
  7. Comprei um Compass Longitude Limited Edition e estou hiper satisfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No começo é sempre assim. Lua de Mel....

      Excluir
    2. carlim: just like my old fellow Golf 1.6 AT. Honeymoon.

      Excluir
  8. Eu gostaria de saber qual a vantagem em ter um carro com motor turbo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Algumas pessoas precisam de um desenho. Vamos desenhar então: os motores turbo oferecem muito superior, com consumo inferior. Por exemplo. O Golf 1.0 TSI, anda junto com Focus 2.0, mas bebe menos que o Ka 1.0.

      Excluir
    2. Desempenho e economia.
      Num paralelo rápido, seria como nos anos 80 alguém perguntar "qual a vantagem da injeção eletrônica?" frente ao carburador.

      Excluir
    3. Saberá quando acelerar um TSI da vw.

      Excluir
    4. 2008 Turbo, GPS, 06 air bags, ESP, Hold Hill.

      Excluir
  9. Como os preços são muito próximos, o que mais vender será o eleito melhor pelos consumidores.

    ResponderExcluir
  10. Creta não tem paddle shifters, Kicks pouco motor e não tem freio a disco nas 4, Tracker não tem ESP, HR-V vem pelado , Compass bebe demais, Captur com câmbio auto 4 marchas, 2008 idem, tá difícil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem compra SUV não dá a menor importância a "paddle shifters". Acho que de todos esses "defeitos", esse é o mais irrelevante.

      Excluir
    2. Parabéns, você realizou que comprar SUV é rasgar dinheiro.

      Excluir
    3. Embora o hrv esteja na lanterna do comparativo, acredito que permanecerá como primeiro ou segundo em vendas. Suspeito que o Creta poderá alcançar o pódio.

      Excluir
    4. 2008 Turbo não tem câmbio automático, somente câmbio 06 marchas manual.

      Excluir
  11. Na minha opinião, no perceptível e ideal para o consumidor do segmento, só vejo leve coerência no Compass, nessa faixa de valor mais perto dos 100 mil.

    Somente Compass e Renegade não têm o chassi adaptado... HRV vem do Fit, Kicks do March, Tracker do Sonic e agora o Creta do Elantra (será?). Acho todos meio que adaptados e com acabamento simples.

    Eu ainda indico o Golf por 75 ou, se quer mesmo um dessa turma, por 82 você leva um Renegade com 7 airbags ou até 89 pela versão AT. É 10 mil menos caro que o Creta, tem crach test conhecido e é pessoalmente, mais interessante.

    Enfim, quanto menos jogar dinheiro fora com essa categoria, melhor... Mais racional é hatch, Golf por 75 com 7 airbags e ótimo crash test. Ou Renegade, 82, pelos mesmos predicados. Gastar 20 mil a mais por perfumaria não cola...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Renagade vários problemas.

      O primeiro é o design carregado e pesado envelheceu na velocidade da luz, como era previsível. O estilo é ridículo de feio do Renegade.

      O segundo é a plataforma supostamente feita para SUV é um poço de ineficiência. È pesadíssima, fazendo dele um carro lerdo, mais lerdo que o Up! 1.0 MPI. E isso não se reflete em robustez, pois ele terminou o teste de longa duração da 4 Rodas com mais ruído que a bateria da Nenê da Vila Matilde.

      Terceiro que essa plataforma além de pesada, tem projeto antiquado, fazendo o interior apertadíssimo. Porta-malas de 150 litros menor que o do Up!. Uma piada.

      Eles melhoraram um pouco no COmpass, mas tá muito longe do ideal. O Compass é 20 cm maior que os demais, com porta-malas menor.

      Ou seja, parece ser melhor ser derivado de carro comum do que ser um poço de ineficiência como o Renegade/Compass.

      Excluir
    2. Discordo de todos os itens... O design é muito bem resolvido e elogiado. Tem identidade e é o mais interessante, junto com o Compass. O isolamento acústico do Renegade é exemplar e o painel é soft touch... Conheça pessoalmente, não fique apenas em testes pontuais. O porta malas não tem as caixas de rodas e sobra para a maioria das situações. Ainda confio mais no que conheci pessoalmente e nos crash tests oficiais.

      Excluir
    3. Carro para Familia??? Qualquer sedan nessa faixa de preço oferece mais espaço, conforto e porta-malas maior. Além disso, os sedans derivam de plataformas melhores e mais modernas. A do Civic, por exemplo, é 1000 x superior à do HRV. A do Sentra, melhor que a do Kicks. Creta, para mim, deriva do HB20.... E assim por diante.
      Sem contar que um sedan é mais seguro, ao contrário do que pensa a maioria. Freiam melhor e, por ter o centro de gravidade mais baixo, são mais estáveis.
      Se carro alto fosse bom, Fórmula 1 tinha 2m de vão livre.....

      Excluir
    4. Creta usa a plataforma do Elantra, que mané HB20
      Infeliz comparação com um F1, é o mesmo que comparar F1 com o Rally dos Sertões, um F1 na terra é um lixo...por isso chama-se Crossover...

      Excluir
  12. Se a VW lançar um SUV nessa categoria com as novas plataformas(Golf)e preço compatível a esses no mercado...COM CERTEZA SERÁ LIDER DO SEGMENTO!!!

    ResponderExcluir
  13. Outro ponto duramente enaltecido pelo executivo foi a plataforma Small Hard 4X4, exclusiva no Jeep. “Do modelo de entrada ao top de linha, o Renegade possui estrutura rígida, criada do zero para comportar o carro. Enquanto isso, muitos concorrentes oferecem ‘SUVs’ com plataformas oriundas de carros hacht da linha”

    ResponderExcluir
  14. Alie uma estrutura sólida, com suspensão independente nas quatro rodas, e tenha um SUV bastante silencioso e seguro. Sim, ele absorve muito bem a buraqueira e por vezes esquece-se estar a bordo de um carro “quadrado” de porte médio. Vale lembrar outra novidade dos modelos: função Start-Stop. Ao mesmo passo que ela é benéfica para a redução do consumo e emissão de poluentes.

    ResponderExcluir
  15. Quer um Crossover econômico, confortável e desempenho mediano, vá de Kicks. Quer bom desempenho e equipamentos, vá de Creta. Quer status, vá de Compass. Quer rasgar dinheiro, vá de Renegade 1.8. Quer o tradicional, mediano em tudo, vá de HR-V.

    ResponderExcluir
  16. A verdade seja dita; pagamos caro por menos opções de modelos, pagamos caro para ter carrinhos com motores fraquinhos por 100 mil reias.Parece q nunca teremos 250, 300, 400 cavalos com preços honestos aqui neste país. Pensando bem.... para q mesmo! Nem temos estradas para rodar. Então pagamos 100 mil para ter 140 cavalos na mão... piada.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  18. Quero comprar um SUV, dentro de 3 meses. Todos los comentários em vez de aclarar, me confundem mais. Miro meu bolsinho... e tenio que ir de Tracker... O Creta, som 105.000. E de mais.

    ResponderExcluir
  19. Desde Janeiro estou pesquisando um SUV, entao posso falar com propriedade.
    1) faça um teste drive
    2) O que vc quer? Um carro economico, pra trilha, pra viajar, pra status, pra cidade ou pra correr?

    Cada SUVs esta direcionado para um publico. Eu li aqui, sobre o que vender mais e o melhor. Nao eh bem assim, as importaçoes nao possibilita essa conta.

    Eu preciso de um carro economico, ando 60km em media por dia em centros urbanos e viajo com a familia uma vez por mes cerca de 400km. As minhas opçoes ficaram entre Tracker, Kicks e Creta, exatamente nessa ordem. Eu escolhi o TRACKER.

    Contudo, tem os pontos negativos:
    1) Faltam os air-bag de serie (mas eh algo que nao quero testar);
    2) o bagageiro eh pequeno para um SUV;
    3) os bancos traseiro sao apertados, principalmente para os pes;
    4) o tal do controle de estabilidade, mas, nao vou fazer um curva a 140km/h com minha familia, neh?
    5) ter que esperar 3meses para ter o carro, por causa da importaçao.

    Pontos Positivos:
    Muitos, nem vou listar todos: preço, itens de serie(mais completo), design, potencia x consumo...

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Minha gente, hoje fiz teste drive no Kiks, Hrv e Captur, sinceramdente?! Nenhum deles bate o Jac T5 CVT na relação custo benefício. Bati o martelo, comprei o Jac T5 CVT. Excelente carro!!!

    ResponderExcluir
  22. Preconceito com a Peugeot, o 2008 Griffe aspirado, possui freio nas 4, ar dual zone, teto panorâmico, camera de ré, sensor dianteiro, bancos em couro, piloto automático, controle de velocidade (o Kicks não tem nem como opcional e o 2008 desde o Allure), led diurna (HRV só a top de linha) GPS e custa menos de 80k se colocar versão turbo (que anda mais q o da GM)...não entendo isso, estou feliz com o meu Allure, não fica devendo nada pra esses todos e custou menos de 70k :-)

    ResponderExcluir
  23. Por pouco não comprei ele, acabei fechando no 2008 por causa das condições, 50% de entrada e 36x tx zero...carrão tb, há itens que o Kicks e a HRV não oferecem por 90k, por exemplo, piloto automático e controle de velocidade, disco nas 4 (ñ tem no Kicks) farois de milha, led diurno, ar digital dual zone (não tem no HRV)

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.