Car.blog.br

Pesquisar este blog

Nissan Leaf e Toyota Prius serão fabricados no Brasil

Categorias: , , , 16 Comentários

A Nissan do Brasil produzirá seu modelo de propulsão elétrica, o Leaf, na planta que mantém na cidade de Resende, Estado do Rio de Janeiro. A empresa vinha estudando a questão, mas com a redução do IPI para veículos não poluentes - elétricos e híbridos - em vias de aprovação pelo Senado Federal, o projeto foi confirmado.

Nissan Leaf 2016

O Nissan Leaf nacional começa a ser produzido em 2017, inicialmente em regime CKD (peças importadas e montagem no Brasil), com nacionalização de peças em 2020.

Nissan Leaf 2016

Segundo a Nissan, com a redução de 10% no IPI, o preço final do carro deve cair entre 25% e 30%, mas ainda não é possível definir o valor final pois há outras variáveis, como o dólar, que se apreciou.

Nissan Leaf 2016

O Nissan Leaf é um hatch com 4,45 metros de comprimento, 1,77 m de largura, 1,55 m de altura e 2,70 m de distância entre-eixos, que adota um motor elétrico de 110 cavalos e 28,6 Kgfm alimentado por baterias íons de lítio. O conjunto é capaz de acelerá-lo de 0 a 100 Km/h em 11,9 segundos e atinge 145 Km/h de velocidade máxima.

Nissan Leaf 2016

A autonomia é de 170 Km, e a recarga, em uma tomada de 220V, leva 8 horas. O Leaf é vendido nos EUA a US$ 29.010, o que corresponde a cerca de R$ 110 mil.

Toyota Prius

A Toyota também se prepara para produzir no Brasil seu modelo híbrido, o Prius, em sua planta em São Bernardo do Campo.

Toyota Prius 2016

O modelo da Toyota também será fabricado em regime CKD, com peças vindas do Japão.

Fonte: O Estado de São Paulo

Postagens relacionadas:

16 comentários:

  1. Excelente notícia. Antes tarde do que nunca.

    ResponderExcluir
  2. A BMW lançou no dia 10 de setembro seu primeiro carro elétrico no mercado brasileiro: o i3. Com um lote reduzido de apenas 120 veículos, a marca alemã aposta na praticidade e no dinamismo do i3, que chega nas versões Rex Entry, vendida por R$ 225.950, e Rex Full, oferecida por R$ 235.950.

    Creio que agora o i3 terá grande redução, mas ainda não vai dar para meu bolso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já reduziu, a partir de 169k. O carro é espetacular, já dirigi um, desempenho impressionante.

      Excluir
    2. O design do i3 é espetacular, parabéns para a BMW!

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Esse é caminho a seguir! Híbridos são o futuro!

    ResponderExcluir
  5. Ben melhor pegar um up, e economia é próxima com muito mais autonomia. O design é a excelência da perfeição, não tem essas extravagâncias. Tem mais espaço na frente que os 2 juntos e tem 5 estrelas no latim CAP...esses dois aí tem alguma?quem não compra um up não tem classe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu esse Jorge Machado deve ter usado algo muito forte kkk. Eu tenho um up e estou satisfeitíssimo com meu carro mas não era pra tanto né! Menos menos...

      Excluir
  6. Eu gostaria de ver o motor 1.0 TSI em no fox, mesmo sendo um projeto antigo, é o que mais me agrada, o design do Up! é de gosto duvidoso, por isso não consegue entrar no Top10.

    ResponderExcluir
  7. Caminho a seguir se baixar o preço! Nesse valor fica difícil ter o retorno!

    ResponderExcluir
  8. O governo de alguma cidade e/ou estado poderia subsidiar a compra desses veículos para os taxistas. Serviria de propaganda para os híbridos/elétricos e a cidade focaria mais limpa.

    ResponderExcluir
  9. Mas usa eixo de torção, mais robusto que eixo de caminhão? Não deve prestar....

    ResponderExcluir
  10. Estive pensando, a suspensão do uno antigo era independente..... E sem dúvida era um carro muito guerreiro!

    ResponderExcluir
  11. Usando o lema do Proalcool: carro elétrico, você ainda vai ter um.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.