Car.blog.br

Pesquisar este blog

Fiat Bravo 2016 fica mais caro: Essence vai a R$ 63.170 reais

Categorias: , , 22 Comentários

A Fiat Chrysler do Brasil promoveu uma elevação linear de 1,9% nos preços do hatch médio Bravo - veículo que passa a custar R$ 63.170 reais em sua versão de acesso, a Essence 1.8 16V com transmissão manual, aumento de R$ 1.180 reais sobre o preço anterior.


Já o modelo Sporting passou de R$ 67.990 reais para R$ 69.280 reais, enquanto a série especial Black Motion custa R$ 70.300 reais.


O topo de linha, Bravo T-Jet, equipado com o motor 1.4 Turbo, agora custa R$ 79.980 reais - apreciação de R$ 1.490 reais sobre o preço anteriormente especificado.



Tabela de preços - Fiat Bravo 2016 - agosto/2016

ModeloVersãoPreço atualPreço anteriorAumento
Bravo
Essence 1.8 16VR$ 63.170,00R$ 61.990,00R$ 1.180,00
Sporting 1.8 16VR$ 69.280,00R$ 67.990,00R$ 1.290,00
Blackmotion 1.8 16VR$ 70.300,00R$ 68.990,00R$ 1.310,00
T-Jet 1.4 TurboR$ 79.980,00R$ 78.490,00R$ 1.490,00

Postagens relacionadas:

22 comentários:

  1. Esses aumentos, na minha humilde e modesta opinião, são em relação a alta do dólar.
    O carro pode até ser nacional, mas muitos componentes vem de fora, cotados em dólar, portanto, só estão repassando o aumento do custo ao consumidor final.
    Agora no caso do 500 foi loucura mesmo, sem mais.

    ResponderExcluir
  2. Um carro defasado, que vende pouco. Um aumento de preços........ a concorrência agradece mais ainda.

    ResponderExcluir
  3. Pode aumentar o preço, ninguém compra mesmo...

    ResponderExcluir
  4. Esse carro não vende absolutamente nada, querem que existam versões ano 15/15 em 2018 ?

    ResponderExcluir
  5. A que ponto chegamos.
    O Brasil realmente merece ser motivo de piadas.

    ResponderExcluir
  6. por mim pode fica 100mil, ninguem vai compra mesmo, igual i30 rsrsrs

    ResponderExcluir
  7. Bravo já vende tanto, o mercado a pleno vapor. É isso aí, dona Fiat!

    ResponderExcluir
  8. o focus rei absoluto da categoria agradece!

    ResponderExcluir
  9. Pra quem não tem, não pode, ou não quer gastar muita grana num hatch médio, não é uma opção ruim. Ainda mais levando em conta os preços dos concorrentes, que chegam a ultrapassar a barreira dos 100K (mesmo com projetos muito mais atuais).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E considerando também que no caso do T-Jet uma simples reprogramação do chip leva o carro a 172 cv no dino e com custo de manutenção similar ao de um Palio Fire, já que sua mecânica é derivada deste.

      Excluir
    2. Eu ainda acho o Bravo uma boa pedida para quem quer um carro maior em com uma boa dose de equipamentos.
      O Bravo Essence, pelo preço que tem, tem um preço bem convidativo, fora que se fizer questão de ser zero, a Fiat vive dando oferta de Bravo, ou seja, sempre se acaba comprando um por um preço bem abaixo da tabela, é só pesquisar e achar.

      Excluir
    3. Verdade. Sempre a margem para desconto no preço do carro. Ainda mais agora. É só pesquisar. Além de ser bem equipado como você ressaltou (novamente sem comprar com os concorrentes que estouram a casa dos 100K).

      Excluir
  10. Tiro no pé, se nem com redução vende , imagina subindo os preços, Focus e Golf agradecem.
    Continuarão liderando a categoria com méritos.

    ResponderExcluir
  11. É melhor um focus usado de que este bravo novo , por 55.000,00 compra um focus 2014 hatch

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o Focus e uma opção bastante interessante. Pra que não liga em ter carros usados, nem com a frente recém modificada por um facelifit, ta valendo. Um ótimo carro.

      Excluir
    2. Com R$ 55.000,00 compra-se um T-Jet 13/14 com todos os opcionais. Tem coisas no T-Jet que o Focus nem sonha em ter. Carro novo no Brasil não tem vantagem nenhuma, seja em qualquer categoria.

      Excluir
    3. Diria que apenas a garantia de fábrica, o prazer de ser o primeiro dono e a certeza da origem. Fora isto, assino em baixo nos que você disse. Não há vantagens suficientes que justifiquem a compra de carro novo no Brasil.

      Excluir
  12. A conta de luz sobe (muito), conta de água sobe (muito), o combustível sobe (muito), a conta do supermercado sobe (muito), o pedágio sobe, o aluguel sobe e tudo isso está reduzindo o consumo pois o poder de compra das pessoas está sendo reduzido, agora se o preço do carro sobe, aí é um absurdo! Roubalheira! Loucos!
    faz todo o sentido.
    Carro no Brasil é caro? É, porém ao passo que estão subindo certamente na ponta do lápis essas margens tão grande que as fabricantes têm estão todo dia sendo reduzidas, pode ter certeza

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.