Car.blog.br

Pesquisar este blog

Relato: vendendo um carro chinês JAC J3 Turin 2012 usado

Categorias: , , , , 39 Comentários

Uma das questões que mais são levantadas no caso de veículos chineses é em relação à sua revenda, ou seja, como é a liquidez desses veículos no mercado de usados? Qual é sua desvalorização? Este post relata um processo de venda de um carro chinês por uma revendedora multimarcas de São Paulo, a Phenom Veículos.

JAC J3 Turin 2012 usado

O modelo em questão é um Jac J3 Turim, 2012, prata, com 33.000 Km rodados. Trata-se de um carro em bom estado de conservação, com quilometragem relativamente baixa, e todas as revisões feitas em concessionária. O veículo foi colocado à venda em modalidade de consignação, que é o caso em que a loja vende um carro de terceiro, em geral particular.

JAC J3 Turin 2012 usado

Assim, começando com o processo de avaliação, o Jac J3 Turin 2012 1.4 é precificado em R$ 24.971 reais na Tabela Fipe de usados, sendo também o carro com maior indicador de desvalorização do Brasil, com 20.2% de perda de valor em um ano. Tendo em vista que o proprietário queria se desfazer do carro com certa celeridade, o modelo em questão foi colocado à venda por um preço 10% menor que o da Fipe, por R$ 22.500 reais.

JAC J3 Turin 2012 usado

O carro foi anunciado nos principais portais de vendas de usados, como WebMotors, Mercado Livre, além do site da Phenom Veículos, tendo ficado em exposição no pátio da loja, por quatro meses.


Durante esse período de 120 dias, o modelo recebeu apenas uma ligação telefônica, no qual o potencial comprador indagou qual seria o menor preço para "fecha o negócio". A loja respondeu que seria de R$ 22.000 reais. Tendo obtido a informação, a pessoa agradeceu, desligou, e nunca mais ligou.



Dessa forma, ao fim de quatro meses, e, em face da baixa procura e falta de perspectiva de venda, o proprietário optou por retirar o carro de venda e deixar com seu filho, que está aprendendo a dirigir.

Conclusão

O JAC J3 Turim é um dos modelos chineses que foi um dos mais vendidos do mercado brasileiro, mas mesmo assim ainda apresenta baixa liquidez e alta desvalorização.

JAC J3 Turin 2012 usado

Assim, quem compra um carro chinês precisa estar preparado para enfrentar um processo demorado na revenda, quando terá que arcar, também, com uma desvalorização maior que a média do mercado.

Postagens relacionadas:

39 comentários:

  1. Não existe problema de liquidez, existe é preço deslocado da realidade. Oferece por 16.000 para ver se a liquidez não aparece.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato. 22k num chinês 2012 é mundo da fantasia.

      Excluir
    2. Liquidez é maior ou menor facilidade de se converter um ativo em dinheiro SEM PERDA SIGNIFICATIVA DE VALOR. Se tiver que reduzir o preço de 24 pra 16 mil, já se caracteriza baixa liquidez.

      Excluir
    3. Liquidez é maior ou menor facilidade de se converter um ativo em dinheiro SEM PERDA SIGNIFICATIVA DE VALOR. Se tiver que reduzir o preço de 24 pra 16 mil, já se caracteriza baixa liquidez.

      Excluir
    4. UMA CURIOSIDADE


      De onde a tabela Fipe tiranos precos dos veiculos? Os carros nao valem o preco da tabela.

      Sera pra agradar politico? Ja q valor mais alto = IPVA mais alto

      Excluir
  2. unam num da nem tesão ver um carro desse.

    ResponderExcluir
  3. Quem compra um chines, já deve estar preparado pra isso. Se acha q pagou balato num novo, vai ter q vender muito mais balato, né!

    ResponderExcluir
  4. Para que uma marca cresça, é necessário que sejam feitas apostas nela, e quem comprou o J3 assim que chegou apostou na marca.
    Os chineses são carros ruins de se vender no mercado brasileiro e todos sabem disso, seja por N fatores, mas é um processo natural que tem que acontecer.
    Os chineses já mostraram que não estão para brincadeira, e que dentro de poucos anos terão carros que serão competitivos, seja em construção, equipamentos, confiabilidade, e qu no final das contas, vão aprender a como fazer carro.
    Nos brasileiros temos teto de vidro, adoramos criticar os chineses, mas eles já deram um passo importante com sua indústria automotiva. Mas é nós? Ainda estamos sem algo legitimamente nosso e criticamos quem tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito o comentário! Tínhamos a Gurgel, mas perdemos a oportunidade de alavancar uma montadora nacional.

      Excluir
    2. Perfeito o comentário! Tínhamos a Gurgel, mas perdemos a oportunidade de alavancar uma montadora nacional.

      Excluir
    3. Pura verdade. Outras marcas, hj consolidadas, tb sofreram o mesmo preconceito que os chineses qd chegaram isso. Engraçado que, enquanto criticamos os chineses, chamamos carros italianos, alemães e norte-americanos de 'brasileiros'.

      Excluir
    4. Pois é, companheiros.
      E o que vai acontecer? Daqui há uns 5 ou 10 anos, quando os chineses atingirem maturidade, brasileiro ainda vão continuar xingando carro chinês, enquanto consome carroça barata e mal feita.
      Enquanto os chineses trabalham para fortalecer sua indústria, absorvendo conhecimento, o Brasil vai ganhando Renault Kwid e Cia. Carros feitos para buracos emergentes, com títulos estampados de baixo custo. Os chineses são tão ruins, que se tornaram o maior mercado automotivo do mundo, mercado que só chega do melhor, onde até os projetos regionais, são de qualidade.

      Excluir
    5. O mercado chinês é o maior do mundo, mas a participação das marcas chineses é ínfima. Busque na Internet, quais são os modelos que mais vendem naquele mercado. Os modelos da VW, GM e Ford são líderes. Toyota e Honda não são líderes devido ao preconceito chinês contra os japoneses (tipo Brasil e Argentina). Carros chineses, na China, são produzidos basicamente para outros mercados.

      Excluir
    6. Fazer aposta em carro, com meu dinheiro? Primeiro, a montadora venda com preço bem baixo, para conquistar a confiança. Vender um JAC J5 pelo preço de um Corolla básico e esperar que o consumidor faça aposta na marca para que ela cresça?
      Modelos ruins, segurança nula, câmbio molenga, baixo desempenho, beberrão, peças soltas... e espera que o consumidor compre?
      Ora, daqui a 05 anos melhora... a JAC anunciou a fábrica há quatro anos atrás, onde ela está?
      O consumidor não tem preconceito contra carro chinês, é realidade.

      Agora, a Cherry, que fabrica no Brasil, penso que vale a pena. Seus modelos são interessantes. Falta apenas fazer o teste de impacto para verificar se são seguros.

      Excluir
    7. Uma coisa não tem nada haver com a outra.

      A reportagem fala da dificuldade em revender um carro chinês.

      Isso ocorre atualmente porque a qualidade das marcas chinesas importadas deixa muito a desejar em relação ao carro nacional, quem acha que não tem muita diferença não conhece os carros que são comercializados.

      Claro que, com o tempo, a qualidade irá melhorar, mas dai para convencer o consumidor a investir agora em um produto ruim por que daqui a 5 ou 10 anos ele vai estar bom ???

      A Chery possui um bom produto que foi customizado para a produção nacional, quando a estamparia passa a ser brasileira o controle de qualidade passa e ser parecido com o de outras marcas locais.

      Contudo não é preconceito com Habib da Jac falou quando o fracasso da Jac. Os produtos eram ruins mesmo.

      Excluir
    8. Se construírem e não copiarem carros talvez um dia eles se tornem referencia em qualidade, segurança e tecnologia. Continuem copiando (carros, óculos, relógios etc).

      Excluir
    9. Panamera,
      Eu não disse que a participação dos carros chineses é maior no mercado deles, disse que o mercado É O MAIOR, por isso as montadoras tem interesse nele.
      E mais, toda santa vez falam de segurança, mas e os nacionais de entrada? Estão bem servidos? Gol, Onix, Sandero, Palio (Não o novo, o antigo, o novo é até bem seguro no Crash Test), March, Uno? São seguros? Só o Up! se salva nessa galera.
      Os preços tinham que ser agressivos no começo, mas você lembra do Innovar Auto? Pois é, essa politica foi feita exatamente para barrar a expansão chinesa. Por isso hoje os chineses estão tão pequenos no mercado nacional, pois só a Chery é nacional.

      Sergio,
      As montadoras chinesas que pretendem romper a barreira e expandir para outros maiores mercados já pararam de copiar. A Chery já tem identidade, a Geely começou agora, porém as que permanecem no mercado chines vão copiar até quando der.

      Excluir
    10. Em questão de segurança, os nacionais de entrada são ruins, nota 3. Porém os chineses são ZERO, ou seja, piores. Então, há uma diferença entre as carroças nacionais para as carroças chinesas.

      Mas, disse, anteriormente, que queria ver a nota do Cherry fabricado no Brasil. Talvez seja 3, como os modelos de entrada nacionais. Melhores que os fabricados na China.

      Excluir
    11. De onde vc tirou essa falácia!? Falar que carro chinês não é seguro é ignorância. Só porque J3 foi mal no teste de segurança!? Carroça é carro fabricado no Brasil. Ônix mais vendido do Brasil tirou 3 estrelas no Latin N-Cap, pois o fundo descravou no teste de colisão. O Chery Celer, com o nome de Fulwin, tirou 4 estrelas no C-NCap. O Qorus 3, fabricado pela Chery, tirou 5 estrelas no Euro N-Cap. Então para de falar merda e vai pesquisar antes de falar.

      Excluir
  5. Já era de se esperar.....!!!!! Não adianta.. estas marcas serão sempre discriminadas...!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkk Não é discriminação! São só ruins mesmo!

      Excluir
  6. Rafael 100% eu ainda acrescento o seguinte esse j3 comparando com nossas carocas nacionais ainda e um exelente carro nao da muita manutencao .
    O grande problema e encontrar pecas .
    Obs tenho um amigo que o j3 dele ja esta com 300mil km rodado com pouca manutencao e ainda esta pensando em chegar aos 400mil km sem mecher em motor nem caixa .qual dos nossos nacionais que rodam tudo isso ?
    Poucos
    temos que deixar de ser criticos ofensivos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É nisso que tenho falado. Pra muito brasileiro, referência de carro é Gol, Uno, Palio... isso é carro de país emergente... não é aceito em muitos países. Carroça é o que vemos aqui, com a aberração de um motor da década de 90 rodando no Ônix. Aí a JAC traz um motor 1.3 VVTi e o ignorante que mal sabe onde fica embreagem vem discutir de carro e falar merda aqui.

      Excluir
  7. Este tipo de problema pode ser resolvido pela própria JAC com recompra garantida. Seria até uma forma de atrair mais consumidores.

    ResponderExcluir
  8. Nos anos 90 ninguém queria carro coreano, lembram, os chineses vão chegar lá, mas por enquanto comprar um carro chinês é casamento.

    ResponderExcluir
  9. J5 sem câmbio automático, manual ruim, motor fraco e caro. Perdeu o único atrativo que tinha com o aumento do preço. Todos c revenda péssima, dificuldade de encontrar peças e mal construídos/inseguros. Vende como?

    ResponderExcluir
  10. Admirável quem tem coragem de comprar, eu estou fora.

    ResponderExcluir
  11. Falar que o carro Chinês é bom é fácil,eu quero ver é comprar essa bomba...com dinheiro não se brinca.Tem um monte ai defendendo os xing ling,mas nem mesmo eles compram seus carros,será porque?PORQUE TEM INUMERAS OPÇÕES MELHORES.Como disse:falar é fácil,eu quero ver o cidadão bater no peito,pegar o dindim e comprar uma bomba dessas...acho que não vai guentá...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então eu sou corajoso por ter comprado um Celer? Não sabia que isso dava coragem a uma pessoa... amigo, bota uma coisa na sua cabeça: nenhum carro líder de vendas no Brasil é referência e tão pouco um modelo de carro a ser seguido. GM, FIAT, VW, FORD, NISSAN, RENAULT, PEUGEOT... todas as nacionalizadas só visam o lucro. Afinam chapa, estrutura... diminuem quantidade de soldas, usam motores obsoletos descartados de países decentes... empobrecem acabamento, capam os carros, tacam motorzinhos 1.0... Porra, brasileiro é trouxa. É BABAÇA! E muito!!! Elas sabem disso. Por isso deitam e rolam aqui. O Gol fabricado aqui e vendido por mais de R$ 50 mil, é exportado pro México onde é vendido por R$ 37 mil. Deu pra entender o que eu disse ou quer que eu desenhe? E vc vem falar que carro chinês é bomba? Vou te dizer o que é bomba! Bomba é vc comprar um VW que já sai com motor batendo de fábrica (motores EA-111). Bomba é vc comprar um Grand Siena cuja suspensão dianteira bate por erro de projeto. Bomba é vc ver seu motor FIAT E-Torq vazando óleo com menos de 20.000 KM rodados. Bomba é Ônix que se desmancha em colisão de 60 KM/h e com motor do corsinha da década de 90. Bomba é vc se deparar na internet com milhares de reclamações de proprietários de KA e FIESTA alegando desalinhamento de peças da carroceria. Bomba é aquela suspensão traseira do HB20, onde bastam dois adultos no banco traseiro para os faróis iluminarem as estrelas (apontam para o céu). Bomba é Sandero nacional receber nota inferior ao Sandero europeu no crash test. E carro chinês é que é a bomba!? Desculpa aí, tá?

      Excluir
  12. Eu tenho um EC7 comprado este ano, o carro é o melhor que já tive em muitos aspectos: pós venda, revisoes tabeladas e baratas, comportamento do motor 1.8 16v, cambio bem escalonado, 4 estrelas no EURO N CAP, acabamento excelente, nenhuma lampada trocada até os 15 mil km, sei que vou perder dinheiro quando trocar daqui a uns 4 anos, mas por mais que perca, comprei um carro excelente por 45 mil reais ao inves de gastar no minimo 70k em um Corolla, entao por mais que eu perca, e venda por 18-20 mil, foi investimento pois gastei pouco e andei muito bem, com conforto e baixa manutençao por 4 anos, tenho certeza que vale muito a pena ( no caso do EC7).

    ResponderExcluir
  13. Ja ta tudo errado aqui dou dono de j3 turin 2014 e quem falo q as peças sao de ma qualidade nao conhece nada de carro. As peças sao de marcas conhecidas aqui dentro do brasil modulo da bosch paleta e muito mais embreagem da sachs etc quem fala mal é porqur ainda nao sentou no banco para ver a grande diferença entre o j3 2014 e os carros daqui totalmente diferente muito mais conforto perto dessa carroça de gol q a voks enrrolou milhoes d pessoas ate com teste de poluentes. Carro pode ser um casamento porque muitos ainda nao acredita na marca mas quando pedo pegar vai d vez quem nao lembra q o lixo da fiat q só fabrica carroça para o brasil nao éra aceita nas portas d oficina? Nenhum mecanico queria pegar fiat para mecher entao preste atençao no que falam a verdade édoumuitos aqui nao tem nen como financiar um carro desses e fica botando defeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, a falcatrua no teste de emissão de poluentes foi para motores a diesel. Se não me engano, os veículos VW movidos a esse combustível e fabricados aqui no Brasil não sofriam desse mal. Mas concordo contigo com relação ao seu J3. Tenho um Chery Celer 2015 (nacional) que dá de lavada em muitos queridinhos de outras montadoras.

      Excluir
  14. Carro chinês, nem nos meus piores pesadelos...Não adianta espernear, brasileiro não gosta de carros chineses, quem compra tem que saber que vai enfrentar resistência para revender, vai aguentar gente torcendo a boca e pensando ou alguns até dizendo: "o que esse cara fez!" "que loucura", "onde esse cara estava com a cabeça?" Enfim, para quem não presa por bom acabamento nos mínimos detalhes ou não faz questão por não gostar de carros tudo bem...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Das duas uma: ou você é o típico preconceituoso ou é meramente um ignorante por natureza. Você despreza carro chinês como, mas aposto que o seu é um nacional (ou pelo menos já teve) e adorou! Santa ignorância!!! O seu pensamento, infelizmente, é o da maioria dos brasileiros que achar que produto chinês custa R$ 1,99. Isso reflete o pensamento primitivo do brasileiro. Carro nacional não é referência. Há décadas! Carro fabricado na Brasil é um lixo! Rejeitado por países sérios que possuem consumidores que entendem melhor de qualidade do que a maioria dos brasileiros.

      Excluir
  15. Meu carro é um VW importado, mas o anterior era nacional, mesmo os carros fabricados no Brasil mais básicos tem um nível de acabamento melhor que os chineses. Repare nos encaixes das peças de plástico, na qualidade dos plásticos usados, nas rebarbas que sobram, pode ser que os chineses venham um dia a fabricar carros confiáveis, mas não é a realidade atual. Ainda lhes falta nowhow, tradição e confiabilidade. E isto não se consegue da noite para o dia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então vc acabou de responder minha dúvida acima: você é um ignorante no assunto. Quando digo ignorante, digo que vc realmente desconhece do assunto. Eu até entendo... já tive nesta posição. Mas não me custa ajudar alguém a entender sobre o assunto (ou descobrir que estou errado...). Como eu disse, o ranço do R$ 1,99 está na veia do Brasileiro. Acham que TUDO que vem da China é de péssima qualidade, o que é um grande erro. A China prima pela mão de obra barata, não pela baixa qualidade. Isso qualquer fabriqueta de qualquer país do mundo faz. Mas mão de obra barata, isso é com a China. Ou seja, se você quiser um produto vagabundo, eles fazem. Se vc quiser um produto de excelente qualidade, eles também fazer. E barato!
      Atualmente a China possui mais montadoras de carros chinesas do que qualquer país no mundo. São mais de 50!!! Algumas com menos de 10 anos de existência e outras, como a Huangai e a JMC, fundadas na década de 50. A própria JAC, vendida aqui no Brasil, foi fundada na década de 60. Então falar que a China não tem know how (com "K") pra construir carro é uma falácia. Sem lógica essa afirmação. Não dá pra falar mal do maior mercado consumidor de automóveis do planeta.
      A verdade é que a China só abriu seus olhos para o mercado externo há pouco tempo. Com isso, teve que se adequar às exigências de países acostumados com veículos de qualidade superior. Principalmente com relação à segurança, item que comprometia os veículos chineses. Dinheiro não faltava! Fizeram parcerias com grandes montadoras. Importaram tecnologia. Compraram grandes nomes (a JAC comprou a VOLVO e a Dongfeng salvou a Peugeot-Citroen da falência). Aprenderam rápido! O resultado foi a boa aceitação em vários mercados. Não há como negar: a JAC incomodou as que já estavam aqui. Vendeu muito! Até a ANFAVEA (financiada pelas montadoras já instaladas aqui) comprar as MPs necessárias para a aprovação do super IPI. Tudo bem que o J3 não é um primos de carro (foi reprovado no teste de colisão), mas tomar um por todos é ignorância. Uma das últimas respostas dada pelo mercado de automóveis chinês foi com o Qorus 3, fabricado pela Chery. 5 estrelas no Euro-NCap. Nem o seu belo Gol conseguiu isso. Muito menos o Ônix, carro mais vendido no Brasil atualmente. Nem o Palio, nem Sandero... Por que então as pessoas não se baseiam por alto? Vamos nos basear pelo Qorus 3 então!? Que tal? Aí o papo seria outro: carro chinês é uma maravilha... bonito, confortável, completo, seguro. Mas não! Ao invés disso o brasileiro pela o que tem de ruim e atribui a tudo que vem da China. Santa ignorância!
      Outra falácia tua foi afirmar que carro brasileiro tem um nível de acabamento superior a carro chinês. Tú tá de sacanagem, né!? Tù só pode estar brincando! Compare veículos de mesma categoria e vc vai ver a lambança que disse. Eu me rendi a um carro chinês ano passado. Tinha na mão R$ 45 pra comprar um carro. Comecei minha busca. Fique uns 2 meses pesquisando e cheguei no Chery Celer (fabricado no Brasil). Putz!!! Esculacho. Rebarba? Encaixes mal feitos??? Cara, isso é pra Gol, Palio, Corsa, Uno, Sandero, Ônix, Fiesta, Novo Ka e muitos outros nesta faixa de preço. O carrinho é muito bem acabado. Plástico de muito boa qualidade, textura muito boa. Nenhum (eu disse NENHUM) sinal de rebarba ou encaixe mal feito. Nisso é muuuuito superior a alguns nacionais citados acima. Porta malas muito bem forrado, sem nenhuma lataria à mostra. Interior bem feito. Espaço interno inigualável pra categoria. Itens de série que nenhum Gol te oferece por menos de R$ 50 mil (o Celer foi R$ 40). Eu tô usando esse como exemplo porque eu tenho e posso falar.
      Ao contrário do que vc disse, a aceitação de um carro desse e de outros chineses depende muito mais da ignorância e preconceito do brasileiro do que da qualidade e segurança que um veículo chinês pode oferecer.

      Excluir
  16. VAMOS AOS FATOS: Geely ABANDONOU o mercado brasileiro e os quase 500 carros vendidos, ou melhor, os consumidores, estão a ver navios... A JAC Motors está fechando concessionárias e repassando as manutenções para oficinas de esquina, com suspensão da fábrica brasileira (parece que vai continuar vendendo só para desovar o estoque e depois disso partir para o Oriente). A única marca chinesa a resistir é a Cherry, mas se não ajustar seus preços, o histórico de seus conterrâneos irá respingar em suas vendas.

    Já fui um feliz proprietário de um JAC (a primeira alegria, comprei um J3-Turin-2011/2012), o carro vivia dando problemas, ao menos um por mês; quando levava para a "garantia" os técnicos diziam que eram peças de desgaste natural e não era coberto pela "garantia", no final das contas, depois de seis meses com o veículo, percebi o golpe e, rapidamente, vendi o carro (a segunda alegria). Durante o período como proprietário só tristezas: carro fraco, cai SIGNIFICATIVAMENTE o desempenho com ar condicionado ligado; borrachas de portas que deixam passar vento e água da chuva; condensador de ar-condicionado que vaza no interior do carro; luz EPC acendendo e deixando o passeio desconfortável com o sinal no painel; luzes de farois e lanternas queimando a todo instante; sons de grilos no interior do veículo se multiplicando a cada semana. enfim, um pesadelo.

    Eu fazia parte de um fórum de proprietários da marca e tinha pena dos relatos de colegas, muitos demoraram a perceber a realidade e hoje amargam o fato de terem defendido, com unhas e dentes, essa marca.

    Desejo boa sorte aos AINDA proprietários de carros chineses, mas, tive minha lição e faço questão de contar minha experiência, mesmo sabendo que tem colegas felizes (isso é relativo, pois tem gente que acha normal visitar o mecânico e concessionária todo mês, afinal, tem cafezinho e água, algumas até belas atendentes...).

    ResponderExcluir
  17. pelo que leio a maioria so fala besteira vamos aos fatos, tenho um j3 2011, 2012 comprei ele com 33.000km no comeco de 2013 certo, com banco de couro, vidro eletrico nas quatro portas, 1.3 16v e varios opcionais, sabem quanto eu paguei meros 24 mil reais, por favor me falem onde eu posso comprar um carro nesse valor com 1 ano de uso com todos esses opcionais? e outra fui vender ele esse mes novembro de 2016 carro com 95 mil km me ofereceram 18 mil nele, cá pra nos carro com 3 anos de uso meu paguei 24 desvalorizacao de 6 mil nesse periodo, pra minha que sou economista e gosto de carros baratos e completos sinceramente vale muito a pena, meu carro ja sofreu 3 batidas atras e na frente, na moral irei pegar outro jac ou chery pois sao carros baratos completos e na hora da revenda to nem ai em perder 6 ou 7 mil, uma vez que so compro carro semi novo.
    Agora se você quer comprar carro 0km sinto muito você vai perder muito dinheiro independente da montadora, sabe o que é mais legal e ver burros pagando 35, 40 mil em up, mobi, parem com isso pessoal vamos comprar carros semi novos que a perca e bem menor e vai andar com carro de 20 mil parecendo que o carro vale 40.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.