Car.blog.br

Pesquisar este blog

BMW X1: nova geração importada conviverá com a antiga

Categorias: 15 Comentários

A BMW do Brasil prepara a chegada ao mercado nacional da nova geração do seu SUV de entrada, o BMW X1 - veículo cuja versão totalmente reformulada já está à venda nos mercados europeu e norte-americano.

Novo BMW X1 2016
Novo BMW X1 2016 - nova geração chega importada em fevereiro de 2016
O novo BMW X1 2016 chegará às concessionárias brasileiras no próximo mês de fevereiro, importado da Alemanha, e conviverá com a geração anterior, fabricada no Brasil, que continuará sendo vendida.

Novo BMW X1 2016 - interior
Novo BMW X1 2016 (interior) - nova geração chega importada em fevereiro de 2016
O novo X1 é um carro totalmente diferente do modelo anterior, atualmente vendido no Brasil.

Novo BMW X1 2016
Novo BMW X1 2016 - nova geração chega importada em fevereiro de 2016
A principal alteração do novo X1 é o fato de adotar a nova plataforma de tração dianteira da BMW, inaugurada no BMW Série 2 Active Tourer, e que agora chega ao SUV de entrada da marca.

Novo BMW X1 2016 - interior
Novo BMW X1 2016 (interior) - nova geração chega importada em fevereiro de 2016
A adoção do sistema de tração dianteira permitiu à BMW ampliar de forma significativa o espaço interno do X1, que passou a oferecer também um comportamento dinâmico mais próximo ao de um carro de passeio convencional, enquanto a geração anterior reforçava mais o aspecto SUV (centro de gravidade e posição de dirigir mais elevada) .

BMW X1 fabricado no Brasil continua da geração anterior

A chegada do novo X1 2016 fará com que o modelo conviva com a geração anterior, fabricada atualmente no Brasil, na unidade que a marca mantém no estado de Santa Catarina.

BMW X1 geração anterior continuará a ser fabricada e vendida no Brasil
Com isso, a BMW repete uma fórmula bastante conhecida no mercado nacional, que é a convivência de uma geração mais nova com uma mais antiga no mercado, algo já visto com o Gol G4/G5, Palio Fire/Novo Palio, Hyundai Tucson/ix35, entre outros.

Fonte: [Revista Quatro Rodas]

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. No Brasil tudo é esculhabado até a BMW vai vender carro de geração anterior aqui.

    Vai X1 e X 0,5 tipo Tucson e IX 35

    ResponderExcluir
  2. Mas a nova geração será vendida como outro carro igual Tucson/IX35 ou como uma versão top do modelo atual igual HB20 de entrada/HB20 Premium?

    ResponderExcluir
  3. Mas todos diziam que a nova X1 seria fabricada por aqui, no lugar da atual. Desistiram?

    ResponderExcluir
  4. É lamentável, pois o veículo já foi lançado em toda a América do Sul, totalmente customizável e com várias versões, inclusive a Diesel. Aqui, além da enrolação, pois a previsão das concessionárias era novembro, ainda devem mandar uma única versão, em fevereiro! Fala sério, que falta de respeito da BMW Brasil.

    ResponderExcluir
  5. Agradeçam a Dilma, país em crise total e dólar nas alturas

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, o termo "denegrir" em sentido negativo é considerado racista, e, por tal motivo o comentário foi apagado.

      Veja referências abaixo:

      http://www12.senado.leg.br/manualdecomunicacao/redacao-e-estilo/estilo/linguagem-inclusiva

      http://observatorionegro2004.blogspot.com.br/2010/02/tolerancia-zero-para-denegrir.html


      No lugar de "denegrir", sugere-se usar temos como "aviltar", "desabonar'".

      []s.

      Excluir
    2. Gostaria de ver o mesmo rigor com os comentários extremamente agressivos e ofensivos do Carlos4carros. Até antissemitismo já rolou por aqui, uma selvageria inacreditável.

      Excluir
  7. "que passou a oferecer também um comportamento mais próximo ao de um carro." Antes ele se comportava como o que? Desculpe a ignorância, mais eu não entendi essa frase não.

    ResponderExcluir
  8. Bacana, assim continuaremos a ter a X1 com tração traseira. Tenho pra mim que algumas coisas não devem ser mudadas, goiabada com queijo, arroz com feijão, BMW com tração traseira.

    ResponderExcluir
  9. Pra variar, matéria totalmente direcionada. É claro que as duas gerações conviverão. Até que seja dado início à produção da nova geração no Brasil, existirá estoque da geração antiga, que provavelmente começará a ser queimada. Se fosse audi, seria uma linda estratégia de marketing...rsrs

    ResponderExcluir
  10. Nao sei os outros leitores, mas ja vi a X1 nova e sinceridade, nao curti. A X1 primeira geracao eh menorzinha, alta sem ser SUV e mais baixa sem ser uma serie 1. O meio termo. Na segunda geracao a BMW subiu ela de tamanho e dai perdeu aquele ar de mais esportivinha. Bom, isso minha opiniao.
    Perdeu a tracao traseira, item que pra mim a BMW meio que deu tiro no pe. Eh como se daqui pra frente ela tirasse a grade dianteira dividida. Um pouco que perde a caracteristica de ser um BMW.
    Nao sou adepto a continuar a fabricacao de modelos que ja tiveram seu tempo de vida util passado, mas acho que nesse caso a BMW vai ser feliz em fabricar a X1 antiga por mais 1-2 anos que for. Mesmo porque a importada deva chegar na faixa de 150 mil p cima e a antiga deve ser fixada entre 119-130 mil. Se tirarmos por base a versao 2015 sem e com GPS. Talvez venha ate aguma coisa a mais, como uma roda 18 entre outros.
    Enfim, a X1 acho excelente carro, motor forte e ela se adequa bem a proposta. A nova cresceu um pouco e perdeu aquele ar de esportividade pra ganhar um ar familiar.

    ResponderExcluir
  11. Ainda bem que a BMW do Brasil vai continuar com a versão antiga, pois o "público fiel a marca" (leia-se haters da AUDI) não se importa em ficar com um carro desatualizado desde que tenha o "moderno" sistema de tração traseira

    ResponderExcluir
  12. Peterson

    Sobre tração traseira não é moderna, mas e muito gostoso de dirigir ainda mais se eletrônica, mais aí tem que separar os homens dos menino, pois segurar um carro com tração traseira pura, sem eletrônica tem que ter BRAÇO.

    Tecnologia é bom, mas as vezes tira um pouco da emoção decque sabe dirigir, mas tudo bem que é uma minoria, a maioria precisa da babá eletrônica.

    ResponderExcluir
  13. Até onde eu sei a nova X1 será feita no Brasil...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.