Car.blog.br

Pesquisar este blog

Mercedes, Audi, Honda e BMW registram crescimento - 2015

Categorias: , , , , , 15 Comentários

O mercado automotivo brasileiro está em crise já há mais de dois anos, apresentado quedas nos números de vendas totais. Só em 2015 a perda agregada de todo o mercado foi de 23,3%, no acumulado de janeiro a outubro de 2015 comparado ao mesmo período de 2014. Mas nesse cenário de queda, quatro marcas conseguiram se destacar, apresentando volume de vendas maior neste ano: Audi, BMW, Mercedes-Benz e Honda.

Mercedes Benz Classe C 2015

A Mercedes-Benz é a que mais cresceu, com ganho de 37,7% no seu volume de vendas em 2015 relativamente a 2014. No acumulado de janeiro a outubro de 2015, a montadora alemã de carros de luxo registrou 14.414 emplacamentos, contra 10.468 do ano passado.

Audi A3 Sedan 2015

A segunda melhor posicionada no ranking de crescimento de vendas em 2015 é a Audi, com evolução de 36,2%, tendo passado de 10.177 unidades emplacadas nos primeiros dez meses de 2014, para 13.861 neste ano.



A terceira colocação entre as marcas que cresceram em 2015 fica com a Honda. A marca japonesa vendeu 125.061 veículos no acumulado de 2015 até outubro - ganho de 15,2% sobre 2014.

Honda HR-V 2015

Fechando o seleto grupo de marcas que aumentaram suas vendas em 2015 temos outra alemã, a BMW,  com vendas de 12.578 unidades em 2015, ganho de 3,7% relativamente a 2014.

Ranking de marcas que mais cresceram vendas em 2015

MarcaGanho Jan-Out/2015Jan-Out/2014
Mercedes-Benz37,70%14.41410.468
Audi36,20%13.86110.177
Honda 15,20%125.061108.560
BMW3,70%12.57812.129

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. Teve um sujeito que disse que a Audi é a marca premium que mais cresceu este ano no Brasil, mas agora vemos que a MB deixou ela pra trás. Realmente, o analista/vidente/professor Pasquale4Carros não acerta uma.

    (Sim, vou meter o dedo nessa ferida por muito tempo)

    ResponderExcluir
  2. Interessante, a Audi estava liderando o crescimento em 2015 ate setembro, mas em outubro, a Mercedes, danadona, entuchou alguns classe c em varias locadoras por ai, então deu uma turbinada em suas vendas,
    Mas em novembro tudo deve voltar ao normal, pois o crescimento da Audi é natural, baseado na escolha do consumidor, e nao artifical, como o da MB.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "entuchou alguns classe c em varias locadoras"

      HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

      Você é um piadista, só pode ser. Além de corrigir o povo e depois escrever errado, não tem a mínima noção do mercado e sai dando orelhadas, na tentativa fútil de convencer as pessoas na base do achismo.

      Sua "lógica":
      Se vendeu muito, é porque vendeu de "baciada" para as locadoras. Se vendeu muito e é do grupo VW, é porque as locadoras reconhecem a superioridade do produto.

      Corta essa.

      Excluir
    2. O pior é que você se sujeita a falar bobagens e ser ridicularizado, sem nem ao menos ganhar dinheiro da VW para isso. O sujeito que torce desesperadamente por uma marca e "fica dando pulinhos de alegria" quando um carro dela vai bem, só pode ser uma pessoa de "baixa cultura".

      Excluir
    3. A moça aí de cima está muito fissurada. Acho que pessoas como ela, que gostam de cuidar da vida alheia, deveriam procurar uma revista de fofoca. Aqui o assunto são carros...não fofocas.

      Excluir
    4. O mesmo digo a você. Fica rotulando as pessoas, prevendo coisas, xingando os colegas, chamando quem não compra o seu carrinho cuti cuti de "pessoas de baixa cultura".

      Sinto lhe informar, mas isso é gostar de cuidar da vida alheia, e mais uma vez você entrou em contradição. Aqui o assunto é carro, e não fanatismo cego baseado em achismo.

      Excluir
    5. Audi cresceu baixando preço e lançando carros "premium" mais depenados que compactos nacionais, colocando sua aura premium no esgoto.
      Mercedes e BMW sim são autênticos alemães premium. Versões de acesso muito acima de qualquer similar médio nacional.
      Em termos de lucro então, nem se compara o crescimento da Mercedes com relação a Audi.

      Excluir
    6. RTS deu até pena do Carlos agora... Se defendendo igual mocinha, "deixa eu viver", "cuida da tua vida". Esqueceu o assunto carros e partiu pro emocional...
      Kkkkkk

      Excluir
    7. Pessoal, não vale a pena discutir com esse cara. É inútil.

      Excluir
    8. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    9. RTS não precisa pegar tão pesado assim não, cara. Hahahaha. Agora comentando um pouco sobre o assunto "carros", acredito que tanto a BMW quanto a Audi, deverão correr muito pra alcançar o que a MB fez nesse projeto C180. O carro ficou espetacular, sem dúvidas é o primeiro da minha lista quando o assunto é trocar meu i30 2011 (Não quero largar por nada nessa vida). Fui na WelleMotors (BMW aqui em Fortaleza), fiz o Drive no 320i, o carro responde muito bem, porém achei o interior simplório tanto em beleza, quanto em acabamento (comparado ao C180, que também tive o privilégio de guiar). Enfim, o Audi eu ainda não conheço, até porque não chegou por aqui ainda.

      Excluir
  3. Venda é venda. Seja PF ou PJ a audi e a bmw tbm tem carros em locadoras. A Mercedes benz tem o plano de ser líder mundial premium até 2020.

    ResponderExcluir
  4. O pior é que ele nem deve ter um carro do grupo.

    ResponderExcluir
  5. No Brasil, o crescimento da Mercedes Q é mais natural. Ela investiu mais no carro maior, e o colocou como um ótimo custo beneficio. Já a audi investiu mais no modelo menor, o a3, e o nacional foi capado, o q está irritando muitos consumidores desse tipo de automóvel, Q está sim preocupado com as características mecânicas. O A4 virá com certeza mais caro Q série 3 e classe C, e seu design n é tão encantador para o gosto do brasileiro como o sedan da estrela. Nem venham com condução sem autônoma em engarrafamento Q isso nunca vira nos a4 mais acessíveis.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.