Car.blog.br

Pesquisar este blog

Mercedes C180 ganha versão de acesso a R$ 119,9 mil

Categorias: , 27 Comentários

A Mercedes-Benz do Brasil oferecerá uma nova versão de entrada do seu sedã médio Classe C. Trata-se de uma nova configuração do C180, com preço de R$ 119.900 reais.

Mercedes-Benz C180 2016

Esse Mercedes C180 abaixo de R$ 120 mil mantém a mesma mecânica formada pelo motor quatro cilindros 1.6 Turbo de 156 cavalos e 25,5 Kgfm de torque associado a uma caixa automática de sete marchas.

Mercedes-Benz C180 2016

As alterações ficam por conta da lista de itens de série, que perde os faróis de LED, substituídos por outros de halogênio. Estão ausentes também o sistema de navegação e o sistema de auxílio em rampas (que segura o carro por alguns segundos em saídas).

Mercedes-Benz C180 2016

O nível de segurança mantém-se inalterado, com os sete airbags e controle de estabilidade e tração, assim como itens de conforto como ar-condicionado digital com duas zonas de climatização, piloto automático, sistema de som com tela touchscreen, e ajustes de modos de condução.

Mercedes-Benz C180 2016

Externamente o C180 de acesso diferencia-se também por rodas de alumínio com desenho simplificado. O resultado final, R$ 123 mil mais barato que o C180 Avantgarde, é uma melhora significativa em termos de custo x benefício - o que deve impulsionar suas vendas.

Fonte: Best Cars / Fotos: Webmotors

Postagens relacionadas:

27 comentários:

  1. Xenonio é um elemento, halogênio é um grupo de elementos. Falem que os faróis são halógenos, e não de halogênio, mesmo porque halogênio não é elemento. Fica feio (e errado rs).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Taí algo que eu desconhecia... bela informação!

      Excluir
  2. Ridiculo! 120 mil e nao tem gps ? Nem farois de xenon. Por favor. Ridiculo. Com 120 mil vc leva um Fusion Titanium..... A unica coisa que perde ( eu nao ligo) é o Status de ser um Mb.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deve-se considerar, no entanto, que o Mercedes paga 35% de imposto de importação, algo do qual o Fusion está livre. Entre os dois, embora o Ford seja mais equipado, ficaria com o Mercedes pela tecnologia e qualidade de construção.

      Excluir
    2. E o custo de manutenção? Deve ser 10x mais cara a cesta de peças da MB do que da FORD.

      Excluir
    3. Carros da ford tem acabamento porco e montagem descuidada.

      Excluir
    4. Daqui a dez anos o Fusion será um ford velho na mão de manolos (ninguem quer) e a MB continuará sendo uma MB.
      O fusion é um ótimo carro, show de bola! Mas é um carro comum...

      Excluir
    5. Sobre o acabamento ruim da Ford: concordo totalmente em relação ao Ka, EcoSport e New Fiesta nacional; concordo parcialmente em relação ao Focus. Mas discordo totalmente em relação ao New Fiesta mexicano e ao Fusion.

      Excluir
    6. Comparar um Merc com Ford, ...menos. Este C180 a 120k é um forte concorrente para Audi e BM; pra quem gosta e tem bala, a escolha é difícil. Eu iria de Audi pela montagem aqui no Brasil, menor custo de manutenção e 20k menos, e dá ainda pra dar 50% de entrada num Up. Mas por fora corre o Jetta TSI 2.0 l, um baita carro a 95-100k.

      Excluir
    7. O Classe C será nacional em breve. Convém lembrar que é equivalente ao Audi A4, enquanto o A3 concorre com o Classe A...

      Excluir
    8. Em tempo: o (caro) Jetta é um excelente carro, mas nem de longe representa concorrência válida ao Classe C em qualquer quesito. É comparar laranjas com bananas, nada a ver.

      Excluir
    9. Mas é assim mesmo. Um perfume Chanel vai ser sempre mais caro que um O Boticário. Guardadas as proporções e peculiaridades, quero dizer que a aura de uma grife de prestígio (de luxo mesmo) vem do binômio qualidade superior e status. Aliás a segunda característica é consequência da primeira.

      Excluir
    10. Na minha opniao se for para pagar 120 mil eu pagaria mais 9 e levaria a 320 i...
      2.0 de 184 hp anda junto com o jetta a 320 i e essa sim ê completaça!!!

      Excluir
    11. Matheus Costa,
      Questão de gosto. Quanto a Série 3, me desculpa mas 320i Sport não anda junto com Jetta Highline, Jetta abre bem, principalmente de alta.
      Eddie,
      Audi com custo de manutenção menor? Me diga em que mundo pois até onde eu sei o custo de manutenção da Audi é caríssimo. Se para você o Fusion não pode ser comparado à uma Mercedes, não é um Jetta quem vai poder.

      Excluir
    12. Sinceramente, GPS em carro pra que?

      Qualquer porcaria de celular tem isso... E considerando que essa versão custa 30 mil a menos só por não ter alguns itens de série da 180 de verdade...

      É uma jogada de mestre da Mercedes. Corolla Altis que se cuide kkk

      Excluir
  3. Esse carro é maravilhoso. Um estilo agressivo e elegante na frente e uma traseira aristocrata e bela, lindo exterior e interior, tirando o ipad pendurado.

    ResponderExcluir
  4. BMW 320i é muuuuuuuuuuuuuito mais negócio!

    ResponderExcluir
  5. Bela versão, sem dúvidas venderá bastante. Agora tirar os faróis de led é mancada na minha opinião, pois deixa o carro bem simplório, ainda mais sendo uma MB!

    ResponderExcluir
  6. bom são como agua e vinho = C180 e 320
    C180 é um carro confortável macio, haja visto que a motorização é normal
    Já a Bmw 320 é para uma tocada esportiva
    Quanto a manutenção é cara em ambas, veja que usam pneus rin flat, que o mais barato aro 17 custa R$1.000,00 enquanto o normal vc encontra na cada de R$400,00, agora imagine o resto

    ResponderExcluir
  7. Não fale bobagem, o cara que compra isso, em primeiro lugar não compraria um up. Muito menos precisa dar entrada. Me desculpem, mas quem compra Carros deste nível, não está preocupado com quanto gasta de gasolina, quanto custa um pneu, ou seguro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A reportagem esqueceu de mencionar que nesse carro de entrada a mercedes tirou o "tocador" de CD alegando que todos hoje em dia usam pendrive. Não gosto particurlamente dessa roda mesmo sendo da C200. Não tem opção de trocar. Gostei de saber pela reportagem que tiraram o sistema de auxílio em rampas. Os vendedores esquecem de mencionar essa mudança. Ainda prefiro a GLA 200, apesar da mercedes ter retirado ítens de série também e o "custo Brasil" ter feito o valor da Advance aumentar em média 30.000,00. E assim começa 2016...

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.