Car.blog.br

Pesquisar este blog

Volkswagen up!: 100 mil unidades produzidas no Brasil

Categorias: , , 15 Comentários

O Volkswagen up! lançado no Brasil em fevereiro de 2014, atingiu no dia 27/04 o marco de 100 mil veículos produzidos na fábrica de Taubaté (SP). A marca está representada pelo red up!, com motor 1.0l de três cilindros total flex, da família EA211, na cor vermelha. O evento de celebração contou com a presença do presidente da Volkswagen do Brasil, David Powels, do diretor da fábrica de Taubaté, Marcos Aparecido Ruza, executivos e colaboradores da unidade.

Volkswagen up!: 100 mil unidades produzidas no Brasil

Mesmo tendo sido lançado em fevereiro, o up! – por causa da curva natural de aceleração de sua produção - teve seu primeiro mês completo de vendas somente a partir de abril. Desde seu lançamento, o modelo já acumula vendas de cerca de 80 mil unidades no Brasil.

VW up!

O up! é oferecido na linha 2016 nas versões take up!, move up!, high up!, black up!, red up!, white up! e cross up!, com duas opções de carroceria (duas e quatro portas) e recursos de tecnologia, incluindo a transmissão I-Motion (SQ100) – o up! é o modelo com câmbio automatizado mais em conta do País. É também o veículo equipado (ar-condicionado e direção assistida) mais econômico a oferecer esse recurso, de acordo com o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do INMETRO.


O up! traz em todas as suas versões o motor 1.0l de 3 cilindros total flex, da família EA211, produzido na fábrica de motores da Volkswagen em São Carlos. Sua potência máxima é de 75 cv (55 kW) a 6.250 rpm, quando abastecido com gasolina, e de 82 cv (60 kW) à mesma rotação, com etanol. Moderno e econômico, o motor EA211 1.0l R3 foi eleito o “Motor do Ano 2014”, por um júri formado por jornalistas especializados e engenheiros. A premiação, uma das mais importantes da indústria automobilística brasileira, é organizada pela revista Autoesporte, da Editora Globo.


O up! é o carro equipado com direção assistida e ar-condicionado mais econômico do País – o modelo com câmbio manual de cinco marchas obteve classificação “A” (verde) no PBE 2015 e atingiu o consumo energético (média E22/E100) de apenas 1,54 MJ/km (versões take, move, high, black, red e white), conforme norma NBR 7024.


O modelo é o primeiro automóvel no segmento de compactos no País a obter cinco estrelas no Latin NCAP, organização que avalia a segurança dos veículos – o melhor resultado da categoria. O excelente resultado foi confirmado em novo teste realizado pelo Latin NCAP e divulgado em março de 2015. O modelo manteve as cinco estrelas na proteção para adultos e quatro estrelas para crianças.

No índice biomecânico para proteção de crianças, o up! obteve o melhor resultado da história do Latin NCAP, em razão da eficiência do sistema de retenção e do sistema de ISOFIX e top-tether, para fixação de dispositivos de retenção infantis (cadeirinhas). O compacto Volkswagen é equipado de série, em todas as suas versões, com sistemas ISOFIX® e top-tether, e traz indicador visual e sonoro de desafivelamento dos cintos de segurança dianteiros.


Além disso, o cross up! atingiu o melhor desempenho na história da pesquisa CAR Group, em avaliação realizada em fevereiro desde ano pelo CESVI Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária), entidade de pesquisas independente mantida por seguradoras de veículos e pela indústria automotiva nacional. O modelo registrou a classificação 10, a melhor possível em uma escala de 10 a 60, no custo e no tempo de reparo do veículo. O cross up! teve um resultado ainda melhor que o do up!, até então o modelo com menor custo de reparabilidade do mercado, com classificação 11.

Exportação


Comercializado nas mesmas versões oferecidas no Brasil: take up!, move up!, high up!, black up!, white up! e cross up!, o modelo já é exportado para a Argentina nas versões 2 e 4 portas.
O up! segue para o país vizinho com algumas diferenças técnicas para atender à legislação argentina, como a calibração do motor, que na Argentina é movido somente a gasolina, diferente do Brasil onde o modelo é equipado com o motor Total Flex, nas versões duas e quatro portas.

Postagens relacionadas:

15 comentários:

  1. Parabéns a Volkswagen do Brasil por esse grande sucesso de público e crítica que é o Volkswagen up!.
    Atingir 100.000 unidades produzidas em 1 ano de mercado não é pouca coisa, e indica que o investimento foi corretíssimo.
    O Up! veio para substituir o Gol G4. Mas o up! é 140 Kg mais leve que o Gol G4, logo leva menos material (aço principalmente), e, portanto, é mais barato de ser produzido.
    Mas o up! é vendido em média R$ 5.000 reais mais caro que o Gol G4.
    Ou seja, o up! vende mais que o Gol G4, é mais barato de ser produzido que ele, e ainda é vendido mais caro.
    O up! é sem dúvida alguma um dos maiores sucessos da indústria automotiva brasileira, e mostra como a VW, investindo em produtos inovadores, consegue manter uma dianteira tecnológica muito à frente das demais no Brasil.
    Parabéns à VW e ao up!. Sucesso merecido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo seu raciocínio inteligentíssimo um carro com carroceria de carbono custa uma "pechincha".

      Excluir
    2. "Pelo seu raciocínio inteligentíssimo um carro com carroceria de carbono custa uma "pechincha".

      Desenhando: o Gol G4 é feito de aço e plástico. O up! é feito de aço de plástico. O up! é 140 Kg mais leve. Portanto leva menos aço e plástico. Portanto, é mais barato de ser produzido.

      É claro que um carro feito de outro material, com fibra de carbono, não se aplica tal critério, pois o preço do material é diferente. Mas para carros feitos com o mesmo material e de mesmo custo, sim, o preço é um proxy do custo.

      PS: pesquise o que o termo "proxy" significa em economia, antes de tentar entender o que eu disse. Garanto que se seguir meus ensinamentos, não vai falar besteira!

      Excluir
    3. kkkk. Comédia. Seguir seus ensinamentos não tem preço. A tecnologia empregada no UP é a mesma que a do G4? Você pega uma variável insolada e faz um relatório fantasioso. Vira escritor de história infantil, criatividade não falta.

      Excluir
  2. Carlos, o fato de ser mais leve que o Gol G4 (não cheguei a fazer essa conta, estou considerando seu cálculo) não significa necessariamente ter produção mais barata. Aços especiais de alta resistência e conformação a quente acrescentam valor na manufatura (sabemos que fazem parte da fabricação do Up). Existe também a amortização do ferramental, que imagino já foi concluída a muito no caso do Gol G4. Trata-se de um custo a ser considerado. Quanto ao resultado, parabéns a VW. Sem dúvida é um carro de qualidade superior à média dos 1.0 do mercado.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns a VW pelo ótimo carro que é o UP, mais suas vendas poderiam ser melhores do que estão infelizmente!!!!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns merecidissimo, excelente veículo!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns VW,só baixa mais o preço q VC ira comemorar mais ainda ,ou talvez não ..afinal preço baixo menos lucro ..então eu não sei rsrs

    ResponderExcluir
  6. Ontem (27) deixei meu highup, com pouco mais de 7.000 km rodados para a 1a revisão.
    Fui de manhã e na, hora do almoço, fui retirá-lo!
    A revisão, em si, foi à contento, e paguei o valor tabelado, R$ 236,00! Atendimento excelente e veio os filtros trocados e as latas de óleo substituídas, embaladas e lacradas!
    Enquanto esperava para retirar o carro, dei uma voltinha no showroom e me assustei com os preços dos carros exibidos! Vai alguns exemplos:
    - Touraged que, segundo o vendedor, era o topo de linha: R$ 255.000,00;
    - Golf GTI: R$ 150.900,00(??!!);
    - Golf Confortline: R$ 89.450,00;
    - Fox Confortline: R$ 51.900,00;.
    - Amarok: R$ 116.500,00;
    - CrossFox: R$ 63.950,00(manual);
    - Move up: R$ 42.000,00(??!!), naquela "linda" cor amarelo ovo cheguei!

    Segundo uma funcionária, foram demitidos 7 funcionários, devido ás baixas vendas, só nessa unidade (Recreio, av das Américas) e vários outros em outras concessionárias do grupo, que engloba bandeiras da WV, Ford, Renault e GM.
    Ou seja, tirando a euforia com o HR-V, já sabemos de onde vem essa crise!

    ResponderExcluir
  7. Retirei meu Move completo nesta semana com algumas regalias conseguidas na negociação: tapetes, insulfilme e som da marca Tech, original VW. O carro realmente é muito bom. Melhor 1.0 do mercado sem pestanejar.

    Agradeço ao Fabio e aos colegas pelas colocações e comentários que me fizeram pensar nesta compra.

    ResponderExcluir
  8. é um carro fantático, não vejo a hora do GT ser lançado.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns!!.... aff poderiam estar vendendo uns 500 mil se não fosse o preço fora da realidade brasileira...... essa versão 1.0 não me agrada, vou esperar para ver se vem mesmo a GT com 1.0 turbo, aí sim começa a ficar interessante! (e tomara que o desenho externo do carro seja o mesmo que foi mostrado no salão do automóvel, porque o desenho atual é horrível, e poderiam alterar o design interno do GT também...)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O design do up! é perfeito. Limpo, sóbrio e elegante, e tanto é assim que é o design de carro sub-compacto mais premiado no exterior.
      Logo, quem não gosta do design do up! é porque não tem cultura suficiente para entender um visual limpo e elegante. Normalmente pessoas mais limitadas e com pouca escolaridade gostam de coisas mais rebuscadas.
      Quanto ao preço, o Up! tem o mesmo preço sugerido do Novo Uno, com os itens similares. Só que o up! 1.0 tem desempenho de Uno 1.4. A transmissão I-Motion do up! está séculos à frente da Dualogic do Uno.
      O up! é muito mais espaçoso internamente que o Uno, tem mais porta-malas, painel mais bonito.
      Como se não bastasse, o up! é 5 estrelas / 4 estrelas no latin ncap, enquanto o Uno foi reprovado.
      E mais: o up! concorre com o novo uno, e não com o uno vivace. E o Up! vende mais que o Novo Uno, e só não vende mais que os dois Unos somados, pois a VW não quer vende ro up! para frotistas por enquanto.
      E 100.000 veiculos em 12 meses dá quase 9.000 /mês -> sucesso absoluto.
      E nunca é demais lembrar: Gol G4 + Gol G5 = era líder de vendas no Brasil. Hoje, Gol G5 + up! (substituto do Gol G4) = líder, com mais de 30% de vantagem sobre o segundo.
      Isso são fatos. O resto são palavras ao vento de quem não sabe o que fala.

      Excluir
  10. Só esses UP! mesmo que vende pq os demais tão na vitrine a preço de ouro. As concessionárias demitindo pq o ouro de tolo não tão convencendo... Novo Jetta com cara de Voyage etc. Enquanto isso a Hyundai com sua linha HB20(X,S) com altas vendas nessa crise e uma aceitação que nunca vi, pra onde se olha tem um HB20 na rua. Parabéns pra Hyundai.
    E falando em HB20S, viu VW, quem mandou parar de fabricar o PolO Sedan ? Agora amarga o HB20S comendo bo-ni-to seu posto!!!

    ResponderExcluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.