Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Polo alemão usará motor 1.0 TSI do Up! brasileiro

Categorias: , , , 29 Comentários

A Volkswagen do Brasil foi escolhida, dentre todas as operações da marca no mundo, para exportar blocos de motores para a produção de propulsores que equipam os modelos Polo e up! na Europa. Produzidos na fábrica de motores da Volkswagen do Brasil em São Carlos (SP), os blocos são enviados para a fábrica de Chemnitz, na Alemanha.

VW Polo 1.0 TSI Alemão - mesmo motor do Up! TSI brasileiro
VW Polo 1.0 TSI Alemão - mesmo motor do Up! TSI brasileiro
 Inicialmente, a parceria se estenderá até 2016 e engloba a exportação do bloco do motor 1.0l de três cilindros da família EA211, a mais moderna produzida pela fábrica brasileira. Até o final deste ano serão enviados 46 mil blocos de motores.

Seat Mii / Volkwagen Up! Europeu - motor 1.0 TSI do Up! Brasileiro

A estimativa é de que, no total, sejam despachadas 90 mil unidades até 2016.

Produção dos blocos

Altamente tecnológicos, os motores da família EA211 demandam rigorosos padrões de qualidade, que são atendidos pela fábrica de São Carlos. Os blocos e os propulsores completos são fabricados em um prédio totalmente estanque, que utiliza antecâmaras em seus acessos. Um sistema de insuflamento gera pressão positiva, que impede a entrada de resíduos, garantindo assim os altos níveis de limpeza no processo produtivo.


O bloco do motor 1.0l de três cilindros tem como um de seus diferenciais e principal vantagem menor peso, por ser feito em alumínio. Comparado a um motor de mesma cilindrada, mas com quatro cilindros, por exemplo, o EA211 completo é 24 kg mais leve. Assim, a empresa reforça o compromisso com a estratégia de downsizing, que são motores menores e mais eficientes, em sintonia com os motores mais avançados oferecidos na Europa.

Volkswagen é a maior exportadora do País

Além de exportadora de componentes, como é o caso do bloco de motor, a Volkswagen do Brasil também é a maior exportadora de veículos do País, com mais de 3 milhões de unidades enviadas para 147 países. Nos onze meses de 2015, a empresa apresentou um crescimento de 27% nos embarques, totalizando 107.092 veículos exportados para mais de 10 países.


O modelo mais exportado no período é o Gol, com 47.222 unidades e o maior cliente dos carros brasileiros da marca continua sendo a Argentina, para onde foram embarcadas 57.870 unidades.


Outro modelo que faz bastante no mercado externo é o up!, que já soma 21.564 unidades embarcadas para os mercados externos desde 2014, quando foi lançado no Brasil.

Postagens relacionadas:

29 comentários:

  1. E qd é que o motor 1.0 TSi do up brasileiro vai usar o Polo alemão?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quando é que o, anteriormente campeão de vendas Gol, vai usar o 1.0 TSI?

      Excluir
    2. O Gol receberá esse motor no próximo facelift em 2016. Mas deve vir somente na versão top de linha.

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Esse Tsi tinha que ir para o Fox, com certeza iria reservar o meu.

    ResponderExcluir
  4. Esse Up da Seat dá de 10x0 no brasileiro em termos de beelza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, muito mais bonito! Tá aí a prova de que dá sim pra fazer um carro bonito em qualquer categoria.

      Excluir
    2. Olhando rápido nem imaginei que poderia ser uma variação do Up! By Seat

      Excluir
  5. Para o up tsi ficar bonito falta somente melhorar a traseira especialmente te as lanternas, fazer um farol mais elaborado, talvez duplo.
    Por dentro o painel precisa de uma reforma geral, como ocorrida no fox de 1 para 2 geração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai dizer que você gostou daquela frente de Lego?

      Excluir
    2. Só não mudar concepção... O carro é funcional e é o que basta. Além disso, ouço de diversos designers (o último foi da PSA) que o design do up! é maravilhoso... Acho que o brasileiro, de fato, não sabe o que é um belo design...

      Excluir
    3. Não é a palavra do designer que determina a minha compra, é o meu gosto, pq design não é e nunca será hunanimidade...

      Excluir
  6. A Alemanha poderia fazer o mesmo e enviar para o Brasil o Polo.

    ResponderExcluir
  7. O 1.0 tsi é muito motor para um carro de baixo custo como o up. É bem mais adequado ao polo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. baixo custo?Onde?Baixo custo e o gol e o voyage, que sao antiquados tanto de estrutura quanto de plataforma

      Excluir
    2. Ainda que uns sejam bem melhores do que outros, todos os carros "de entrada" são de baixo custo. Não é minha opinião, isto é um fato. Para quem só pode comprar estes carros, ter o up tsi é uma maravilha, mas ninguém descerá de categoria apenas por causa do motor. O tsi tambem deveria constar no fox.

      Excluir
    3. Eu sou mais o 1.0 TSI que o 1.6 MSI, independente se for Fox, Polo ou Golf...

      Excluir
  8. Com o dólar na casa do R$ 3,90/4,00 esse motor deve ir baratinho lá pra fora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E por aqui nós estamos sendo vítimas dessas jogadas, fabricadas pelos empresários e chamada de CRISE.
      Crise para o povo assalariado que agora não faz mais falta, nem mesmo como consumidor,já que este grupo nominado de elite não depende do consumo interno e ganha tufos de dinheiro com as exportações...... Crise fabricada para atender uma pequena parcela da sociedade.
      É uma pena, nas é a realidade...!!!!

      Excluir
    2. Chegou o estadista que se sabe por a culpa nos empresários.
      Ninguém mandou o governo querer meter a mão no preço da energia. Ninguém mandou o governo apoiar sindicato. Ninguém mandou o governo regular o preço da gasolina. Ninguém mandou o governo deixar a inflação subir.
      Ou seja, o seu amado estado que é o culpado. Sempre que o governo ferra com a iniciativa privada, ele automaticamente ferra com o trabalhador. Vai por a culpa no empresário? Pergunte primeiro por que o governo ferra tanto os empresários fazendo com que os mesmos demitam. Quem põe a culpa no empresariado ou em crise fabricada atesta na cara que não manja de nada, nem de custo de produção nem de lucro. Se a crise é coisa da elite branca e opressora, pede para o seu amado estado acabar com ela. Só tome cuidado para não expulsar quem tem dinheiro desse país, e que gera os empregos.

      Excluir
    3. Caro Rafael.... seja mais calmo, controlado e respeitador dos comentários, afinal cada um tem o seu. Quanto a entender do assunto acho muito relativo e indelicada a sua posição. Seja mais humilde amigo...!!! e não ache que sabe tudo...!!! Aprenda que não devemos subestimar ninguém..!!! OK
      Abs

      Excluir
    4. Quando o cara leva a lavagem cerebral do tiu fidel, da dilmãe, do mec.. vira um zumbi, e não ah diálogo com zumbis, afinal eles não pensam..

      Sempre que confrontados vem com esse papinho mole, relativista, entendedor do assunto.. depois para encerrar, fecha com um discurso de igualdade de dar inveja a qualquer político fajuto.

      Excluir
    5. Vcs sabem tudo...!!! Parabéns..!!! kkkķkkkkkkkkk

      Excluir
  9. Dolar alto = blocos baratos na Europa.
    Fabrica com produção pequena devido à demanda = exportação
    É isto aí, ao menos seguram empregos e ajudam a recuperar um pouco a economia!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.