Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo BMW X1 2016: imagens e especificações oficiais

Categorias: , 26 Comentários

O novo BMW X1 2016 já tem suas imagens e especificações divulgadas oficialmente pela BMW. No que respeita à parte mecânica, a grande alteração é a substituição do sistema de tração traseira por um tração dianteira - há versões com tração integral.

Novo BMW X1 2016

Definido para ir à venda ainda este ano, o novo BMW X1 ficou mais alto em 5,3 cm em relação ao modelo anterior - o que ajudou a ampliar de forma significativa o espaço interno - há ganhos em todas as dimensões internas. O porta-malas agora comporta 505 litros - 85 a mais que o modelo anterior - sendo que, com os bancos rebatidos, chega a 1.550 litros.

Novo BMW X1 2016

O novo BMW X1 2016 conta agora com opção de faróis de full-LED, controle dinâmico de amortecimento, sistema Head-up! display e um novo conjunto de sistemas de assistência à condução.

Novo BMW X1 2016

O interior do novo BMW X1 2016 tem um desenho voltado para o motorista. Entre os itens de série disponíveis há ar-condicionado, sistema de som com conexão USB, sistema iDrive com tela de 6,5 polegadas - e que é integrado ao painel de instrumentos.

Novo BMW X1 2016

O modelo será oferecido com amplas possibilidades de personalização em suas versões Advantage, Sport Line, xLine e M Sport. Há também opções de acabamento interno em madeira e em alumínio, bem como detalhes em preto brilhante no console central.

Novo BMW X1 2016

Na parte mecânica, além da ação da tração dianteira, a segunda geração do X1 chega com uma nova geração de motores. Na Europa, terá dois a gasolina e três unidades a diesel no momento do lançamento em outubro - todas quatro cilindros. Esses motores estão associados a transmissões manuis de seis marchas ou automáticas StepTronic de 8 velocidades - ambas desenvolvidas recentemente.


Além das versões com tração dianteira, nos modelo xDrive a BMW está introduzindo um novo sistema de tração integral, mais leve, compacto e eficiente - que usa controle eletro-hidráulico com múltiplas embreagens para distribuir a tração entre os eixos dianteiros e traseiros dependendo da necessidade.


No caso das versões BMW X1 sDrive20i e BMW X1 sDrive18d, entretanto, a tração é dianteira e foi desenvolvida para entregar o mesmo nível de dinâmica de condução típica da marca - algo que já foi adotado no BMW Série 2 Active Tourer.

Novo BMW X1 2016

Sob o capô, haverá uma variedade de motores a gasolina e diesel, incluindo:
  • 2.0-litro diesel de quatro cilindros com 150 cv (110 kW) e 330 Nm (243 lb-ft) de torque
  • 2.0-litro diesel de quatro cilindros com 190 cv (139 kW) e 400 Nm (295 lb-ft) de torque
  • 2.0-litro diesel de quatro cilindros com 231 cv (170 kW) e 450 Nm (331 lb-ft) de torque
  • 2.0-litros a gasolina de quatro cilindros com 192 cv (141 kW) e 280 Nm (207 lb-ft) de torque
Haverá também um xDrive 25i X1 com 231 cavalos e 350 Nm de torque. Ele irá acelerar de 0-100 km/h em 6,5 segundos antes de bater uma velocidade máxima limitada de 235 km/h.

Novo BMW X1 2016

Pouco tempo após o lançamento, a BMW vai apresentar duas variantes sdrive de nível de entrada que têm um motor turbo de 1.5 litros três cilindros.

Vídeo - Novo BMW X1 2016

Postagens relacionadas:

26 comentários:

  1. Sou fã do X1, pra mim é o SUV de tamanho perfeito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que coisa espetacular ! BMW é imbatível ! A marca preferida dos mecânicos !

      Excluir
    2. Agora está em pé de igualdade para concorrer com Q3 e GLA, embora eu ache esses 2 mais ao estilo Crossover, especialmente a GLA. Mas ficou muito bom...

      Excluir
    3. E esse Câmbio é ZF? É tão diferente... Também não sei o Câmbio do Modelo anterior era ZF...

      Excluir
    4. E esse Câmbio é ZF? É tão diferente... Também não sei o Câmbio do Modelo anterior era ZF...

      Excluir
    5. Sim, é ZF8. Só a alavanca do cambio que mudou, o Joystick era mais legal kk

      Excluir
    6. Pelo que li o tal câmbio steptronic é um aisin, deixou de ser o ótimo ZF.

      Excluir
    7. Do jeito que vocês falam, até parece que a Aisin é uma merda e/ou só equipa modelos japoneses. Tem muito Audi, Volvo, Porsche e MINI com componentes da marca por aí.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Que pena... mas tem suas vantagens inegáveis.

      Excluir
    2. Não é não, é tração traseira.

      Excluir
    3. É tração dianteira:

      www.carlist.my/news/all-new-bmw-x1-revealed-another-fwd-model-bavaria/14186

      Excluir
  3. Pena a tração ser dianteira, mas finalmente o x1 ganho um bom visual, perdeu o aspecto de perua com teto alto demais, agora realmente tem um visual suv.

    ResponderExcluir
  4. Se mantiver os preços atuais, vai vender muito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho improvável, venderam a versão atual praticamente com desconto de 20mil, vão querer recuperar esse dinheiro, apesar de que esse carro seria o Série 1 só que Suv, mas acho que o preço será na casa do Série 3, o que seria um posicionamento de preço um tanto incorreto para esse carro.

      Excluir
  5. Toyota e BMW fabricam carros juntos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não, eles vão compartilhar tecnologia na criação do novo Toyota Supra e BMW Z4 e só.

      Excluir
  6. Relato de um proprietário: "Amortecedores com e sensores de baixa qualidade , motor fraco , custo de manutenção muito alto ex: revisão de 34.000 mil km R$ 1.800.00 reais , revisão de 36.000 km R$17.500.00 , nao e erro de digitação e DEZESSETE MIL E QUINHENOS REAIS ."
    Mesmo que ele tenha errado na quilometragem, procede alguma revisão por 17.500?

    Tem muitas no mercado de usado com poucos km rodados.

    ResponderExcluir
  7. Outro relato: "Porém, na revisão atual, aos 36.000 Km rodados tive um susto com o valor total de R$ 22.768,82 apresentado pela concessionária BMW Euroville em Belo Horizonte-MG (ver orçamento oficial em anexo)."
    Se por alguns momentos tive a ideia da possibilidade de comprar um X1 usado, ela já desapareceu como se nunca estivesse existido.

    ResponderExcluir
  8. A BMW do Brasil está com péssimo pós-venda e os pneus run flat são alternativa burra para as esburacadas ruas brasileiras, basta conferir no reclame aqui, clientes que rodaram com o pneu run flat uma vez e se despedaçou e tiveram de desembolsar 3.000 reais em um pneu! Aí não adianta o carro ser bom...

    ResponderExcluir
  9. O problema também da BMW é esse incompreensível programa que "come" a quilometragem antecipando brutalmente as revisões. É inacreditável! É só a BMW brasileira que faz isso. Mas como estamos no "brasil" né....

    ResponderExcluir
  10. Concordo! A Revisão dos 40.000 foi um susto 8.500,00 alta demais para apenas trocar filtros de ar e de óleo. Outro fator que me decepcionou foram os pneus, como nao tem estepe, quando fura tem que parar no local e chamar o guincho, o que eleva muito o valor do seguro deste veiculo. Da ultima vez que furou um pneus rodei 800 metros ate chegar numa borracharia e quando abriu, o pneu estava destruido totalmente.... e rodar com os Run Flat nessas estradas não adianta nada, alem do alto custo de cada um. Enfim....... Vou pensar muito antes de comprar outro X1

    ResponderExcluir
  11. Visa, tenho a minha ano 2014 com 8mil km, rodo pouco, e lendo os relatos das revisões acima de 30mil km fiquei assustado... Isso sem contar Ipva, seguro e etc... Acho que vou vender a minha a comprar um jipao Willis he he he

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.