Car.blog.br

Pesquisar este blog

Rumor: Toyota estaria interessada em comprar a GM

Categorias: , , 20 Comentários

Circula um rumor, não confirmado, nos mercados financeiros segundo o qual a Toyota está prestes a fazer uma oferta de compra pela General Motors, o que se configuraria no maior conglomerado automotivo do planeta.


Segundo esse rumor, a Toyota estaria disposta a pagar até US$ 45 dólares por ação da GM, o que representa um ágio de mais de 50% sobre o valor de mercado de hoje (US$ 29 dólares).

Como resultado do rumor, as ações da GM sobem cerca de 1% hoje, em meio a um mercado que cai 1%. Em termos de valor de mercado, a Toyota vale cerca de 3,8 vezes a GM.

Com informações:  Benzinga

Postagens relacionadas:

20 comentários:

  1. Respostas
    1. É óbvio que é ótimo.
      Reduz a concorrência, então poderá praticar preços mais altos -> maior lucro.
      As estruturas internas duplicadas são eliminadas - menor custo -> maior lucro.
      Só nos EUA seria um ganho absurdo de produtividade, já que são as duas que mais vendem por lá. Lucro iria subir muito.

      Mas será que isso passa em órgãos anti-trust?

      Excluir
    2. Passaria por se tratar de compra e não fusão. Fusão cairia no caso de cartel.

      Excluir
    3. Além de fortalecer a Toyota na Europa com a Opel. Nos últimos anos a Toyota cresceu no velho continente, mas ainda assim é pouco expressiva por lá. A GM pelo visto não se recuperou totalmente desde a crise, acho que essa compra poderia acontecer.

      Excluir
    4. Eu acredito que os Americanos não iria deixar isso acontecer. A GM se recuperou um bucado desde a crise (nao 100%)
      Por orgulho dos gringos e até mesmo pelo presidente, eles não deixariam isso acontecer.

      Excluir
  2. Cem certeza, tambem tem isso, pq se passar seria uma agressão à livre concorrência. boto fé que passa em orgãos anti-trust sim, é esperar pra ver.

    ResponderExcluir
  3. A GM passaria a ser, então, a marca de baixo custo do Grupo Toyota. Aquele tal de Onix, que arrebenta o assoalho numa batida de 60km no LatinCap é de lascar.
    :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos falando na GM dos EUA e não dá GMB.
      A GMB mesmo na mão da Ferrari continuaria do mesmo jeito.

      Excluir
    2. Realmente, estamos falando da GM global. A antes toda poderosa GM, líder mundial entre as montadoras, não passa da quinta colocação e caindo. Produtos de qualidade, fabricados pela Opel, Chevrolet e Vauxhall não passam de simples remendos. A Opel quase falindo na Alemanha e nenhuma fabricante quer comprar essa marca subdiária. Chevrolet inexiste na europa, pois abandonou o mercado em 2014.
      Enfim, mesmo nos EUA, uma marca com poucos produtos com qualidade. Motores de baixo desempenho e gastões, vide o Cruze, Captiva e Tracker

      Excluir
    3. o captiva nao existe mais desde 2015. e nao venha comparar a gm americana com a do resto do lado latino...

      Excluir
  4. Seria o melhor dos mundos para a GMB e seus fiéis clientes, finalmente teriam um linha de veiculos atualizados e seguros.

    ResponderExcluir
  5. Pra quem não sabe, a Gm não vende mais carros que a FORD, nos Estados Unidos da America.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a ford americana e outra historia, a ford brasileira da vergonha de ter modelos como ka/ka+, fiesta/ecosport, o acabamento e pessimo e a montagem e toda mal feita com peças mal encaixadas

      Excluir
  6. A Ford é quem deveria comprar 50% da GM e o outro 50% ficaria com o governo Americano, para quitar a Divida da GM. E a Metalzul pede falência da volks em São Paulo,por divida de 6 milhões de reais de peças fornecidas para a montadora, vai la Carlos pagar a divida da volks.

    ResponderExcluir
  7. No Brasil, a Chevrolet continuará generalista e a toyota continuará premium, ela quer entrar no mercado europeu com mais intensividade e nos Estados Unidos algumas marcas deverão ser vendidas.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.