Car.blog.br

Pesquisar este blog

Toyota Corolla 2016 GLi 1.8 CVT tem bom custo x benefício

Categorias: , , , 54 Comentários

O Toyota Corolla é atualmente o 5º carro mais vendido do Brasil, refletindo no mercado doméstico o desempenho que o sedã nipônico obtém em âmbito global, sendo o carro mais vendido do mundo, com mais de 1 milhão de unidades vendidas em 2015. Neste artigo analisamos a versão de acesso, GLi Automática Couro, que tem preço sugerido de R$ 79.990 reais, para tentar entender o seu sucesso.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

O Corolla GLi Couro, sendo a versão de acesso, adota um motor 1.8 Dual VVT-i flex, de 144 cavalos e 18.6 Kgfm de torque, associado sempre à transmissão automática CVT com 7 marchas artificiais.

Desempenho e consumo

Trata-se de um motor menos potente que o 2.0 Flex das versões XEi e Altis, mas nem por isso menos competente em termos de desempenho. Segundo dados da Revista Carro, o Corolla GLi 1.8 CVT acelera de 0 a 100 km/h em 10,4 segundos e retoma de 80 e 120 km/h em 6,8 segundos - números similares aos obtidos pelo VW Jetta 1.4 TSI Automático.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

E esse bom desempenho é acompanhado por igualmente bons números de consumo. Segundo o INMTRO, o Corolla GLi consome 11,4 Km/l de gasolina em cidade, chegando a 13,2 Km/l em estrada. 

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Com etanol os números são de 7,8 Km/l em cidade e 9,2 Km/l em estrada. Novamente como termo de comparação, o Jetta 1.4 TSI Automático, que só usa gasolina, gasta mais tanto em cidade quanto em estrada.

Itens de série

Já no que respeita aos equipamentos, este Toyota Corolla GLi Couro Automático, de R$ 79.990 reais, vem de série com ar-condicionado (de comando manual - XEi e Altis têm A/C digital automático), direção com assistência elétrica, banco traseiro bi-partido 60/40, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, descansa braço dianteiro, sistema de som com conexão USB compatível com iPhone e Bluetooth, volante revestido em couro com comandos multifuncionais e porta-luvas iluminado.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

No quesito segurança, o Corolla GLi 1.8 Automático vem com cinco airbags, sistema anti-travamento dos freios com EBD - distribuição eletrônica de frenagem. Assim como nas demais versões mais caras, o Corolla Gli fica devendo ESP - Controle de Estabilidade - e ASR - Controle de Tração.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Na parte de equipamentos, os itens que mais se sentem faltas são: controle automático de velocidade de cruzeiro (cruise control), o "piloto automático"; e o retrovisor eletrocrômico, disponíveis só a partir da versão XEI. Os demais itens ausentes, como ar-condicionado digital, faróis e lanternas de LED, retrovisores com rebatimento automático, e a central multimídia, ou mesmo os ajustes elétricos dos bancos da versão Altis, podem ser considerados "dispensáveis".

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Assim, pode-se considerar que o Corolla GLi 1.8 Couro automático é um sedã médio "quase" completo, com os principais itens considerados essenciais pelo consumidor disponíveis, mas mesmo assim esta não é a versão mais vendida do Corolla. Segundo informações das concessionárias, o XEi 2.0 responde por 65% das vendas, com o GLi respondendo por 20%, e o Altis pelos 15% restantes.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

A observação mais minuciosa do Corolla GLI Couro 1.8 Automático, porém, dá algumas pistas sobre o sucesso do modelo no Brasil. É evidente que o resultado do sedã nos rankings de vendas correlaciona-se com o prestígio da marca "Toyota", o bom serviço de pós-vendas, e as revisões relativamente baratas.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Mas não só isso. Ao se entrar no Corolla GLI Couro, versão de acesso, sente-se que se está em um carro que vale os cerca de R$ 80 mil reais, pelo menos aparentemente. E essa sensação decorre de cuidados da Toyota no interior do carro.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Em um sedã médio de R$ 80 mil reais, que tem como alvo a classe média alta, está lá um revestimento dos bancos em couro de ótima qualidade e com a parte central em couro perfurada, assim como causa boa impressão o volante revestido em couro, com comandos multifuncionais.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Os painéis de porta tem revestimento em couro, detalhes em plástico pintado em prata, e o painel conta com detalhes em preto brilhante e revestimento em duas tonalidades, enquanto no banco traseiro temos um ótimo descansa braço central com porta-copos.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Isso mostra que a Toyota cuidou de adaptar o Corolla, mesmo nesta versão de acesso, à realidade do mercado brasileiro, onde o sedã disputa um consumidor de mais elevado padrão. Esse tipo de "cuidado" não se observa, por exemplo, no Jetta 1.4 TSI Trendline (vídeo abaixo), versão de entrada, que vem com um volante sem revestimento em couro, sem comandos multifuncionais e os bancos em tecido.



É importante considerar que, diferentemente do que acontece nos EUA, onde o Corolla, Civic e Jetta são carros de acesso, destinados a universitários, e, portanto, que aceitam maior despojamento, no Brasil esses são carros de segmento superior. Assim, o Corolla GLi (vídeo abaixo) com seus requintes internos, como bancos e volantes revestidos em couro de qualidade e comandos multifuncionais, mostra um acabamento condizente com o segmento de mercado em que atua.



É uma abordagem diferente da Volkswagen, por exemplo, que traz o Jetta Trendline do México, onde é produzido para atender o mercado americano, sem "tropicalizar" seu acabamento.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Assim, por mais que o Jetta Trendline tenha um motor 1.4 TSI, e disponha de recursos como ESP e ASR, ao se entrar nos dois modelos, o consumidor sente o Corolla GLi mais requintado, mesmo que ele tenha um sistema de som simples, enquanto o Jetta Trendline venham com uma central multimídia com capacidade de espelhamento de smartphones Android.

Conclusão

O Toyota Corolla GLi 1.8 Automático apresenta uma mecânica adequada a sua proposta, mas fica devendo recursos de segurança como controle de tração e de estabilidade.

Toyota Corolla GLi 2016 Automático

Entretanto, o modelo apresenta nível de equipamentos e de acabamento até surpreendente para seu nível de preço, conferindo ao modelo de entrada do sedã uma boa relação custo x benefício.

Postagens relacionadas:

54 comentários:

  1. Só tem de corrigir os números de vendas.

    65% do XEi mais os 30% do GLi somam 95%. O que sobra para o Altis seriam 5% e não 15%.

    abraço,
    Marcelo Schwan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando você leu já haviam corrigido.

      abraço

      Excluir
  2. E um carro agradável de se ver e dirigir durável e valorizado no mercado.porém,caro pelo que oferece . não consigo digerir bem essa historia de não ter esp e asr.posso até ser uma exceção dentre milhares de consumidores mais deixei de comprar um corolla por causa disso.no fundo me senti lesado em saber que um ford ka que custa praticamente metade dispõe desses itens e o corola não tem nem mesmo no altis. lamentável.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é verdade corolla perto de jetta e focus e bem pelado cobra caro e oferece pouco.

      Excluir
    2. Isso é verdade corolla perto de jetta e focus e bem pelado cobra caro e oferece pouco.

      Excluir
  3. Já tive a oportunidade de possuir um Corolla de 2011 a 2014 e ratifico muito de suas qualidades que foram mencionados na matéria. Fico reticente, entretanto, quando leio algo a respeito e que menciona somente qualidades! Fico a me perguntar se não há nenhum defeito? Nenhum ponto fraco? Fico pensando que tanta tendência positiva não envolve interesses financeiros?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentiras têm pernas curtas, principalmente as que são conferidas ao longo de dezenas de anos, diariamente, pelos consumidores, entre os que compram por confiar na marca e os que nela confiam, por isso compram.

      Excluir
  4. Bem, voce teve um por três anos, deve ter tido tempo suficiente para notar os defeitos, conte-nos, e ajude a enriquecer o debate.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. 80 mil reais em um carro com um painel dos anos 80, sem qualquer criatividade. Olha o interior de um C4 Louge, Civic, 408 THP, outro nível de carro pelos mesmos 80 mil ou até menos. Mas fazer o que, brasileiro adoro coisa tosca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1 milhão de unidades vendidas em 2015. Não é só o brasileiro que é tosco. Complexo de vira-latas detectado.

      Excluir
  7. A Toyota de sacanagem deixou, mesmo com câmbio CVT, o carro sem Cruise Control, justamente para o indivíduo recorrer ao XEI caso queira esse item.

    ResponderExcluir
  8. comprei um desse branco perolizado com farol de milha por 77.000
    niposul curitiba.

    ResponderExcluir
  9. O blog está de parabéns pela imparcialidade, precisamos de mais disto.

    ResponderExcluir
  10. Da minha experiência por 3 anos com um corolla, tenho poucas coisas a reclamar. Tive um problema cronico com alinhamento das rodas. Mesmo realizando sempre a cada 5000 km, perdi os pneus com 23000 km rodados. Não sei se o meu veiculo tinha algum problema especifico. Outra coisa que me irritou bastante foi a fixação do para-choque. Ele simplesmente começou a folgar mesmo sem ter sido batido. Na concessionaria, disseram-me que este problema era recorrente.

    ResponderExcluir
  11. Todo veiculo possui seus pontos fracos. Porque não mostra-los também?

    ResponderExcluir
  12. Gosto do design desse novo Corolla. Tem um visual mais conservador (muitos dizem que é carro de velho). O Corolla é um carro com mecânica confiável, agradável de dirigir, baixa desvalorização e fácil revenda, tem bom pós-venda da Toyota e é um sedan econômico. Mas esse painel é feio (até os Corolla anos 90 tinham um painel mais bonito). Mas painel bacana mesmo tem os Honda Civic ano 2007, com 2 andares e iluminação azul, que à noite fica muito bonito.

    ResponderExcluir
  13. Eu já acho melhor custo benefício o gli de tecido que só perde os bancos de couro, roda de liga leve e rádio mas por 69k,11k a menos, com metade desta diferença vc põe os itens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu acabei de adquirir este modelo, coloquei rodas e multi midia... ficou pois 73mil... excelente veiculo.

      Excluir
    2. Já liguei em 3 CC e não querem vender esse modelo!!!

      Excluir
    3. Comprei um Gli tecido por 69mil com pelicula nos vidros e pintura metalica ....16/17 e to satisfeito

      Excluir
  14. Peguei meu Corolla GLI CVT sem couro, estou amando o carro, motor tem muita disposição, muito confortável, silencioso.

    Por causa do excelente trabalho do Detran-RJ só vou emplacar meu carro na 6º feira que vem,estava doido para pegar uma estrada esse final de semana, mas vou ter que rodar pela cidade mesmo.

    Nesse primeiro momento posso dizer que não estou sentindo diferença de desempenho entre o golf e o Corolla, acredito que em alta rotação o Golf deva andar mais, porém na cidade o motor 1.8 atende muito bem, isso num carro amarrado pela pouca km.

    Melhor custo benefício do mercado, na hora de revender você não perde muito, recomendo muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabéns pela conquista souza .

      Excluir
    2. Obrigado, Marcos.

      Eu acredito que o GLi sem Couro seja mais vantajoso, pois se você comprar as rodas originais do XEi ( custam 2900 Reais o jogo ), a instalação dos bancos de couro custam 2000 mil Reais seguindo o padrão Toyota, a central multimídia custa 2,900 Reais, instalada pela Concessionária.

      Um Corolla superior a essa versão XEi ficaria por 77790 Reais, não pensei duas vezes.

      Excluir
  15. Se o Corolla GLi consome 11,4 Km/l de gasolina em cidade, o consumo na estrada não seria uns 15km/l. Um carro de 80 mil sem piloto automatico é de lenhar

    ResponderExcluir
  16. É verdade, o blog tá evoluindo mesmo.

    Em outra época enalteceria o Jetta e colocaria o Corolla lá em baixo.

    Mas acho caro por não ter nem farol de neblina.

    ResponderExcluir
  17. O desempenho desse corolla 1.8 impressiona bastante principalmente no etanol, e ainda é muito econômico. O GLI com couro é um ótimo custo benefício, visto que pode ser comprado na faixa dos 75 mil!

    ResponderExcluir
  18. Não da para entender como um carro desse valor vem com controle de estabilidade e tração e o autor do artigo fala que vem com todos os os principais itens considerados essenciais pelo consumidor e fica devendo na segurança, quando que vai muda essa cultura aqui brasileira de da maior importância no fator segurança.

    ResponderExcluir
  19. e qual seria o fator mais importante, SE NÃO A SEGURANÇA DOS OCUPANTES DE UM VEÍCULO VECO SILVA?

    ResponderExcluir
  20. Eu já possui um corolla xei 2010 e um xei 2015, ambos os carros são muito bons com baixissimo custo de revisões, nunca me deixaram na mão. Os pontos que mais gostei no modelo novo, desempenho muito bom(anda mais que covic) e a suspensão é confortável como no modelo passado mas mais rigida conferindo mais segurança nas curvas, porém não gostei de alguns detalhes como o porta-luvas que não fecha corretamente tem um ferrinho que prende na trava interna enquanto o porta luvas do 2010 fecha normalmente.

    ResponderExcluir
  21. É um carro com muitas virtudes, mas, sincerente, o painel do Corolla é muito deprimente. Olha este rádio. O UP possui algo melhor. Simplesmente não dá pra engolir.

    Sem falar na ausência de farol de milha...

    ResponderExcluir
  22. Farol de neblina você colocar por 180 reais amigo, isso não é problema! Ponto negativo na minha opinião é a falta de controles de estabilidade e tração e piloto automático!

    ResponderExcluir
  23. Gostei do carro, mas tem uns pontos a melhorar:

    1 - carro de 80k sem central multimídia é cruel, deixa com aspecto pobre, por isto que o Onix vende bem.

    2 - sem piloto automático e cruel na estrada em viagens mais longas, e por 80k deveria vir no carro.

    3 - a Toyota com outras fábricas ficam morrinhando o motor 2.0 que tem o mesmo custo tributário do 1.8 é fogo.

    4 - eu acho ele bem feinho para um carro desta categoria, que no Brasil é TOP, mas desenho japonês não costuma ser o forte (excessão para o Civic 2007).

    5 - como outro leitor falou, o de 69k é mais negócio, se bem que acho 70 mil num carro muita grana, só as despesas: custo de oportunidade (juros que deixaria de ganhar se comprasse um carro mais barato), depressiaco, que apesar de baixa, quando a conta envolve 70 ou 80k, percentualmente fica caro, seguro e IPVA, se transformam em 20k por ano.

    Tudo bem que prefiro $$$ na conta do que carro caro na garagem, para ostentar para o vizinho. Consumo ostentar com o gerente do banco e com isto ganho e não perco dinheiro.

    Mas no final das contas acho melhor o de 69k e colocar rodas de alumínio e central multimídia, abrindo mão do banco de couro, por 8k, segundo as contas do colega acima.

    Outro ponto que me deixa put* é a falta de controle de estabilidade, tudo bem que até hoje não tive problema pela falta, pois sei dirigir carros que tinham discos de freio a tambor e aí só braço mesmo pra segurar, mo mais é um ótimo carro para que quer ostentar um Corolla, mas saiba quanto isto custa, pois rapidamente pode passar de 120k em alguns anos com troca de carro e demais custos financeiros e tributáveis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lembremos de um conceito financeiro básico na troca de carro:

      Quando o sujeito gira o patrimônio ele só perde, spread para a contraparte, imposto e taxas, a fórmula é simples:

      Girou = perdeu

      O sistema vive disto, quanto mais giramos o nosso patrimônio a única certeza que teremos é que ficaremos mais pobres e sustentando concessionária, fabricante, governo, eles vivem disto. Se giros estes custos diminuem e viram uma mera manutenção do veículo.

      Excluir
    2. O Corolla é um excelente carro. Outra categoria comparado a um Onix. Mas você tem toda razão. Um carro de 80 mil sem um central multimídia, sem piloto automático, sem controles de tração e estabilidade. Por esse valor, esses itens deveriam ser de série.

      Excluir
  24. É algo a SEO observado, outro dia expliquei a amigos por exemple tenho um Ônix (neste exemplo), se no outro dia eu comprar um Fusion, e parecerei mais rico, mas na verdade estarei mais pobre!

    Fácil assim, as vezes as pessoas não entendem, mas é pelo analfabetismo financeiro dominar este país.

    Não é fácil, fique o maior tem possível com o seu carro, o sistema quer que você gire, pois é assim que eles ganham!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe. Pura verdade. Sempre lembro de um conhecido que mora num condomínio popular do Minha casa Minha Vida, na periferia da cidade, mas comprou um Hyundai Veloster.

      Excluir
    2. Concordo...!!!! Perfeita sua colocação..!!! O brasileiro infelizmente vive de aparência..!!!

      Excluir
  25. Nunca imaginei falar isso, mas parabéns pela imparcialidade!

    ResponderExcluir
  26. Excelente comentário Junior, é a pura verdade kkkkkkk

    ResponderExcluir
  27. Na minha opinião a versão anterior do Corolla era mais bem resolvida... tinha uma linha mais clássica e um interior mais elegante. O Corolla atual, com todo respeito, te um interior horroroso e externamente esta parecendo um senhor de 70 anos,vestido como adolescente em uma balada juvenil...!!!
    Questão de opinião...!!!!

    ResponderExcluir
  28. Bom custo benefício? Um carro de 80 mil com calotas?

    ResponderExcluir
  29. O Corolla é o carro mais vendido não por causa dos seus acessórios, mas porque é um veículo altamente confiável pela sua mecânica; ou seja, praticamente não dá defeito.

    ResponderExcluir
  30. Olá, eu poderia dizer, se você pode colocar a versão GLI controle de cruzeiro? obrigado '

    ResponderExcluir
  31. Olá, eu poderia dizer, se você pode colocar a versão GLI controle de cruzeiro? obrigado '

    ResponderExcluir
  32. Corolla é Corolla! Possuindo um por bom tempo, terão condições de julgar! É um veículo fantástico!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.