Car.blog.br

Pesquisar este blog

Chrysler: recall para carros vulneráveis a ataque hacker

Categorias: , 3 Comentários

A Fiat Chrysler aciona um recall de 1.4 milhão de veículos nos EUA, para corrigir uma falha no sistema Uconnec que permite a um hacker assumir o controle do carro.


O problema ocorre com centrais multimídia Uconnect que dispõem de funcionalidade que permite aos proprietários ligar o motor remotamente, rastrear a localização do seu carro usando GPS e tirar proveito de vários recursos anti-roubo.


O problema no software do sistema Uconnect foi descoberto no início desta semana por dois pesquisadores de segurança que trabalham para a revista Wired. Os pesquisadores foram capazes de controlar remotamente um jipe ​​através do seu endereço IP na internet, permitindo-lhes desligar o motor, acionar os freios e ligar os limpadores de pára-brisa.

Apesar de a Fiat Chrysler ter tomado a iniciativa de acionar o recall, a empresa já tentou suavizar as preocupações dos proprietários dizendo que "adotou medidas de segurança na Internet que impediriam o tipo de acesso de controle remoto demonstrado pelos pesquisadores".

Os veículos afetados são aqueles equipados com telas sensíveis ao toque de 8,4 polegadas e incluem os seguintes modelos:
  • Dodge Viper 2013 a 2015
  • Ram 1500, 2500 and 3500 2013 a 2015
  • Jeep Grand Cherokee 2014 a 2015
  • Dodge Durango 2014 a 2015
  • Chrysler 200, Chrysler 300 e Dodge Charger 2015
  • Dodge Challenger 2015

Postagens relacionadas:

3 comentários:

  1. Sou, sempre fui e sempre serei contra deixar um veículo com opções/ítens que possam afetar a segurança pessoal e/ou do transito. A FCA que corrija este grave erro.
    Está na hora de existir uma lei/convenção das limitações dos comandos que interfiram no funcionamento do veículo.
    Tecnologia sim, insegurança não, e não adianta querer "travar/bloquear" acesso, pois sempre terá o mal intensionado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Marco. Essa é uma coisa que me preocupa, virar passageiro no meu próprio carro. A BMW passou pela mesma situação há dois anos. Recentemente um hacker invadiu e manobrou um Boeing em voo. Vejo pessoas babando com um celular que manobra um carro. Esse problema não está restrito a fca, bmw, todas devem ter vulnerabilidades semelhantes. O correto seriam os sistemas de gerenciamento do carro serem independentes e só conectáveis nas oficinas via cabo. Deixando apenas os sistemas de entretenimento, telefonia e gps conectáveis. Mas na era do carro autônomo não vai ter jeito. Talvez chegue o dia que sentiremos saudades do carro off.

      Excluir
  2. Ahh, meu amigo! Só tecnologia alienígena pra não ser hackeada agora...

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.