Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo Civic 2017: consumo das versões Turbo e 2.0 CVT

Categorias: , , , 36 Comentários

A Honda do Brasil apresentou oficialmente o Novo Civic 2017, veículo que chega com duas opções de motor: 1.5 Turbo, de 173 cavalos, e o conhecido 2.0 aspirado FlexOne de 155 cavalos. Os dados de consumo do INMETRO para os dois casos já estão publicados, então é possível comprar o novo sedã com os seus concorrentes, no que respeita à eficiência energética.

Novo Honda Civic 2017 - consumo

O Novo Civic 1.5 Touring 1.5 Turbo CVT, movido exclusivamente a gasolina, se estabelece como o sedã médio mais econômico à venda no mercado brasileiro, com consumo em cidade de 12 km/l, e, em estrada, de 14,6 km/l.

Novo Honda Civic 2017 - consumo

Esse resultado rendeu ao novo sedã o selo duplo A do INMETRO, ou seja, indicando que ele está entre os melhores tanto na categoria, quanto no ranking geral. O único problema é que este Civic tem preço sugerido de R$ 124.900 reais, o que deve limitar sua atratividade.

Novo Honda Civic 2017 - consumo - 2.0 Automático

Em relação às demais versões do Civic 2017, equipadas com o motor quatro cilindros 2.0 FlexOne, associado com transmissão CVT, a média em cidade com gasolina é de 10,6 km/l (11,7% pior que o Civic 1.5 Turbo) e, em estrada, de 12,9 km/l (11,6% pior que o Civic Turbo).

Novo Honda Civic 2017 - interior - espaço traseiro

Além disso, se o Civic 1.5 Turbo é o campeão entre os sedãs médios no quesito consumo, este Civic 2.0 CVT fica atrás de modelos como Audi A3 Sedan 1.4 Flex Automático, Novo Cruze 1.4 Turbo Automático - que se configura um de seus principais concorrentes, Corolla 1.6 CVT e Jetta 1.4 TSI.

Novo Honda Civic 2017 2.0 Automático Flex - consumo

O quadro abaixo mostra os dados de consumo do Civic com motores 1.5 Turbo e 2.0 aspirado, comparados com seus principais concorrentes.


Modelo

Motor

Câmbio
Consumo de combustível
Média Gasolina
Cidade EtanolEstrada EtanolCidade GasolinaEstrada Gasolina
Novo Civic1.5-16VCVT\\12,0014,6013,17
AUDI A3 SEDAN1.4 16VAT67,809,9011,7014,2012,83
Novo Cruze1.4-16vAT-67,609,6011,2014,0012,46
Toyota Corolla1.8-16VCVT7,809,2011,4013,2012,21
JETTA1.4-TSIAT-6\\10,4013,8011,93
Citroen C4 Lounge1.6-THPAT-67,109,0010,5013,2011,72
Novo Civic2.0-16VCVT7,208,9010,6012,9011,64
Toyota Corolla2.0-16VCVT7,208,8010,6012,6011,50
AUDI A3 SEDAN2.0-16vDSG-6\\10,3012,8011,43
JETTA2.0-TSIDSG-6\\9,4012,5010,80

Conclusão

Os dados de consumo do INMETRO evidenciam que o novo motor 1.5 Turbo do Civic é muito eficiente, colocando-o como modelo mais frugal da categoria.

Novo Honda Civic 2017 - consumo

Ocorre que, precificado em R$ 124.900 reais, esta versão deverá ter baixa procura relativamente aos modelos flex, com motor 2.0, que não apresenta a mesma eficiência, e fica atrás de vários concorrentes.

Postagens relacionadas:

36 comentários:

  1. Pensar que a VW tem o DSG como carta na manga pra melhorar TODOS os números do Jetta... Agora é tarde.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que não seja tarde, a VWB vai voltar com a DSG (de preferencia a óleo), a descontinuidade dela foi um tiro no pé, assim como a descontinuidade da suspensão traseira multi-link e o freio de estacionamento eletrônico. São itens, os três, junto com o motor turbo 1.4 litros colocavam o Golf 7 (e o Jetta) num patamar superior em relação a maioria da concorrência.

      Excluir
    2. Concordo com você, mas faço uma ressalva: Não vejo qualquer atrativo no freio de mão com acionamento automático, sinceramente. Na minha modesta opinião se trata, sem qualquer sombra de dúvida, de item de perfumaria.

      Excluir
    3. Quem tem um Golf com o auto hold e tem o luxo de não precisar ficar segurando o carro no pedal de freio nos faróis e principalmente nos congestionamentos sabe que o freio elétrico deveria ser item de série nos veículos automáticos de todas as categorias

      Excluir
    4. Amigo Hemarteson, não é perfumaria não. No trânsito pesado, para a grande maioria dos automáticos em que o câmbio faz o creeping, trata-se de um item de conforto interessantíssimo. Ficar com o pé no freio cansa um bocado no anda e para. Não sei como é o trânsito aí na sua cidade, mas onde moro é bastante útil. Claro que se houver um freio de mão mecânico, mas com o hold on, seria melhor para mim...

      Excluir
    5. Se ficar uma semana com um carro com auto-hold, duvido que queira outro sem.

      Excluir
    6. Eu também achava o auto-hold perfumaria, até ter num dos carros da casa.

      Excluir
  2. Nessa lista, O Cruze é o carro de grande volume a ser batido, quem diria hein GM...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso já era sabido. Apenas a galera teimosa q insiste em ficar torcendo pelos Civic e Corolla tsc tsc tsc

      Excluir
    2. Batido em qual aspecto?
      Em vendas, Civic e Corolla vão seguir na ponteira.
      Em termos de desempenho, o Civic 1.5T faz mais bonito e ainda é mais econômico.

      O Cruze é a escolha racional dos frequentadores de fóruns que avaliam apenas números.
      Na prática o mercado responde com argumentos que vão muito além da subjetividade de números.

      Goste ou não, a realidade é esta ...

      Excluir
    3. Cara, ainda acredito que o Civic venderá o dobro de Cruze - e ambos são caros, pelo que oferecem...

      Excluir
    4. Videntes?

      Melhor esperar a resposta do mercado, o Jetta é um carro maravilhoso, mas nem ameaça a dupla nipônica. O novo Cruze tem muito para conquistar.

      Excluir
    5. O acabamento do Cruze não está grande coisa, mas no contexto geral é uma opção a ser pensada sim.

      Excluir
    6. O Civic 1.5T é carro de vitrine apenas, a Honda colocou como forma de "olhem para mim, nosso carro agora é Prenium", mas isso não quer dizer que seja.
      Vai ser mosca branca no mercado, vai ver um ou outro, o que vai vender mesmo são os 2.0.

      Excluir
    7. Será ? só na pré venda foi mais de 2000 unidades.

      Excluir
  3. Isso é uma vergonha só no Brasil isso !!!!

    ResponderExcluir
  4. Que carro lindo, motor,designer e tecnologia a Honda mostrando seu potencial,Palmas Palmas !

    ResponderExcluir
  5. Só eu que achei esse Civic bem feio? Rsrs na minha opinião tá bem feio!

    ResponderExcluir
  6. Quero saber que gasolina o INMETRO usa para fazer esses testes, pois em nenhum carro da minha família chega perto do consumo urbano que é divulgado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo é percurso. Eu faço mais que a média do Inmetro pro meu carro. Já meu pai tem o mesmíssimo carro e faz bem, bem menos.

      Excluir
  7. É bem legal ver as análise de mercado e as avaliações sobre os carros com base no que leu aqui ou ali....Na maioria das análises não há nada sobre adequação ao uso e etc...Como volume de porta-malas e etc..Apenas zero a cem....Nem mesmo a questão de quando o torque máximo aparece e quando cai...

    dando minha contribuição de analista...Acho que o carro ficou bonito, apesar de não gostar muito de carros muito desenhados....Mas, não compraria porque gostaria muito de levar um motor turbo para casa e nesse valor apertaria muito o orçamento....Então procuraria saber do possível novo jetta previsto para o próximo ano ou partiria para o cruze lt....Ou....Contudo porém.......Quem sabe a Honda não adota esse turbão em outras versões mais em conta...Ou com a força de um milagre em toda gama...hahaha

    ResponderExcluir
  8. Os potenciais compradores das versões 2.0 deveriam esperar pelo novo Earth Dreams 1.0 que a Honda já desenvolve para o mercado global. Cogita-se uma potência de 140 cv, além de ser muito mais econômico que os apresentados hoje.
    Em dois anos, a maioria dos seus concorrentes terá apenas motores turbo. O Civic deve seguir na mesma linha. O números do Inmetro para o nosso 2.0 já evidenciam o anacronismo desse motor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse 1.0T i-VTEC não chegará para o Civic BR tão cedo.
      Chegará inicialmente para o Fit e City, mas o Civic terá que esperar.
      Não sei qual razão tem feito a Honda BR apostar no R18/R20, porque o City deverá receber o R18 em 2017.
      O HR-V embarcará o 2.0 tb e está certo já na reestilização.
      O 1.5T DOHC virá tb para o HR-V, mas não está definido se será na reestilização.

      Embora os motores turbos devam imperar nos próximos anos, a Toyota anda um pouco reticente neste assunto.
      Honda também não aposta todas suas fichas nos motores turbos, embora deva prevalecer sobre os aspirados.

      Outro aspecto que dá uma folga nesta correria sobre os motores turbos no BR é que o campeão, Corolla, está longe de embarcar essa tecnologia, o que mostra que um carro é feito muito além de motores.
      Ao invés disso, tem aprimorado alguns motores e os atuais 1.8 e 2.0 passam por testes para utilizar do ciclo Atkinson + GDi.
      Vamos aguardar para ver o resultado ...

      Excluir
  9. Nessa categoria de sedans medio sou mais o novo Sentra. Sei que vão falar o que todo mundo fala que Nissan não tem bom pós venda, mas é a minha opnião.

    ResponderExcluir
  10. sem park assist, sem assistente de faixa, sem sensor anti colisao, tá de brincadeira honda brasil, falando que vai ser superior a versao americana e tira esses itens??? no americano a versao top tem ao menos esses 3 itens...

    ResponderExcluir
  11. Só eu que tive a impressão, ou a versão sport com câmbio manual está cara pra c...?

    ResponderExcluir
  12. A Touring sem park assist, sem assistente de faixa e sem sensor anti colisão é absolutamente ridícula. Não tem como defender. É muita vergonha alheia.

    ResponderExcluir
  13. Comprei este mês Focus Fastback 2.0 Titanium 178cv por 88 mil, tx zero em 24x. Com itens que só o Civic Touring tem. Está fazendo 10,5km/l na cidade. Zero a 100 em 9s. Vem c Multimidia da Sony com tela de 8 polegadas.
    Com o câmbio recalibrado está um tremendo carro de autódromo.
    #Ficaadica

    ResponderExcluir
  14. A diferença de preço entre o EXL e o TOURING deixa a desejar,portanto vou comprar o TURBO e não o aspirado ultapassado

    ResponderExcluir
  15. A diferença de preço do EXL para o TOURING é pequena. O TOURING é mais recheado além do custo beneficio com a economia do motor turbo. Vou de TOURING.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.