Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chery Celer 1.5 Flex Nacional: teste de longa duração

Categorias: , , , , 41 Comentários

O Chery Celer foi o primeiro - e único, por enquanto, até a chegada do Chery QQ - modelo de origem chinesa fabricado no Brasil, na planta que a montadora mantém em Jacareí, interior do Estado de São Paulo. Assim, optamos por fazer um teste de longa duração com esse hatch para tentar responder questões como: durabilidade e integridade da carroceria ao longo do tempo; disponibilidade e custos de peças de reposição; custos de manutenção; pós venda e atendimento de concessionárias.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

O modelo em questão, que é o modelo hatch, básico, foi adquirido por R$ 32.900 reais, e o seguro em R$ 1.500 reais. O veículo ainda não foi licenciado, pois o DETRAN está em greve.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Nesse preço, esta versão de entrada traz ar-condicionado manual, vidros elétricos nas quatro portas (one touch para o motorista), sistema de som com dois alto falantes e entrada USB (não há Bluetooth), lavador e limpador traseiro, porta-malas de abertura elétrica, travas elétricas, retrovisores elétricos, lavador e limpador traseiro, entre outros.

Vídeo - Chery Celer 1.5 Flex - impressões iniciais



Estética

Em termos estéticos, o Chery Celer 2015 nacional já recebeu a reestilização, que deu ao modelo um aspecto mais esportivo externamente, e um interior com desenho melhor resolvido e com aparência de melhor acabamento. Trata-se de um projeto de design do estúdio italiano Torino. O comprimento total é de 4,18 metros (cerca de 30 cm maior que o Gol/HB20) e a distância entre eixos é de 2,527 metros.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

O resultado global é agradável aos olhos, com sua própria personalidade, suas dimensões resultam em um ótimo espaço interno, especialmente na traseira, e no porta-malas - este com capacidade similar ao do Golf, com 380 litros.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

As rodas dessa versão básica são de 15 polegadas com calotas, calçadas em pneus 185/60R15. O pneu sobressalente é do mesmo tamanho.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

No que respeita à montagem de peças, não observamos desalinhamentos, com chapas uniformes e vãos com espessura constante - relevando uma qualidade de montagem aceitável.

Interior

Se na parte externa a dianteira do Celer agrada bem mais que o modelo anterior, o interior apresenta um grande avanço em relação, sobretudo pelo fato deste modelo brasileiro adotar revestimento e tonalidade geral em preto - que é a preferência do consumidor brasileiro.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Observa-se também um cuidado na montagem, com peças bem encaixadas e apenas algumas poucas rebarbas. Parafusos à vista não são identificados à primeira vista.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

A qualidade geral do interior e exterior está acima da verificada em modelos de fabricação chinesa, e em linha com modelos de acesso no Brasil.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

A única questão que pode ser apontada é o cheiro de plástico relativamente forte quando se entra no carro depois de longa exposição ao sol.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

A posição de condução é típica de carros projetados para mercados emergentes. O assento do motorista oferece ajuste em altura, mas mesmo na posição mais baixa, ela ainda é mais elevada do que o desejável. O volante também regula em altura, mas, nas posições mais elevadas, fica inclinado em relação ao tronco do motorista e pode encobrir parte dos instrumentos.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Nos bancos traseiros, há apenas espaço suficiente para três adultos, apesar de dois grandes e uma criança viajarem mais confortáveis. Pessoas de estatura mais elevada vão encontrar dificuldade com espaço para cabeça, mas não tanto para os joelhos.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

O ar-condicionado é bastante potente e consegue refrigerar a cabine em pouco tempo, mesmo que não se use a velocidade mais elevada.

Comportamento dinâmico "genérico"

O Celer tem um comportamento de passeio que podemos chamar de "genérico". Ele não tem uma "assinatura", como o dos carros alemães (Golf / Up! / BMW / Mercedes-Benz / Audi), com duas suspensões e direções mais firmes, e carroceria rígida; ou a dos carros da escola americana (e derivados, como japoneses e coreanos), mais macios de suspensão e direção.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

O chinês se aproxima mais do comportamento dos coreanos, como o Hyundai HB20, que já é uma tentativa (melhor sucedida) de imitar o comportamento dos Toyota. Mas o Celer não tem o mesmo refinamento de passeio nem do HB20, que dirá de modelos mais emblemáticos, como o Up! ou mesmo o Corolla.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Assim, para quem vem de um modelo como o Up!, vai estranhar a suspensão e a direção excessivamente macias, assim como a posição de dirigir elevada, no qual o motorista fica com as penas mais dobradas, enquanto nos alemães as pernas ficam mais esticadas.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

E com relação à direção, o excesso de maciez pode ser apreciado em manobras urbanas, mas em vias de maior velocidade ela transmite insegurança, e também a sensação de que a frente está flutuando. Não é agradável, e um sistema de assistência progressiva seria altamente desejável.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Um aspecto que notamos é que os amortecedores tem um retorno muito rápido, fazendo com que se ouça um baque ao se passar lombadas, mas não é uma pancada, e sim o retorno rápido da roda.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

O freio parece ter uma certa folga no início do curso, passando a funcionar mesmo após se pisar bem fundo.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Dessa forma, para quem está acostumado com carros mais firmes, o Celer causa certa estranhamento - algo agravado pelo motor que, mesmo com 1.5L e 113 cv, mostra-se algo insuficiente para puxar o carro de 1.200 Kg, sobretudo em rotações mais baixas.

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

Os engates de transmissão são longos e os engates são, na maior parte das vezes, precisos - estão bem longe de um câmbio Volkswagen, mas é aceitável.

Conclusão

Chery Celer 1.5 Flex Nacional

As impressões iniciais do Chery Celer em teste de longa duração é de construção e acabamento em linha com modelos nacionais de marcas mais tradicionais, e um comportamento dinâmico que pode ser melhorado: motor fraco em baixa rotação e suspensão e direção que merecem melhor refinamento de ajuste, assim como a ergonomia.

Postagens relacionadas:

41 comentários:

  1. Respostas
    1. Vejo o Celer como um carro de segunda linha como a maioria dos carros populares nacionais, mas pelo menos não é 1.0, é espaçoso e é mais barato, então pelo custo beneficio, me parece muito interessante.

      Excluir
    2. Esse carro é muito ultrapassado em termos mecânicos, mas esteticamente é muito bonito.

      Excluir
  2. e o up tsi como esta ? ainda esta com ele atualmente ?

    ResponderExcluir
  3. Estou muito interessado nesse teste. Boa Carblog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Digo o mesmo ! Bom design, bom espaço, bom preço e fábrica nacional... No geral, é um carro que merece, no mínimo, atenção. Quero saber principalmente sobre o consumo (Já que um dono disse-me fazer 12km/l em cidade com gasolina, mas é etiquetado como C no Inmetro)... Fica difícil entender esse consumo com uma classificação dessas.

      Excluir
    2. La inmetro es mentirosa.
      yo tengo uno y hace 10,5 km/l ciudad y 13km/l estrada.
      inmetro = basura

      Excluir
    3. Inmetro es mentira siempre da bajo a los carros que les preocupa.
      Yo tengo uno y da 10,5kml ciudad y 13kml estrada.
      inmetro = basura

      Excluir
  4. E um carro bonito com aparencia e espacoso, mas não passa de mais ou menos. O projeto já o condena. Tem peso de hatch médio, o conjunto direção/suspensao pelos relatos tem performance dos anos 90. Junto ao peso e ao motor e caixa medianos tem como consequência baixo desempenho e consumo.....

    Resumindo, pode até agradar quem não gosta de carro, pois serve como condução.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "mas não passa de mais ou menos"
      Bom, acho que nesse quesito, o mercado brasileiro de entrada é praticamente assim mesmo.
      O Onix apesar de bonito usa projeto antigo e motor defasado. O Gol foi esquecido (ao menos por hora) pela VW, não tem motor que preste e o único que presta só está na versão Rallye, que dispensa comentários. O Palio é bem mais ou menos mesmo, mas eu fico com pé atrás com a FIAT.
      O HB20 está acima da concorrência agora que mudou, o Onix vai mudar, Gol também... Então acho que a maioria do segmento de entrada está empatado ou ligeiramente acima do Celer.

      Also, sem Up! por favor, Up! é subcompacto, quem concorre com ele é o QQ, e esse sabemos como é.

      Excluir
    2. Onix projeto antigo? Parei de ler suas pérolas neste ponto.

      Excluir
    3. Falar que Onix é projeto antigo é foda né...

      Excluir
    4. Sim o Onix é um projeto antigo, basta você entender de carro. Sua carroceria e plataforma é do corsa dos anos 90. Seu motor, idem...bem verdade de que de lá para cá o motor passou por diversas reformas e reprogramações, mas ainda é o mesmo projeto. Já dirigi um Onix e sim é um bom carro, mas é necessário entender que a carcaça nem sempre retrata com fidelidade a essência (carroceria e motor dos anos 90). Por mais que um projeto sofra por diversas reformas, o Onix tem seu alicerce num carro popular dos anos 90 com preços de carros realmente modernos, afinal de contas tela multimídia pode ser colocado até em fusca.

      Excluir
    5. A Plataforma GAMMA II é de 2010 usada primeiro no Spark, mas a Gamma/GM4300 é dos anos 2000, e a GAMMA II é uma atualização da anterior. Fora esse motor que, apesar de ser retrabalhado o tempo todo, ainda é um projeto antigo e que já merecia estar aposentado.
      Se um plataforma de 2000 atualizada e um motor defasado não é antigo, então eu não sei mais o que é.

      Excluir
    6. Onix realmente não é um projeto antigo, mas praticamente todos os componentes são: motor, câmbio, entre outros. Páreo com o Pálio, Renault, Uno, Clio e assemelhados.

      Excluir
    7. Jhonathan, você está confundindo o Onix com o Agile, o primeiro compartilha plataforma com Sonic, Cobalt e Spin e o segundo é que compartilha a plataforma do Corsa dos anos 90.

      Excluir
  5. Aaaa então aquela leitura que adquiriu um celer e enviou um relato de voz é dae parceria de vocês do blog ne? Kkk agora entendi!

    ResponderExcluir
  6. Toda comentário têm que colocar o up como referência, quanto blá blá sem sentido, o carro não vende e pronto...

    ResponderExcluir
  7. O blog poderia fazer um tópico sobre as vendas do segmento dos sedãs médios no mês de Outubro.
    O Corolla liderou e vendeu o mesmo que o 2, 3, 4, 5 e 6 lugares somados.

    ResponderExcluir
  8. Muito boa a iniciativa do blog, muito boa mesmo! Já vi esse carro rodando por aqui, já vi um preto e um branco. A aparência externa agrada bem, principalmente do preto, que eu gostei mais. Fiquei curioso para dirigir e ver como é, mas aí eu teria de pedir para o dono, né... Mas, pelo menos aparentemente, o carro é legal. Agora tem a questão do desempenho, da durabilidade, etc. Uma coisa eu digo, eu já tive VW Gol, o Rallye 1.6 GIII, ano 2005, ou seja, não era o melhor da linha, mas também não era o pior. Só tinha uma coisa boa, o motor, que tinha um bom desempenho tanto na cidade quanto na pista e na minha avaliação o consumo até que era bom também. Mas era só o motor e mais nada. Tanto é que eu nunca mais tive, nunca mais quis ter e nunca mais terei um Gol novamente, não importando o quanto a VW diga que tenha melhorado o carro. Então nem sempre essa questão da marca é determinante. Quando eu comprei o Gol é claro que eu sabia que estava comprando um produto mais simples, mas simplicidade não quer dizer que o produto tem de ser ruim.
    Então essa iniciativa de fazer uma avaliação mais detalhada vai ajudar a tirar muitas dúvidas sobre o carro. Eu gostaria muito que a Chery se firmasse no mercado brasileiro. Não só ela, mas outras montadoras também, como a Lifan. Acho que quanto mais montadoras vierem e conseguirem encontrar seu espaço melhor para o mercado. Existem consumidores para todas, a questão principal é a confiança no produto e a oferta de peças e manutenção. A Lifan tem o X60 que também é bem interessante. Já vi alguns rodando em Prudente. Vi semana passada uma branca que me chamou muito a atenção, um vip já com a nova grade frontal. Carro bonito, mas também faltam mais informações isentas e justas.

    ResponderExcluir
  9. Algum problema com o up Tsi que sumiu do test?

    ResponderExcluir
  10. Pode ser ate um bom carro. Vou aguardar o teste do blog. O que deve pesar contra é a durabilidade deste carro. Será que ele aguenta nossas estradas? E peças de reposição? Um Palio fire por exemplo aparentemente é um carro pior que o celer. Mas o palio tem uma mecânica barata e confiável. Com peças em qualquer lugar. Ja o Celer é um tiro no escuro.

    ResponderExcluir
  11. Bacana a iniciativa, mas quero acompanhar somente como curioso.
    Tá loko quem compra um troço desses. Com 35k o cara pega um Take up! completo, que além de infinitamente mais carro, anda mais que esse 1.5 xoxo (tô falando do MPI, TSI é outro patamar...)
    Saudações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha a categoria, jovem! O up! é uma caixinha de ferro perto desse carro, o tamanho conta muito. Você paga um preço de up! aro 13 num carro maior que gol e palio.Se está em outro patamar, parabéns !

      Excluir
    2. Olha a categoria, jovem! O up! é uma caixinha de ferro perto desse carro, o tamanho conta muito. Você paga um preço de up! aro 13 num carro maior que gol e palio.Se está em outro patamar, parabéns !

      Excluir
    3. Que categoria, tio (kkkkkkkkkkkkkk!!!)? Não fala merda. Subcompacto é um termo subjetivo. O tamanho total do up! é pequeno pois o capô é reduzidíssimo (ver abaixo)... ponto positivaço para um carro urbano (o que é o caso desse Chery... independente do tamanho, qual o loko que pegaria estrada num chinês???). Tamanho para ocupantes da frente é maior que o dos concorrentes compactos, e tamanho de porta-malas bem maior que Fox e Ka, e idêntico ao Gol, carros bem maiores. O cara que compra não quer saber de categoria... quer saber qual lhe atende.

      Pra quem não abre mão de espaço no banco traseiro (apesar de os ocupantes irem batendo cabeça no teto!) e não tem mais grana que o dito na reportagem, melhor pegar um usado. Chinês, só pastel.

      Pra quem não precisa disso e tem um cérebro pensante, pega um up!. O carro dá de mil em qualquer concorrente em sua faixa de preço e além. É um carro revolucionário em inúmeros sentidos. Com pouco mais de trinta mil a VW disponibiliza o máximo em segurança, um fato histórico na indústria automotiva, onde carro de entrada era conhecido como 'bateu-morreu'. Acabamento simples, mas de ótima qualidade. Basta ver o quão satisfeitos estão os proprietários (diga-se de passagem, primeiro lugar no índice de satisfação dos proprietários, no Brasil e na Europa também!!!). Um carro que utiliza da melhor forma possível o seu espaço interno, incluindo o tamanho do cofre do motor, miniaturizado (!!!) ao máximo, o que é um ponto extremamente positivo em carro urbano. O MPI possui um motor fantástico, com alto torque já disponibilizado em alta, como nenhum outro carro mil oferece - o motor do Ka é até bom (apesar de bem menos tecnológico) comparado ao do HB e outros 1.0, mas é xoxo em baixa, que é o que mais se utiliza em trechos urbanos. Junto com seu irmão turbo, TSI, são os carros mais econômicos do Brasil. Carro de rodar sólido, com o melhor projeto estrutural dentre todos os hatches no Brasil (5/4 estrelas no Latin NCAP e melhor 1.0 jamais avaliado pelo teste de longa da Quatro Rodas). Dirigibilidade perfeita (alemã, claro).

      Mas como falei, é pra quem tem cérebro e conhece automóvel. Quem compra carro por metro quadrado merece mesmo um Chery.

      Vlw

      Excluir
    4. Para ficar mais fácil de vc compreender a questão de categoria, veja

      http://www.car.blog.br/2015/11/vw-up-tsi-e-eleito-o-melhor-carro.html?showComment=1447190208481#c5938253389970921774

      onde o up! TSI foi considerado o melhor COMPACTO (repito: COMPACTO!!!) de 2016.
      Aproveite pra conhecer o que há de melhor em termos de tecnologia dentre todos os compactos nacionais.

      Saudações

      Excluir
    5. Ei cara! Quem perguntou alguma coisa sobre a mini kombi!? O fato é que o up! ( carro do ano de Marte) é menor! Caramba velho, até quando o pessoal vai comentar sobre o Up! e suas estrelas? Todos nós sabemos disso, mas ele não é o melhor carro do mundo... Se liga cara!

      Excluir
    6. Só pra constar, os prêmios do Up:

      Top Gear Magazine 'Small Car of the Year' 2011
      What Car? 'Car of the Year' 2012
      What Car? 'City Car of the Year' 2013
      World Car of the Year 2012

      Carro MUNDIAL DO ANO em 2012, por exemplo.

      Excluir
    7. Calma First! Se não se informar melhor tu perde esse nome e passa a ser conhecido como Last One... ehehehehehehehe!!! Brincadeirinha!

      Alguns prêmios antigos (com o TSI, virou uma coleção interminável de prêmios):

      O up! foi eleito o World Car of the Year 2012... MELHOR CARRO DO ANO NO MUNDO EM 2012. E foi seguido pelo Golf em 2013 e pelo Audi A3 em 2014. Ou seja, só dá VW, a melhor do mundo atualmente, disparada...

      up! melhor carro de acordo com satisfação do leitor na Europa (classificação geral, na frente de Jaguar, Lexus, Volvo e Mercedes, de acordo com 15 mil leitores) e melhor na categoria city car - JD Power
      http://jovempan.uol.com.br/noticias/carros/volkswagen-e-eleito-o-melhor-automovel-por-motoristas.html
      http://www.whatcar.com/car-news/2014-jd-power-survey-volkswagen-big-winner/1296353

      Expectativa dos proprietários Quatro Rodas
      http://www.car.blog.br/2014/10/volkswagen-up-supera-expectativa-de.html?showComment=1414149738025#c1713818642883095120

      up! melhor equipamento de som.
      http://quatrorodas.abril.com.br/blogs/longaduracao/2014/08/25/controle-de-qualidade/

      up! menor custo de manutenção
      http://www.car.blog.br/2014/10/volkswagen-up-e-carro-de-manutencao.html?showComment=1414274699629#c1967379224001561252
      http://www.car.blog.br/2014/08/volkswagen-up-e-lider-no-ranking-de.html

      up! melhor hatch de entrada O Estado de São Paulo

      http://www.car.blog.br/2014/08/volkswagen-golf-vence-eleicao-de-melhor.html

      http://www.car.blog.br/2014/08/volkswagen-up-e-o-melhor-carro-do.html

      melhor compra até 30000 quatro rodas
      http://quatrorodas.abril.com.br/melhorcompra/2014/novos/carros-ate-30-mil-reais.shtml

      melhor carro até 31000 Car and Driver
      http://caranddriverbrasil.uol.com.br/carros/especial/compra-certa-ate-r-31-mil/8220

      melhor veículo entre 26900 e 39990 Autoesporte
      http://revistaautoesporte.globo.com/Fotos/fotos/2014/05/autoesporte-de-junho-guia-qual-comprar-2014-traz-mais-de-200-carros-avaliados-em-15-categorias.html

      melhor hatch de entrada Motorvício
      http://www.motorvicio.com/2014/08/volkswagen-golf-e-up-eleitos-os.html

      mais rápido e mais econômico 1.0 Quatro Rodas
      http://www.car.blog.br/2014/09/volkswagen-up-hatch-compacto-mais.html

      Excluir
  12. o cara do vídeo está com muito pé atrás... muito receio, prevejo decepção com esse carro

    ResponderExcluir
  13. e como eu ja disse... prefiro pagar 35mil num picanto q 32mil num celer

    ResponderExcluir
  14. A montagem do Celer humilha os carros da Ford, fica parecendo que o Celer é americano e o Ka é chinês.

    ResponderExcluir
  15. Carro chines só dirigi um até hoje, era uma pick up cabina dupla diesel GWM (Great Wall), 0km; o rodar e sensações era exatamente a descrição deste Celler, simplesmente desastroso, parecia que eu dirigia um carro dos anos 80, cheio de folgas, cursos longos, instável, lenta, uma decepção. Ninguém me convence que colocar 32k num Celler vale a pena. Se, os próprios chineses só compram as marcas europeias e japonesas tradicionais, defender a compra dum Celler é tarefa impossível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que me mata e ler os comentários de pseudo entendedores de automóvel escreverem suas pérolas em defesa de carro chineses.Nem chinês compra esses carros,ai vem um monte de carinhas que nem devem ter cnh e dizem que o carro é bom,em comparação com as outras marcas esses carros chineses são as ultimas opções,e ponto.Esses carros não tem pouquissímas css,não tem peças de reposição no mercado,consumo elevado e mecânica defasada,depreciação "monstro"na revenda,dentre outros pontos negativos.Agora comprar esse carro pelo design ou espaço interno e esquecer o essencial é loucura!Repito só defende essas marcas chinesas quem não tem noção nenhuma de automóvel,o carro tem muitos pontos negativos em contrapartida com seus predicados,em sã consciência não dá pra optar por isso,me desculpe os entusiastas por marcas chinesas,mas não dá...

      Excluir
    2. Estava esta manhã num Css VWB pra revisão do Golfão, vi um Lifan SUV ano 14/15, o infeliz entregou o carro por 40k na troca dum VW, o Lifan custou 0km 57k. O incauto não sabe como fez um besteira tão grande. Esqueçam essas porcarias, automóvel 0km é coisa seria e custa muito dinheiro, se errou não tem volta e vc vai pagar caro pelo erro, dependendo da "cadeira eletrica" vc vai pagar com a própria vida ou dum querido eu. Pensem bem, carro 0km é de marcas tradicionais e ainda com ressalvas como, Clio, Fire, Classic, Gol, Sandero/Logan (to aguardando o novo crash test), 207, Ka (idem crash test), Fiesta (idem), Onix (idem).

      Excluir
    3. Agora imagina:perder 17kk num carro com 1 ano de uso,é loucura!!!Ai vem um monte de comentários para deixar disso,já compra pensando em revender,se não der chance ao novo as grandes marcas não mudam.pura conversa fiada,quem compra carro não quer ver seu bem depreciar dessa forma,fora a mecânica chula e a segurança questionável,desculpa carro chines e fria...

      Excluir
  16. ai... mim parece melhor que o ford ka

    ResponderExcluir
  17. Sou mais 35 mil nun Celer nacional do que 48,50 mil num Gol/Voyage/Up 1.0 fraco e caro.
    JAC, Chery e Lifan serão as próximas Honda, Toyota e Nissan... aguardem...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.