Car.blog.br

Pesquisar este blog

Audi tem recorde de vendas nos EUA com disparada do A4

Categorias: , , 3 Comentários

O mercado de carros de luxo americano vem apresentando crescimento fraco ou nulo nos últimos meses, com uma exceção: o novo Audi A4, cuja disparada de vendas logrou à Audi seu 69º recorde consecutivo mensal de vendas em setembro.

Novo Audi A4 2017

A montadora alemã de carros premium vendeu 3.175 A4s no mês passado, um ganho de 43% sobre o ano anterior, marcando o melhor desempenho do modelo desde 2013. O avanço do A4 compensou vendas menores em outros modelos, especialmente o mais vendido da marca nos EUA, o Q5 - em meio a uma mudança de geração -, fazendo com que as vendas da Audi nos EUA tenham crescido 1,6%, para um total de 17.617 veículos.

Novo Audi A4 2017 - interior

As vendas do A4 subiram 15% nos nos primeiros nove meses de 2016, enquanto o segmento de mercado no qual ele compete, definido como sedãs compactos premium, caiu 15%.

Novo Audi A4 2017 - interior

A Audi abriu na semana passada uma nova fábrica no México de US$ 1,3 bilhões de dólares, onde já produz o Q5, o seu modelo mais produzido e mais vendido no mundo, e também nos EUA.



Com a produção do Q5 no México, a Audi pretende avançar ainda mais no mercado americano, pois terá preços mais competitivos e reduzir pela metade o tempo de espera pelo carro.

Postagens relacionadas:

3 comentários:

  1. Aqui no Brasil preferem vender 50, 60 unidades mes do que baixar o preço. Está a 147 mil, se colocassem a 135 mil, venderiam 500 unidades tranquilamente. A conta é simples: óbvio que é melhor a montadora lucrar 30 mil e a concessionaria 9 mil por unidade a 135 mil, que daria um lucro de 15 milhoes pra montadora, vendendo 500 unidades/mes, do que vender 50, lucrando 38 mil por unidade e no total 2 milhoes, arredondando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O A4 é fabricado na Alemanha para vender na Europa, EUA e demais países das Américas. E fabricado na China para vender na China.

      A questão é que a Audi está vendendo tudo que produz do A4 na Alemanha por conta da disparada de vendas na Europa e nos EUA. E nesses mercados o A4 é vendido mais caro que no Brasil.

      Então, não tem lógica alguma a Audi direcionar uma parte maior de sua produão para o Brasil, onde terá menos lucro, do que vender na Europa e nos EUA, onde lucra mais.

      O Fato é que o A4 estrá no line-up da Audi BRasil só para marcar posição. Ele só será vendido em maior quantidade quando estabilizar a demanda na Europa e nos EUA.

      Em resumo: o A4 só não vende mais no BRasil pois não tem para vender, pois a oferta é limitada.

      Excluir
  2. No Brasil o estilo sedan "fullsize" não agrada muito. E apesar de eu não considerar ele assim, se compararmos com série 3 da bmw e c180 (concorrentes) ele acaba sendo considerado "menos" esportivo. E, associado ao preço não competitivo, acaba vendendo muito menos que os concorrentes. Penso, que no Brasil, nesse segmento a Audi investe mais na serie A3 SEDAN que deve lucrar mais pra eles, além do fato que, como toda empresa, vai direcionar o produto (estoque) para os mercados que mais compram ele...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.