Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Toro: fotos, vídeo e detalhes da versão básica da picape

Categorias: , 20 Comentários

A Fiat Toro já está disponível nas concessionárias da Fiat para test-drive e venda, e neste artigo mostraremos a versão de acesso que tem preço sugerido de R$ 76.500 reais.

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

O vídeo abaixo mostra os detalhes dessa configuração básica.



Esse modelo é a versão Freedom 1.8 Flex automática, que traz de série itens como controle de tração, ar-condicionado manual, cambio automático de 6 velocidades, direção elétrica, Controle Eletrônico de Estabilidade), Follow me home, Hill Holder (sistema ativo freio com controle eletrônico que auxilia nas arrancadas do veículo em subida), piloto automático com controlador de velocidade.

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

Externamente o modelo de acesso é caracterizado por rodas de aço estampado 6.5 x 16 + Pneus 215/65 R16, mas já traz sensor de estacionamento traseiro e vidros climatizados verdes.

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

No interior temos vidros elétricos dianteiros e traseiros com one touch e anti-esmagamento lado mororista, volante com comandos do áudio e fone, volante com regulagem de altura e profundidade e lanterna traseira de neblina.

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

O modelo mostrado nas imagens traz o Kit Pleasure 2, que acrescenta 2ª entrada USB, 2ª Tomada 12V, alarme antifurto, apoia braço traseiro, apoia-braço central dianteiro, Brake light, Iluminação de caçamba, Kit externo (Grade frontal com cromado + Maçanetas e retrovisores externos pintados), Kit High Tech (Sensor de chuva, Sensor crepuscular, Retrovisor interno eletrocrômico), parasol Iluminado e porta objetos passageiro.

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

Há ainda as barras longitudinais no teto, que somam mais R$ 415 reais, e a pintura metálica, que eleva o preço em R$ 1.432 reais, totalizando R$ 80.007 reais.

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

Em termos mecânicos, o modelo traz o motor quatro cilindros 1.8 Flex de 139 cavalos, que permite acelerá-la de 0 a 100 Km/h em 12,2 segundos. Dados de consumo deste modelo clique aqui.

Conclusão

Fiat Toro 1.8 Flex Freedom - versão básica

A Fiat Toro em sua versão de acesso tem um preço bastante competitivo, de R$ 76.500 reais, mas peca por, externamente, não contar nem com rodas de liga-leve.

Postagens relacionadas:

20 comentários:

  1. Não tem rodas de liga mas tem controles eletrônicos de tração e estabilidade, para mim é uma troca justa, mas merecia as rodas de aço do Renegade, são bonitas e ficariam legais nele.

    ResponderExcluir
  2. A calota realmente ficou desproporcional, seria melhor a roda de aço mesmo.. Não dá pra por só as Rodas? Ou tem que pagar algum outro kit?

    ResponderExcluir
  3. 76.500 nessa GRANDE M.... que ainda pôr cima vem com essas LINDAS calotas de prastico..... realmente o brasileirinho tem que sentar na graxa mesmo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Santa ignorância, o pior é que o cara ainda se acha esperto...
      Um modelo básico com bom acabamento, controles estabilidade e tração, bem equipado e tu reclama da calota?
      É o típico brasileiro, se interessa só pela aparência, pelo que os vizinhos irão pensar e não se interessa pelo conteúdo e atualidade do projeto, lamentável....

      Excluir
    2. Comparado ao Golf 1.6 esse carro é um LIXO!!!!

      Excluir
    3. o que tem a ver golf com toro? só queria saber isso

      Excluir
    4. Vejamos... o preço seria um deles!!! De resto você tem razão, pois não da para comparar um hatch médio com um carro derivado de um compacto.
      Quanto ao amigo de cima esse carro não tem bom acabamento nem aqui nem na China, lembrando que seu acabamento está bem abaixo do Jeep Renegade, que por sua vez esta abaixo de todos os médios nacionais

      Excluir
    5. Esse vai longe, comparando pick-up com hatch. Propostas diferentes, classes diferentes e os preços são mais justos pra uma pick-up que um hatch médio. Que no lançamento tava por 68 e você conseguia 1.4 tsi em vez de 1.6 msi

      Excluir
    6. Meu Deus o carro vem com um belo pacote de itens de segurança e o cara vem falar das Calotas?!!!Eu estou com ao Marcio, prefiro mil vezes um carro com calotas, mas com controles de tração e estabilidade e muito bem equipado do que as "MEGA,ULTRA,HIPER"importantes rodas de liga leve!!!

      Excluir
  4. Esse modelo está equipado com Kit Pleasure 1, na matéria diz o 2 mas está errado, é o 1.

    Kit Pleasure 1:
    - Faróis de neblina
    - Retrovisores externos elétricos com memoria (Tilt down /rebatimento / luz de conforto)
    - Capota marítima

    ResponderExcluir
  5. Toyota e Honda podem 76k com calotas mas Fiat não?

    ResponderExcluir
  6. Em abril chega oroch automática por volta de 75 mil eu ainda prefiro a toro mesmo cm calota, motor manco, pelo menos não tem acabamento de Clio e câmbio de 4 marchas e vem bem mais coisas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ruim é só na hora de vender... os carros da Renault caem muito de valor em relação aos outros.

      Excluir
  7. Mas com duplo comando variável de válvulas o torque em baixa melhorou bem! Não deve ser manco não! A conferir hein!

    ResponderExcluir
  8. Prefiro controle de instabilidade e tração em troca de roda de liga leve ta de bom tamanho mesmo ,,, daqui a alguns meses terá a roda da top no mercado e trocamos, mas os controles não tem jeito !!!

    ResponderExcluir
  9. Prefiro controle de instabilidade e tração em troca de roda de liga leve ta de bom tamanho mesmo ,,, daqui a alguns meses terá a roda da top no mercado e trocamos, mas os controles não tem jeito !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Além do que, roda se coloca em qualquer canto. Basta guardar as originais para a venda e colocar as de preferências :P

      Excluir
  10. realmente a caminhonete é excelente com todos esses opcionais, mas o que deixou um tanto a desejar foi o câmbio de 6 marchas, não pela quantia de marchas mas pela indecisão na redução de giro. Quando o condutor acelera, o veículo reduz a marcha e responde como qualquer carro automático, mais na hora que ele retira o pé do acelerador o câmbio não reconhece que o motorista não precisa mais de um alto giro, e só reduz o giro quando a pessoa dá mais uma pisadinha no acelerador. Isso ocorre da mesma maneira no Jeep Renegade 1.8 flex

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.