Car.blog.br

Pesquisar este blog

VW Up! TSI propõe conforto e economia, não esportividade

Categorias: , 30 Comentários

Um carro compacto com motor 1.0 Turbo, como o Up! TSI, não é exatamente uma novidade no Brasil, já que no começo da década passada a mesma Volkswagen colocou no mercado o Gol e a Parati equipados com motor 1.0 16V turbo-alimentados (veja detalhes aqui).

Volkswagen Up! TSI 2016

Os VW Gol e Parati 1.0 16V Turbo adotavam um motor quatro cilindros, com 112 cavalos e torque máximo de 15,8 Kgfm, e foram lançados com uma proposta de esportividade – o que era reforçado pelo nome “Turbo” estampado na carroceria.


O objetivo com o Gol e Parati Turbo era a de dar uma atualizada tecnológica na imagem dos modelos, e também colher os benefícios tributários estabelecidos para os motores 1.0. Entretanto, na prática, a experiência não foi exatamente bem sucedida.


A proposta de esportividade associada ao nome “Turbo” criava expectativas de desempenho elevadas – o que não era correspondido na prática, já que o motor 1.0 Turbo oferecia performance similar aos Gol 1.6.


Ademais, o motor turbo exigia cuidados adicionais por parte dos motoristas. Além disso, o torque vinha em rotações mais elevadas, fazendo com que o carro ficasse lento em baixos regimes. Não ajudava também o fato de a manutenção ser cara, o que acabou determinando o seu fim prematuro no mercado, em 2003.

Up! TSI – abordagem diferente

Com a experiência do Gol Turbo 16V, a Volkswagen adotou uma abordagem totalmente diversa no caso do Up! TSI, tanto em termos de engenharia quanto de posicionamento de mercado.

Volkswagen Up! TSI 2016

Na parte técnica, foi adotado um turbo de baixa inércia e de pequenas dimensões, associado a tecnologias como injeção direta. O resultado é que o elevado torque aparece em rotações mais baixas, resultando em sensação de performance bem mais clara desde os regimes mais baixos.

Volkswagen Up! TSI 2016

Por outro lado, o nome “Turbo” foi suprimido e substituído pelo “TSI”, retirando o caráter de esportividade associado ao carro. A Volkswagen não pretendeu criar um Up! esportivo, com o motor TSI, mas um carro mais potente e mais eficiente.


De fato, ao se conduzir o Up! TSI (vídeo abaixo) observa-se um carro mais suave, macio e progressivo que o Up! convencional com motor MPI. O desempenho bem superior está lá (veja comparativo de desempenho do Up! TSI com carros 1.8 e 2.0 clicando aqui), mas ele não é brutal, ou esportivo.



Ao contrário, é dócil e previsível. Silencioso e confortável, tornando o carro bem mais agradável de ser conduzido que as versões convencionais.



E, por fim, o adicional de preço é atrativo: R$ 3.100 reais a mais em todas as versões por um motor bem mais potente e ainda mais econômico (Up! é o carro flex mais econômico do Brasil - veja aqui).

Conclusão


A Volkswagen do Brasil usou sua experiência com carros turbo de baixa cilindrada no começo da década passada , e lançou o Up! TSi com uma propostas de conforto, prazer ao dirigir e eficiência energética.

Postagens relacionadas:

30 comentários:

  1. Off Topic:
    Vou buscar a Saveiro hoje, depois posto as minhas impressões.

    ResponderExcluir
  2. O UP E quase perfeito mesmo não a dúvida ,mas gostaria mesmo de saber quando realmente ele vai estar a venda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A partir da segunda quinzena de agosto. Aqui em bv-rr, só daqui 25 dias.

      Excluir
    2. Achei que já estivesse a venda pois pelos números da FENABRAVE até hoje, em 7 dias de vendas, já deram um "up" esse mes, projetando-se algo próximo a 5 mil unidades no mes.

      Excluir
    3. já está a venda ,meu caro! fui na css ontem fazer o test drive, mas o carro estava sem seguro para rodar e eles ficaram meio com medo de me dxar andar. Eu achei o cross-up tsi completinho por 47 sem chorar as migalhas. Meu brother que quer comprar um e estou empurrando pra levar o tsi.

      Excluir
    4. Estou negociando um, consegui 500 reais de desconto + pelicula num move tsi completo. Mas acho que consigo mais, ainda não chantagiei as outras concessionárias volkswagen da minha cidade hahaha.

      Excluir
  3. Vou falar, tive um gol 16v turbo ano 2001 e posso afirmar que a reportagem está certa no quesito manutenção cara e torque em elevados regime de rotação, mas dizer que desempenho era similar a um gol 1.6, isso não! Pelo menos o meu gol andava mais que qualquer 1.8 ou 2.0 8v. Isso comprovei, pois como era novidade na época, todos queriam acelerar seus carros com o gol 16v turbo. A aceleração dele era algo muito bom pra época e deixava muitos carros comendo poeira. Até um amigo meu que tinha um Audi 1.8 aspirado não se conformava em andar menos que o golzinho. De qualquer forma foi um carro que me trouxe alegrias e horas de manutenção pois nem todo mundo sabia mexer no carro e as peças eram específicas pra ele, um absurdo!!! Enquanto um jogo de velas normal custava 40, 50 reais na época, a do golzinho custava 260 reais!!! Nunca esqueci disso!!! rsrsrsrrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs...sim, mas de resto a matéria foi super coerente. As pessoas acreditam que injeção direta, motor de 3 cilindros, turbo, hidrogênio são inovações, mas estão totalmente equivocadas.

      Excluir
    2. Também tive e concordo com você, desempenho dele era ótimo, fraco em baixa mas bem forte em média e alta, inclusive tinha um amigo que tinha um gol 2.0 e andava igual com uma leve vantagem para o turbo em arrancadas ou retomadas em giros mais altos, claro que em rotação bem baixa o 2.0 era mais forte.
      Esses turbo moderno são torque máximo ao encostar do acelerador, caso do up! 17kgfm ao encostar no acelerador (+1500rpm, pouco depois do ponto morto), isso muda tudo na condução, agilidade total.

      Excluir
  4. Ficou bem legal a matéria, realmente ele não está com comportamento esportivo, mas sim mais normal. Só acho q a vw poderia disponibilizar uma versão com o de 115cv e câmbio de 6 marchas para alavancar a fama do carrinho, e assim termos um esportivo nacional mais barato e q não passa da aparência apenas. Só achei o carro com turbo lag mais q o desejado, talvez até mesmo por culpa do câmbio ser mais longo, acredito que nesse quesito uma 6ª marcha faz falta. Mas o carro está bem bacana, recomendo sim!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em 2016, quando o up TSI já tiver superado a imagem de carro esportivo, a VW vai lançar o up GT com esse motor mais potente. Quem tiver comprado o speedup vai chorar. Esse mesmo motor vai equipar depois o golf de entrada aqui, como é na europa, substituindo o 1.6 MSI. Isso para atender o Inovar-Auto.

      Excluir
  5. O UP! TSI tem a proposta de um carro 1.6 atual como o HB20, porém o up! tem a segurança em padrão superior.

    Mais do que suficiente o motor do up!, economia absurda em relação a qualquer outro carro da categoria inclusive superior.

    A propósito, qual o carro mais econômico do Brasil ? Será o UP! TSI ? Tenho certeza absoluta que ele faz mais que 16km/L na estrada, eu acredito próximo de 24km/l, tendo por base os 21km/l alcançados pela versão aspirada.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com a matéria, porém um carro turbo sempre vai ter essa aura de esportividade, independente da proposta. É até hipocrisia negar isso, principalmente em se tratando de uma relação peso/força tão favorável à direção esportiva quanto à esta.

    Mas tanto concordo com o que foi escrito que hoje, escolheria a versão Cross, a qual não sugere tanto desempenho, passa uma imagem mais estética e versátil, e é inegavelmente a mais bonita(na minha opinião). Vi no catálogo da VW o Cross em uma cor azul metálica ou perolizada que achei demais, seria minha opção.

    Mudando um pouco de assunto, seria fantástico a VW lançar um mini-roadster(nos moldes do recém-lançado Honda S1000, por exemplo, que é um kei-car, mas vale como referência) com a plataforma e powertrain do Up(chassis e o motor 1.0 turbo). O mercado carece de esportivos conversíveis e mais "acessíveis".

    ResponderExcluir
  7. Que bom que o carrinho vai ter atributos interessantes, bom desempenho, bom consumo e boa segurança aos seus ocupantes. Talvez a parte do conforto só que destoa um pouco da proposta, mas dá-se o jeito.

    ResponderExcluir
  8. Independente do tipo de carro turbo, o comprador tem que estar ciente que está levando um carro de manutenção mais elevada pra casa, esse é o único ponto negativo sobre os turbos, e ainda é bem complicado encontrar um mecânico que entenda de fato o que está fazendo.

    Apenas um detalhe/correção, os 3.100,00 a mais não são somente pelo motor, existe um pacote de modificações em relação ao aspirado que somadas chegam nesse valor estipulado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao vejo uma manutenção diferente do normal, vai gastar mais óleo porque o cárter é maior, ok, o resto tudo dentro da média, up aspirado é um carro moderno, eficiente, gol turbo antigamente era um motor moderno comparando a um AP totalmente defasado e sem eletrônica, hoje quase todos os motores já são modernos, com certa eficiência e com componentes caros, Manutenção Vw é cara, Ford também, honda idem... Um ou outro não é caro porém costuma ter qualidade inferior o que não justifica pois já é caro de qualquer jeito.
      Hoje fiquei sabendo o preço do para choque dianteiro de um up! Em SP tem lugar (só tem em concessionária) cobrando R$1.100,00 (capa, grade e logo), sem pintura, um assalto. Tá tudo pela hora da morte.

      Excluir
    2. Concordo com o FiveStar, com certeza a manutenção do UP turbo será mais cara que a do UP normal. Geralmente os carros turbo usam peças mais específicas para ele. E mecânico saber mexer em carro turbo é que é uma desgraça. Todos acham que a diferença é só a turbina, nada disso. E outra, o motor precisa estar sempre redondinho com tudo funcionando 100% pra obter o máximo rendimento do conjunto turbina/motor. É um motor mais sensível, e que necessita de mais cuidados. Se estourar uma turbina então, mete a mão no bolso!!!

      Excluir
    3. Rodrigo, isso é fato, e levo comigo outra máxima, jamais comprar carro usado turbo, sabemos como os brasileiros cuidam dos carros.

      LV, venho batendo martelo dos preços das peças do up! a mais de ano, esse papo de manutenção mais barata do Brasil é papo furado, as peças são caras sim inclusive superam carros de categorias superiores, tem peças mais caras que Corola.

      No fórum do up! a VW cobrou 2.600,00 reais de um proprietário trocar e pintar o para-choques do up!, isso que a manutenção é a mais barata do Brasil...

      Excluir
  9. Se a renda fixa não estivesse tão linda eu já tinha comprado o meu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fato. Quem tem grana tá segurando para aproveitar as taxas. Custo de oportunidade muito alto.

      Excluir
  10. no passado teve muito mecânico enriquecendo com aquele moto 1.0 16V turbo do GOL..sera que esse filme de terror vai se repetir no UP ??...se aquele motor do gol fosse bom estava em linha ate hoje....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A quatro rodas fez o teste de longa duração e o motor 1.0 16V foi aprovado com louvor.

      http://quatrorodas.abril.com.br/carros/duracao/conteudo_140519.shtml

      " O turbo, o alvo de todas as atenções, teve ótimo comportamento: apresentou-se com disposição sempre que solicitado e não exigiu cuidados especiais. Uma atuação vigorosa e ao mesmo tempo discreta. Nem parecia ser a estrela do teste."

      Porém, este motor 1.0 TSI é infinitamente melhor. E é usado no Golf e Polo vendidos na Alemanha. Só isso.

      Excluir
    2. Carlos... Quando lança tudo é bom..no teste de revista todo motor é bom..quero ver a revista passar com o mesmo carro por 4 anos ( media de tempo que um proprietário fica com o carro novo ) logico que no começo não vai dar problema né ...logico..

      Excluir
    3. Carlos é meio INGENUO !!..ele acha que revista vive de vendas no mundo de hoje com a net..revista vive de patrocínio ( das montadoras ) ...a revista fala bem de quem patrocina ela..ou você não sabia ??? kkkkk

      Excluir
  11. O carro tem um custo x benefício ótimo, tão bom que tenho certeza que não ficará por esses 43k iniciais, então quem puder comprar aproveite, pois irá aumentar. Um HB20 1.0 Comfort Style, que nem chega perto desse desempenho, com nota inferior no Crash test e ainda menos econômico parte de 44k. Lembrem do Golf Highline alemão no seu lançamento por 68k, e olha o preço que está custando hoje o mexicano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HB20 vai sofrer facelift. Na prática a Hyundai está vendendo bem mais barato que o preço de tabela.

      Excluir
    2. HB20 vai sofrer facelift. Na prática a Hyundai está vendendo bem mais barato que o preço de tabela.

      Excluir
  12. O carro é um verdadeiro foguetinho e vai deixar muito marmanjo comendo poeira! Quando alguém comprar, volte pra falar com conhecimento pois o meu já está na garagem e é um excelente carro! Só pra deixar claro...conseguiu na estrada, ser mais econômico que a versão I-motion

    ResponderExcluir
  13. Quanto será que a VW ta pagando nesses comentários hein!?

    Parece que só o Up, golf, polo e seus derivados servem e o resto é porcaria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senti a sombra de um anjo dourado por aqui :-D
      Golden Angel - Gelber Engel

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.