Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chevrolet Cobalt LTZ 1.8 2016: preço, consumo e detalhes

Categorias: , , , , 68 Comentários

A Chevrolet do Brasil já está oferecendo em sua rede de concessionárias autorizadas a linha 2016 do sedã médio-compacto Cobalt já com a atualização pela qual passou o modelo.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ Prata

O exemplar que mostramos nestas imagens é um Cobalt LTZ 1.8, com transmissão manual, que tem preço sugerido de R$ 59.590 reais, mas, com a pintura prata metálica (R$ 1400 reais) ele vai a R$ 61.390 reais. O modelo automático, com o pacote R7S, custa R$ 67.390 reais.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

Nesse preço ele vem de série com vidros, travas e retrovisores elétricos, ar condicionado manual, faróis de neblina, rodas de alumínio aro 15", volante revestido em couro, controlador de velocidade de cruzeiro, computador de bordo com informações, bancos de tecido com revestimento premium.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

Além disso, ele traz o sistema multímidia MyLink com Tela LCD sensível ao toque de 7", espelhamento de smartphones* através do Android Auto e Apple CarPlay, Radio AM/FM, e entradas USB e Aux-in, função Audio Streaming, conexão Bluetooth para Celular e configurações do veículo.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

O volante é multifuncional, com comandos do sistema de áudio e há ainda acendimento automático dos faróis através de sensor crepuscular, serviço OnStar, e temos também sensor de estacionamento traseiro.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

Nesse nível de preço o Chevrolet Cobalt tem um concorrente difícil, que é o Honda City 1.5, que tem versões abaixo de R$ 70 mil reais, motorização mais eficiente e a marca Honda - que, assim como a Toyota, goza de amplo prestígio no Brasil, praticamente de uma premium.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

O motor 1.8 tem apenas 8 válvulas e tem concepção antiga, resultando em uma potência de 108 cv e torque de 17,1 kgfm, suficientes, porém, para levar os cerca de 1.100 Kg do sedã de 0 a 100 Km/h em cerca de 11,5 segundos com etanol, e em 12,5 segundos com gasolina.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

Já com transmissão automática de seis marchas, com gasolina, a aceleração de 0 a 100 Km/h é feita em 13,2 segundos, enquanto a retomada de 80 a 120 Km/h ocorre em 11 segundos.

Consumo

Consumo urbano (cidade): 10,4 Km/l
Consumo rodoviário (estrada): 13,8 Km/l

Concorrente

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

Honda City DX MT - R$ 55.300 / Honda City LX CVT (Automátic) - R$ 64.000 reais (veja detalhes do City 2016 clicando aqui)

Vídeo - Chevrolet Cobalt LTZ 2016



Conclusão

A reformulação visual pela qual passou o Cobalt melhorou sua estética mas teve como efeito colateral a elevação de preços, fazendo com que um dos seus principais argumentos até então, que era da boa relação custo x benefício, não mais se verifique.

Chevrolet Cobalt 2016 LTZ

Assim, na faixa de preço do Cobalt LTX 1.8, a concorrência oferece opções melhores, como o Honda City DX 1.5 MT, ou mesmo o LX CVT, com projeto mais moderno e motores mais eficientes, além de melhor liquidez de mercado.

Postagens relacionadas:

68 comentários:

  1. A plástica fez bem ao Cobalt. Ficou bom msmo pq o antigo era complicado defender. Agora, a GM não ter coragem de colocar um apoio de cabeça central com cinto de três pontas eh burrice.

    ResponderExcluir
  2. Esse motor...
    A Chevrolet podia dar um descanso para o coitado, mas não, em pleno 2015 quase 2016 ainda usando motor 8V!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. a vw, fiat, renault, psa ainda usam motores 8v, não é só ela apenas, só honda, toyota, ford, hyundai e as chinesas não usam mais motores 8v

      Excluir
    2. Merecia ao menos o 1.6 do finado Sonic.

      Excluir
    3. Só esqueceram de mencionar a VW...

      Excluir
    4. E quem disse que um erro justifica o outro?
      O mesmo vale para as outras montadoras que insistem em usar velharias 8V.

      Excluir
    5. Mijaro,

      a linha de motores VWB são todos 16 ou 12 válvulas. Só compra motor VWB 8v 0km hoje, quem não entende de automóvel, leigo ou incauto. Aquela estória de Fox Rock in Rio motor MSI 8v "melhor compra" é estória pra boi dormir. Os motores 8v (1.0-1,6-2,0)da VWB pertencem ao passado. Quem conhece não compra mais hoje, já comprei no passado recente, eram muito bons os 1,6 litros, mas passou. Quem entra hoje num Css VWB só deve saiar de lá com 3 cilindros 12v, 4 cilindros 1,6 16v ou a linha TSI. O resto é jogar dinheiro fora.

      Excluir
    6. Eddie, não são todos motores 12V ou 16V. A grande maioria ainda é 8V. Todas as versões do Voyage são 8V!!! Na linha Gol somente o Gol Rallye é 16V, todos os outros são 8V. O mesmo com a saveiro, somente a Cross é 16V. O Fox está um pouco melhor, todos 1.0 são 12V, mas nos 1.6 somente a versão highline é 16V. Idem para a Space Fox. No Jetta tirando o TSi todas as outras versões são 8V. Destes veículos, as versões que mais vendem ainda são 8V. Ou seja, a predominância ainda é 8V.

      Os únicos atuais com motores 12V ou 16V ou Tsi são Up! e Golf.

      Excluir
    7. A volks ainda utiliza o 1.6 8v mas no momento em modelos mais baratos, e ainda assim a tendência é o msi 16v chegar em todos os modelos.
      No caso da renault ainda que fosse muito melhor o k4m o 8v também é utilizado em uma linha mais básica.
      A fiat mal ou bem ainda tem o etorq 1.6 16v que se não é nenhuma maravilha é superior a este gm 1.8.
      O ponto é que o cobalt foi elevado de patamar, e com preços mais altos, na atual faixa de preço este tosco 1.8 família 1 não é mais aceitável.

      Excluir
    8. Caio,

      Exatamente, alguns modelos apenas contam com 16v ou 12v ou TSI, mas no próximo ano com o facelift do Voyage e Gol deverão mudar os motores, assim cabe a cada um decidir, eu não compraria mais 8v. Sds

      Excluir
    9. Eddie, Isso ainda é promessa e a VW adora cozinhar em banho maria. Há um tempo atras foi publicado que o Voyage receberia o 16V. Até hoje nada. Portanto, só acredito vendo. Quem quiser comprar um VW hoje não tem muita opção. Ou vai de Up! ou vai de Golf. Agora se a necessidade for um sedan vai ter que levar um 8V. Ainda gostaria de ver o Polo de volta, esse sim era um bom compacto.

      Excluir
    10. Sim Caio, opção hoje são Up, os TSI, Fox e Gol e Saveiro topos de linha. Sedan só Jetta TSI, inacessível pra muita gente. E assim, a VWB perde tempo e vendas. Lembra da Kombi, nenhum substituto até hoje, assim a Fiat Doblo tomou conta do mercado de utilitários pequenos.

      Excluir
    11. Olá pessoal, estou vendo vocês falarem dos carros 8v, eu hoje só prefiro os de 8v, mas como vi num comentário acima, que só compram quem não conhece, realmente acho que estou atrasado quanto a isso.
      Tenho receio dos 16v, devido a manutenções, etc. Algum de vocês podem me dar uma ideia o porque comprar um de 16v e não ser mais atrasado em um de 8v?
      Obrigado.

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E ainda vai ter gente que vai comprar do mesmo jeito que compra ônix! E GM, motor 8 válvulas, etc etc.....

      Acho um absurdo o preço apesar de ter ficado bonito

      Excluir
    2. Amigo, sinceramente acredito que as pessoas visam confiabilidade, pois em um motor pré histórico desses se faz manutencao em qualquer esquina.

      Apesar do carro ter 3 anos de garantia, essa é minha teoria.

      Excluir
    3. Amigo, sinceramente acredito que as pessoas visam confiabilidade, pois em um motor pré histórico desses se faz manutencao em qualquer esquina.

      Apesar do carro ter 3 anos de garantia, essa é minha teoria.

      Excluir
  4. Usa mesmo motor do corsa 98, quem compra tem merda na cabeça só pode ...

    ResponderExcluir
  5. O Honda City ja ta caro, ja o Cobalt melhorou visualmente, mas realmente pagar esse preço melhor ir no Honda City...

    ResponderExcluir
  6. Claro que ninguém vai comprar o carro nesses preços de tabela. Essa versão LTZ 1.8 com câmbio manual estará em pouco tempo saindo a 55k ou menos. O que já é muito, visto que o antigo saía, nessa versão, a menos de 50k.

    Ainda não vi fotos do novo modelo nas versões LT e LTZ com motor 1.4. Tenho curiosidade de saber como serão os táxis utilizados pelas pessoas ainda não habituadas ao Uber.

    Em tempo: esse acabamento marrom, meio couro, meio tecido, não é ruim. Mas ainda prefiro o tecido aveludado da versão LTZ de antes da remodelação.

    ResponderExcluir
  7. Também prefiro o city. Mas esse visual do cobalt ficou top !!!!

    ResponderExcluir
  8. Por 5 mil a mais compra o City mais caro. Preço do site da honda.

    ResponderExcluir
  9. Gostaria de saber qual foi o orgão que medio o consumo do cobalt 1.8 e fez 13.8 com 1 litro de gasolina,mais economico que o onix 1.4, esse cobalt com motor de 1999 não passa de 10km litro, só acredito medição pelo o inmetro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Vi vários vídeos no YouTube que falam que mesmo na gasolina, esse motor bebe muito.
      Eu estou curioso mesmo é em relação ao futuro do Cobalt. Nos EUA ele era o médio, ai foi substituído pelo Cruze. O Cruze vai ganhar o 1.4T, provavelmente o 1.8 8V vai sair de cena por conta das metas de emissão, então o que vai sobrar para o Cobalt? O motor atual do Cruze?

      Excluir
    2. o cobalt vai ganhar os novos motores 1.0 turbo e talvez um de pouca cilindrada maior q isso, a GMB ja esta planejando lançar novos motores pra 2017

      Excluir
    3. A GM não tem coragem de submeter suas carroças aos testes de consumo do Inmetro. Coisa que até os chineses fizeram.

      Excluir
    4. A GM não tem coragem de submeter suas carroças aos testes de consumo do Inmetro. Coisa que até os chineses fizeram.

      Excluir
  10. Eu compraria um honda civic usado por 60.000,00 muito melhor que esse cobalt manco, com projeto antigo.

    ResponderExcluir
  11. Bacana o carro, mas a versão automática ficou cara.

    ResponderExcluir
  12. A única coisa que me agradou nesse carro foi o espaço interno, mesmo assim passo... O único compacto premium que me agrada é o honda city, porém é caro demais pelo que se oferece!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Premium? Aonde? Plástico duro, acabamento meia boca e powertrain fraco é ser premium?
      So no seu fantástico mundo...

      Excluir
    2. No Brasil, mercado sobre o qual estamos falando.

      Excluir
    3. Bom cara, não foi eu quem deu essa classificação para o modelo! Estou dando a classificação que o mercado dá! O Honda City é um compacto Premium, assim como o fox, punto, fiesta são e também estão repletos de plásticos duros!

      Excluir
    4. O único compacto premium no Brasil é o new fiesta sedan, uma pena o câmbio powershift, este sim vem com ar digital, esp, sete airbags, couro, hill holder entre outros equipamentos que fazem ele um carro diferenciado no segmento.
      Os outros todos são apenas enfeitados com cromados, preto piano, prata rodas grandes, não tem conteúdo e não tem motorização compatível com o que seria um compacto premium.
      O fiesta tem a limitação de espaço mas isso não faz o carro melhor ou pior, apenas limita sua compra para quem precisa de espaço.

      Excluir
    5. No caso do fiesta mexicano, esqueci de comentar sobre o painel emborrachado e o ótimo acabamento, o interior não tem grilos.

      Excluir
    6. Fox premium? Essa foi boa!

      Nenhum destes (City, Fiesta, Polo, 208, Punto e etc..) são premium. São apenas compactos decentes e globais. Já os outros são compactos simplificados desenvolvidos para países emergentes (Gol, Voyage, Fox, Palio, Siena, Ka, Onix, Prisma, Etios, HB20 e etc..).

      Excluir
    7. Amigos, foi como falei anteriormente, quem chama estes modelos de compacto Premium é o mercado de autos do Brasil e não eu! Quem sou para mudar alguma coisa?

      Excluir
  13. Quem sabe com a vinda do motor 1.4 turbo pro Cruze o 1.8 16V Ecotec vá parar no Cobalt.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O 1.8 Ecotec casaria muito bem no Cobalt, com 350kg a menos que o Cruze, o desempenho e consumo ficariam excelentes.

      Excluir
    2. Mas ai prejudicaria as vendas do Cruze.

      Excluir
    3. VC concorda comigo que o ecotec 1.6 atenderia bem? Tanto no cobalt, como no ônix e prisma?

      Excluir
    4. Só perderia as vendas para táxi....

      Excluir
    5. Caio_SP, mas o Cruze já tem a promessa do 1.4T.

      Murillo Maduro, o 1.6 era a escolha sensata. A GM escorrega na própria b*sta!

      Excluir
    6. Murilo. A GM somente colocaria o 1.8 ecotec no Cobalt, quando o Cruze realmente abandonar o 1.8 a favor do 1.4T. Caso a nova geração do Cruze mantenha na versão LT de entrada o 1.8 ecotec, o que não duvido, certamente a GM vai manter o atual 1.8 no Cobalt. Infelizmente, está virando moda manter os motores ultrapassados nas versões de entrada. Vide Jetta, Jeep, Fiesta e etc...

      Só acho lamentável a GM não ter fabricado no Brasil o Sonic. Esse sim era um compacto decente.

      Excluir
  14. Por quanto sai um civic 1.8 aut? E um lancer de entrada aut? O sentra de entrada sai a quanto?

    ResponderExcluir
  15. É não tenho duvidas que melhorou muito, principalmente tirando a frente de monstro, mas com esse motor defasado, plásticos pra tudo quanto é lado à esse preço absurdo, dona gm respeite o povo.....

    ResponderExcluir
  16. A GM tá pagando materias e propagandas mil sobre o novo Cobalt, ainda bem que esta materia concluiu o que todos sabemos, perdeu o custo x beneficio que era a unica coisa que esse carro oferecia, não é opção pra ninguém mais agora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o prisma oferece o mesmo q o cobalt tem so q com um portamalas 63 litros menor e um espaço interno pouca coisa menor, ja na questao do motor 1.4 ele faz o prisma andar tao bem qto o cobalt com motor 1.8

      Excluir
    2. "Espaço interno pouca coisa menor" não. Também não exagere demais.

      Excluir
  17. Um carro desses por 61k (um bom carro, mas tosco e powertrain ultrapassado). Perdemos hoje, aqui na terra dos PTralhas, a referencia do valor da moeda.

    ResponderExcluir
  18. e um bom carro, sempre gostei muito dele mas oq mais pega de negativo agora e o fraco motor 1.8 e os preços elevados entre 60mil e 68mil

    ResponderExcluir
  19. Continua uma mulher feia, só que agora com batom.....!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  20. Comprei um C4 lounge tendance thp por 72 mil. É Citroën, mas possui um powertrain superior ao do Cobalt que chega quase nesse valor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Rafael. Lamento informar, mas seu carro é igual às ações do Eike Batista.
      Quando for vender, um Prisma ou um Grand Siena usados do mesmo ano valerão mais.
      Aliás, acho que até um Cobalt será mais caro.

      Excluir
    2. Rafael, parabéns pela compra. Se todos optassem por carros decentes essas carroças que só existem aqui não existiriam mais. Infelizmente, alguns preferem comprar pensando somente na venda em detrimento da qualidade e segurança.

      Carro não é investimento. Pode até vender por um preço mais alto, mas o gasto que se tem anualmente para manter um veículo (seguro, IPVA, combustível e manutenção) é absurdamente maior.

      Excluir
    3. Parabens pela compra Rafael.
      Nao ligue para esses invejosos que falam merda. C4 Thp é um Puta carro.
      Aposto que esse tongo estraga prazer nunca andou em um C4 Thp. Deve andar de onibus. Ou palio 2001 pelado.

      Excluir
    4. Bom dia Matheus. Ando de C200 que tirei 0km.

      Excluir
  21. ainda com plasticos abusivos pra tudo quanto é lado no interior ...

    ResponderExcluir
  22. O atrasadíssimo motor 1.8 8v, com apenas 108cv, acelera melhor e é mais econômico que o aclamadíssimo 1.6 16v do HB20X. Apesar das críticas acho o Cobalt um bom carro, com um motor antiquado mas cumpridor de seu papel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só nos teus sonhos acelera melhor e é mais econômico, o hb20 automático faz 0 a 100 em menos de 11s contra mais de 13s do cobalt, isso sem falar que é um motor com relação r/l de 33.9, ou seja, áspero e ruidoso em altas rotações.

      Excluir
    2. Só usei os dados do car.blog
      De qualquer forma são carros de propostas diferentes. O Cobalt é um sedã familiar,com espaço de sobra. O HB20, mesmo na versão sedã acomoda dois baixinhos na frente e uns dois anões atrás.

      Excluir
  23. Bom dia Rafael. Lamento informar, mas seu carro é igual às ações do Eike Batista.
    Quando for vender, um Prisma ou um Grand Siena usados do mesmo ano valerão mais.
    Aliás, acho que até um Cobalt será mais caro.

    ResponderExcluir
  24. O city é a melhor compra,ainda mas que é honda,mas o cobalt deu uma guinada,sera que agora vai?

    ResponderExcluir
  25. Nossa como somos obrigados a aceitar esses automóveis, triste muito triste, fui conhecer o carro, me decepcionei e muito, muito mesmo quando perguntei o valor, acho que até o vendedor ficou meio assim de mostrar, porque ele não falou e sim mostrou na calculadora, olhei e não acreditei R$ 70K. Agora sobre o carro achei bonito, porém quando entrei, olhei o banco de couro bonito, até observar as costuras tortas, e banco motorista pequeno e desconfortável, bancos tras. sem isofix e sem cinto de 3 pontos, encosto para o 3º ocupante. O painel legal, porem o ar não é digital e plástico duro, muito plástico, construção frágil. Agora vem o pior, abri o porta malas e perguntei esta faltando peça, era o forro da tampa do porta mala, fica exposto todo a lataria e fios, e sem falar que é uma faca, corta mesmo caso você vacile, inaceitável em qualquer carro, e sem falar que não tem abertura interna, caso ocorra alguma coisa (Brasil gente). Agora o estepe, deveria ser opcional, falo opcional sem custo, porque viajo muito e este estepe não funciona para mim. Fui embora da concessionário humilhado e sem caráter, me senti um verdadeiro brasileiro com vergonha da minha nacionalidade. Não volto lá para comprar nada, porque mesmo não é para minha realidade e sem falar que não vale o preço. Motor nem vou comentar porque condiz com tudo que tem nele, custo benéfico, só se for para quem vende que ganha muito e o governo que pega mais ainda. Valeu....

    ResponderExcluir
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  27. Olha, quem não gosta de GM e de motores 8v pare de falar bobagens e compre de outras marcas.
    GM estou contigo nos motores 8V. Brasileiro não gosta de manutenção amargosa e seus motores são duráveis e econômicos.
    Não mude, por favor.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.