Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen: recall de motores diesel limita-se aos antigos

Categorias: , 9 Comentários

O Volkswagen Group informou hoje uma boa notícia sobre o dieselgate: que a sua atual geração de motores diesel EA 288 não tem o software projetado para contornar testes de emissões, e que o recall mundial já anunciado de 11 milhões de carros não precisará ser ampliado, consequentemente todos os novos veículos do grupo oferecidos na União Européia com tais motores estão em conformidade com as regras ambientais.


Segundo a Volkswagen, o carros a diesel com motores EA 288 atuais atendem aos requisitos legais e ambientais. O motor EA 288 substituiu a classe de motores envolvidos no escândalo emissões EA 189.


Em relação aos motores EA 189, a montadora pretende ajustar 8,5 milhões de veículos na União Européia com um procedimento de atualização de software, enquanto em outros 3 milhões de carros será necessário um upgrade mais caro que envolve troca de hardware.


Os proprietários de modelos Volkswagen podem consultar o site www.volkswagen.de/info, que, informado número do chassi, informa se o seu veículo é afetado. Sites similares já estão ativos na Europa para Audi, Seat e Skoda.


As ações de correção nos veículos começarão em janeiro 2016 - sem nenhum custo para os clientes. As medidas estão atualmente em desenvolvimento para cada série de modelo afetada e para cada ano modelo, e será primeiramente apresentada às autoridades responsáveis. Volkswagen informará posteriormente os proprietários desses veículos nos próximos semanas e meses.

Postagens relacionadas:

9 comentários:

  1. Resposta transparente e tratada com a seriedade de uma Estatal muitíssimo bem administrada, e de uma empresa séria. Parabéns VWAG.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a VW não é estatal... as famílias Porsche e Piëch têm o controle acionário.

      Excluir
    2. Realmente muito transparente. Imagina se não fosse! Vai chover processo. Claro nos EUA e Europa, por quer por aqui chamam a tal de transparente. É de mais!!!

      Excluir
    3. Joe, 20% do capital da VWAG e do governo da baixa saxônia, com integrantes no conselho fiscal, e com direito a voto.

      Excluir
  2. Transparência? Duvido que alguém questione a qualidade dos carros do grupo vw. Mas temos que separar as coisas.
    Houve má fé, isso é inquestionável. Ela só admitiu depois do flagrante, e isso depois de questionar até a validade dos testes.
    Nesse momento não há só um problema de engenharia que ela tenta resolver. Há principalmente um trabalho para minimizar os prejuízos que não serão poucos, tanto do ponto de vista financeiro como de imagem. Afinal, nem todo mundo é fanboy.
    O contingenciamento de 6.5bi de euros será insuficiente, há reavaliação de investimentos e planos de desinvestimento. No brasil só não serão cortados os investimentos previstos porque a desvalorização do real economizou 30% o desembolso. Os R$ 10bi previstos em março de 2014 custavam cerca de EU 3.2bi, hoje esse valor caiu para 2.2bi.
    Eu acho que a lição que fica para a vw é que chegar ao topo de maior do mundo não pode ser a qualquer preço. Condições e competência para isso tem, tanto quanto para reverter esse situação.

    ResponderExcluir
  3. Interessante.O problema da toyota com seus carros que aceleravam sozinhos de uma hora para a outra ,ocasionou a morta de varias pessoas e o assunto nao foi tao comentado.A vw tem como solucionar o problema,alem do mais nao compromete a segurança.A toyota nao tem como trazer as pessoas mortas de volta.E o pior de tudo este problema foi descoberto nos EUA, junto com aChina sao os dois paises que mais poluem o planeta.Qta hipocresia.A honda tambem esta envolvida em acidentes fatais,por problemas no air bag de uma fabricante japonesa,ai ninguem fala nada. Nao que o meio ambiente nao seja importante,mais vidas sao mais importantes.Pega os carros dos japas e façam teste para ver se tambem nao pooluem.Chega de hipocresia e politicagem.

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.