Car.blog.br

Pesquisar este blog

Novo VW Jetta 2015: itens de série, opcionais e motores

Categorias: , , , , 48 Comentários

A Volkswagen do Brasil apresenta o Jetta 2015, ainda importado do México (o modelo fabricado no Brasil chega ainda este ano)  - carro que chega às concessionárias em abril em três versões de acabamento: Trendline, Comfortline e Highline, com preços estimados de R$ 75 mil reais para o modelo de acesso.

Novo VW Jetta 2015 - Comfortline - traseira
Novo VW Jetta 2015 - Comfortline - traseira
O Jetta 2015 já conta com a reformulação estética na dianteira, traseira e interior aplicada ao modelo vendido nos EUA: nova grade dianteira de três elementos, novo para-choque, novos faróis de neblina e lanternas traseiras com novo formato. O modelo topo de linha, Highline, conta com faróis bi-xênon direcionais sistema de iluminação diurna em LED.

novo VW Jetta Highline 2015
Novo VW Jetta 2015 - Highline - interior
O interior também sofreu alterações, com a adoção do mesmo volante usado no Golf e aplicações em black piano no painel. O cluster de instrumentos é novo e no modelo topo de linha há uma nova central multimídia com tela em cores de 6,5 polegadas com sistema de navegação integrado.

Vídeo - Jetta 2015 - detalhes





Versões - itens de série e motores

VW Jetta 2015 Trendline: quatro airbags, ar-condicionado manual (Climatic), sistema de som, direção com assistência hidráulica, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, rodas de liga leve de 16 polegadas montadas em pneus, controle de tração, bancos revestidos em tecido, alarme com controle remoto Keyless.

VW Jetta 2015 Trendline
VW Jetta 2015 Trendline
Complementam a lista de itens de sério do Novo Jetta Trendline o apoia braço com tomada de 12V adicional e saída de ar-condicionado para o banco traseiro, porta-luvas refrigerado, sistema de som RCD320G (CD Player, entrada USB e conexão Bluetooth), iluminação da placa de licença em LED, volante com ajustes de altura e distância, freios ABS com EBD (distribuição das forças de frenagem), controle de tração (ASR) e quatro airbags: dois frontais e dois laterais.

VW Jetta 2015 Trendline - interior
VW Jetta 2015 Trendline - interior
Esta versão é equipada com o motor 2.0 8V Flex com 116 (G)/120(A)cv a 5.000 rpm e 17,7 (G)/18,4 (E) kgfm a 4.000 rpm, associado a uma transmissão automática Tiptronic de seis marchas.

Novo VW Jetta 2015 - Trendline
VW Jetta 2015 Trendline
Com o motor 2.0 8V o Jetta 2015 Automático, que pesa 1.305 kg, acelera de 0 a 100 Km/h em 10,6 segundos e atinge a velocidade máxima de 200 km/h - dados do fabricante com etanol.

Novo VW Jetta 2015 - Trendline - interior
Novo VW Jetta 2015 - Trendline - interior
Na linha 2015 o Jetta 2015 não oferece mais versões com transmissão manual.

VW Jetta 2015 Comfortline: traz todos os itens do Trendline e acrescenta volante multifuncional revestido em couro com seletores de trocas de marchas manuais, bancos em couro ecológico native, piloto automático, rodas de aro 16 estilo "Atlanta" sistema de som com tela de sensível ao toque de 6,5 polegadas e seis alto-falantes. Opcionalmente o modelo pode contar com teto solar elétrico. Além disso, o Pacote Exclusive acrescenta ar condicionado Climatronic com duas zonas de climatização, sistema de acesso Keyless, sensores de chuva e crepuscular, faróis com função Coming and Leaving, rodas de 17 polegadas e sistema de navegação.

Novo VW Jetta 2015 - Comfortline
Novo VW Jetta 2015 - Comfortline
O motor é o mesmo 2.0 8V do Trendline.

VW Jetta 2015 Highline: traz todos os itens do Comfortline e acrescenta rodas de 17 polegadas com desenho exclusivo, retrovisor eletrocrômico, seis airbags, bloqueio do diferencial - EDC, controle de estabilidade - ESP, direção com assistência elétrica, sistema de frenagem de emergência (BAS), assistente de partida em rampa (HHC), sistema de som com oito alto-falantes. Opcionalmente recebe teto solar elétrico.


O pacote Exclusive acrescenta bancos dianteiros aquecidos, revestimento em couro (preto ou bege) e sensores de chuva e crepuscular.

Novo VW Jetta 2015 Highline
Novo VW Jetta 2015 Highline
Há ainda o pacote Premium que inclui sistema Keyless para entrada sem chave, sistema de navegação, faróis bi-xênon direcionais com LEDs diurnos e banco do motorista com ajuste elétricos.

Novo VW Jetta 2015
Novo VW Jetta 2015 Highline - interior
Nesta versão o motor é o quatro cilindros 2.0 TSI de 211 cv @ 5.500 rpm e 28,5 kgfm a 2.000 rpm, associado com a transmissão automática DSG de dupla embreagem de seis velocidades.

VW Jetta 2015 Highline - interior
VW Jetta 2015 Highline - interior
Com tal propulsor 2.0 16V turbo, o Jetta Highline com a transmissão automática DSG de dupla embreagem, que pesa 1.376 kg, acelera de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos para atingir uma velocidade máxima de 241 km/h.

VW Jetta TSI Highline 2015 - painel

O consumo desta configuração, segundo o INMETRO, é de 8.9 Km/l em cidade e de 12,1 Km/l em estrada.

Novo VW Jetta 2015

Em termos dimensionais, todos as configurações do Jetta medem 4,7 metros de comprimento, 1,8 metros de largura, 1,5 metros de altura e oferecem uma distância entre-eixos de 2,6 metros.

VW Jetta TSI Highline 2015 - interior

O porta-malas é de 510 litros.

Segurança

O Jetta 2015 foi reconhecido com cinco estrelas pelo Latin NCAP - organização de defesa do consumidor da América Latina. Todo o pacote de segurança do Jetta foi submetido aos avaliadores do Latin NCAP para testes extensivos.

VW Jetta TSI Highline 2015 - interior

A sexta geração do sedã obteve os melhores resultados na proteção aos ocupantes adultos, considerando ensaios de impactos frontal e lateral. As crianças também estarão seguras no Jetta: testes com bonecos (dummies), que simulam crianças com idades entre 18 meses e três anos, confirmam a excelente proteção oferecida pelo modelo Jetta.



Além disso, o sedã também foi nomeado como “Top Safety Pick” pela organização americana IIHS (Insurance Institute for Highway Safety). O objetivo dessas organizações independentes internacionais é verificar a segurança dos veículos em caso de acidente, a proteção aos ocupantes e, em alguns casos, a proteção aos pedestres.

Produção nacional

A Volkswagen do Brasil anunciou em 2014 a produção nacional do Novo Jetta, na fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP).

VW Jetta TSI Highline 2015

A produção nacional do modelo vai complementar a importação atual do México, atendendo à alta demanda do modelo no Brasil.

VW Jetta 2015 Highline
VW Jetta 2015 Highline
O montante investido para as adequações na linha faz parte dos R$ 10 bilhões que a empresa vai investir no País até 2018.

Conclusão



O Jetta 2015 recebe aperfeiçoamentos estéticos e de conteúdo, mantendo a mecânica do modelo 2014 inalterada, com o motor 2.0 Flex nas versões de entrada e intermediária, e o turbo 2.0 TSI na configuração topo.

VW Jetta TSI Highline 2015 - interior

Em momento futuro, porém, haverá a opção também do motor 1.4 TSI Flex, e 150 cavalos, que será usado no Golf e no Audi A3 nacionalizados.

Postagens relacionadas:

48 comentários:

  1. é o golf trendline vem quando será???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que é a primeira vez (que eu lembre) que a versão de entrada vem com controle de tração e apenas a topo venha com controle de estabilidade. Geralmente as duas coisas vem juntas....
      VW sempre inovando!!!! Com esse preço, vai ser um grande MICO!!!

      Excluir
  2. Engraçado ver um carro desse nível, mesmo sendo num modelo de entrada (trendline), um volante que não é multifuncional. Ademais, alguém saberia dizer se existe alguma dificuldade em oferecer o motor 1.4 turbo no lugar deste 2.0 aspirado, mesmo que fosse como opcional? Por exemplo, se alguém for a uma css Fiat, não vai encontrar lá o Punto T-Jet, já que ele é fabricado por encomenda. Será que a VW não poderia adotar um procedimento parecido, digo, dar a possibilidade de alguém encomendar um jetta 1.4 tsi?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na VW tudo é opcional, controle de estabilidade, sistema de multimídia, volante multifuncional. Enquanto isso os carros populares já estão vindo de série, por exemplo, Renault Logan com central multimídia, Ford Ka Sel com controle de estabilidade, HB20 com volante multifuncional.

      Excluir
    2. Eu não conseguiria justificar a presença de um 2.0 aspirado e não o 1.4T do Golf, pois nos EUA ele usa também o 2.0, mas lembrando que lá ele tem uma segunda versão com um motor 1.8T de 170 HP, sendo este que equipa os modelos da Audi. Claro que os Audi possuem programação da central diferenciada.

      Excluir
  3. Só ficou mais caro e tem um painel mais simples que o do Golf IV.

    ResponderExcluir
  4. Ridículo as versões de entrada do Jetta ter esse motor de Santana da década de 80!

    ResponderExcluir
  5. kkkkkkkkkkkkk 75 mil reais no Santana 2015/16!! Alô, Carlos, peça um aumento na VW, vai ficar difícil defender o Jetta com esse motor. Se bem que você pode chamar o motor de clássico kkkkkk..

    ResponderExcluir
  6. Corolla e Civic ainda vão continuar vendendo mais.

    ResponderExcluir
  7. 75 mil com motor de Santana.. o "Novo" Jetta é muito velho.. Até o Linea, que o camarada aqui odeia, vem mais coisa e com motor melhor que o Jetta...

    ResponderExcluir
  8. O Jetta "santanão" vende muito mais que o Focus Sedan, por exemplo.

    ResponderExcluir
  9. Mesmo AP 2000 com potência e torque inferiores a modelos 1.6...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mesmo AP 2000 com potência e torque inferiores a modelos 1.6...

      MENTIRA.

      Não há nenhum motor 1.6 aspirado com torque maior que os 18,4 Kgfm do AP 2.0 do Jetta. Repito: NENHUM.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. O motor AP, de origem Audi, veio para o Brasil para equipar o Passat, em 1974. Era um motor de 1500 cc. Evoluiu ao longo dos anos e equipou todos os VW nacionais (menos 1.0 e Golf) refrigerados à água, até o encerramento da produção do Santana. Suas evoluções foram chamadas de AP 1600, AP 1800 e AP 2000.
      Já o motor do Jetta é outro, também de origem Audi, que veio para o Brasil para equipar o A3 e o Golf no final da década de 90. Apesar da mesma cilindrada, são motores diferentes, não havendo que ser confundido o AP 2000 do Santana.
      To errado Carlos4?

      Excluir
    4. Não acho um motor ruim, diria que faz até milagre, pelo fato de não possuir nenhum recurso tecnológico. Dirigi um Jetta equipado com este propulsor e até gostei, não sendo muito diferente do cruze aqui de casa, possui bom torque em baixas rotações, consumo ok, mas claro que em pleno século 21, já não deveria equipar nenhum carro. Opinião pessoal.
      Aposto que muitos criticam se nem ao menos ter conduzido um.

      Excluir
    5. Dinamômetro da Fullpower diz que esse motorzinho não é melhor nem que o 1.6 EA.

      Para o rapaz que sonha acordado aí, esse aí é o AP 2000 que chegou por aqui 1.6, não 1.5 [esse se bem me lembro é o MD, outra família de motores].

      Inclusive nos EUA esse motor é chamado de "2.slow".

      Excluir
  10. Esse motor não é o AP 2000. Não tem nada a ver com o AP 2000.
    Concordo que o carro merecia um motor mais moderno e potente. O 1.4T cairia muito bem. Mas não posso ficar quieto diante de informações falsas. Por favor, vamos ser sérios nos comentários!

    ResponderExcluir
  11. Linda a cor azul do jetta 2015, pena o 2.0 8v absoleto e o excelente TSI muito caro.

    ResponderExcluir
  12. Será que o 1.6 16v msi da vw não era melhor opção ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tinha lido na 4Rodas, numa dessas últimas edições, que o Jetta viria equipado com o 1.6 MSI na versão de entrada, 1.4T na intermediária e 2.0T na top. Pena que isso não se concretizou.

      Excluir
    2. Espero que a VW não cometa esse erro de colocar o 1.6 16V no Jetta. Esse motor 1.6 16V possui torque inferior ao 2.0 8V o que deixaria o Jetta ainda mais lento.

      Excluir
  13. Nao posso dizer que esse carro é feio porem se coloca-lo ao lado do skoda . . . aí não posso responder por mim!

    ResponderExcluir
  14. Nao posso dizer que esse carro é feio porem se coloca-lo ao lado do skoda . . . aí não posso responder por mim!

    ResponderExcluir
  15. Ou seja continua a mesma coisa. A Versão boa é a Highline 2.0 Tsi e o resto (bem resto mesmo) é com o 2.0 8V que toma pau até de Cerato 1.6. A VW perdeu a chance de ganhar vendas, enquanto isso vai continuar vendendo menos que Sentra.

    ResponderExcluir
  16. Para os que comprarem com a motorização antiga, vai aqui o meu parabéns antecipado.

    ResponderExcluir
  17. tirando o tsi o resto é the not very good

    ResponderExcluir
  18. Eu gosto do Jetta,acho ele lindo demais,mas esse motor é ridículo para os dias de hoje,qualquer concorrente dele com a mesma cilindrada tem pelo menos 140 cv,o Ap pode até dar conta do recado,mas é necessário mais potencia(pra ficar igual aos rivais)e mais economia também,se a Volks gastasse um pouco mais e botasse 1.4,esse carro viria pra vender igual Corolla e Civic

    ResponderExcluir
  19. O Jetta Comfortline com o 1.4 TSI flex de 150 cavalos, o câmbio DSG de 7 marchas, 7 airbags, esp, ASR, Hill Holder, central multimídia do Golf, volante do Golf, Start-Stop, retrovisor eletrocromico e sensores na frente e atrás (ou seja, sendo uma versão sedan do Golf Comfortline, pela mesma faixa de preco deste) custando 82mil (Preço do Comfortline DSG Elegance) iria vender muito. Acredito que tomaria a segunda posição do mercado (porque a liderança do Corolla é difícil de tomar).

    ResponderExcluir
  20. O Corolla é um carro emblemático. Ele tem uma "aura" no segmento dos sedans medios, algo como a do Golf no dos hatches medios. É mais caro que a concorrência, mas todos sabem que é melhor que ela. Até os Haters de Corolla e Golf, que não tem os dois na garagem e sim um concorrente, sente uma certa "inveja" dos mesmos.
    Por isso acho muito difícil alguém tirar a liderança do Corolla.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, nada é atoa . . . outro detalhe do corolla são as revisões que são mais baratas do que um celta!!

      Excluir
  21. Tantas previsões para o 1.4 TSi e nada... VW mandando bola fora de novo, só o TSi se salva.

    ResponderExcluir
  22. motor 2.0 beberrão que deu incriveis 107cv no dino da fullpower ... tao disputando com a vw quem tem motor mais jurassico

    ResponderExcluir
  23. Por mais que falem das linhas do Jetta, eu gosto desse carro, porém esse motor + preço cobrado desanimam.

    ResponderExcluir
  24. Novo no que além do preço? Fala sério.
    Eu copio e colo parte da matéria da uol carros pros baba ovo da vw.
    Esse papo de todos são caros, então tá. Mas esse povo compra. Quero ver se a gente fizesse uma greve de compra se eles não baixavam suas margens de lucros. A Vw tem que vender 4 jettas nos states para ganhar o mesmo que vendendo um aqui.
    UOL CARROS:
    "além de não ser o Jetta brasileiro, que vai demorar pelo menos mais quatro meses para chegar, as versões de entrada do novo Jetta continuam sendo equipadas com o defasado motor 2.0 TotalFlex, de 8 válvulas, 116 cv/120 cv e 17,7 kgfm/18,4 kgfm (gasolina/etanol) -- uma derivação do antigo AP, que equipava o Santana (descontinuado em 2006), com alguns aprimoramentos técnicos no cabeçote para melhorar o fluxo de gases e os dados de desempenho.

    Isso prova que a Volks se mantém na década passada se comparada a rivais, que apostam, já há algum tempo, em motores mais tecnológicos e eficientes, casos do novo Cruze (1.8 de 144 cv com etanol), Focus Sedan (2.0 com injeção direta de 178 cv com etanol), Corolla (2.0 de 154 cv) e Civic (2.0 de 155 cv). Há até opção turboflex, com motor de menor capacidade e maior eficiência, caso do Citroën C4 Lounge THP (1.6 de 173 cv com etanol)."

    ResponderExcluir
  25. Enquanto continuar com esse motor AP vai ser a opção The Very Worst.

    ResponderExcluir
  26. Esse motor 2,0 8V deve ser preparado pela divisão M da BMW.

    ResponderExcluir
  27. Falando em 1.4T foi 1s mais lento que o civic SI em interlagos
    https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=NVPyHHB2mMk

    ResponderExcluir
  28. Jetta é Jetta, , não precisa dizer mais nada....!!!!!!!

    ResponderExcluir
  29. Esse preço estimado de 75k é da versão trendline ou da comfortline? Ouvi de um vendedor que a versão trendline teria um preço abaixo de 65k. Isso confere?

    ResponderExcluir
  30. Pagar 75 mil num Jetta aspirado com motor defasado, que apanha de sedan compacto?!!!To fora passo, o Jetta no meu ver é um belo carro, tem um design muito sóbrio que eu gosto bastante, mas querer vender esse carro por esse preço, sendo que você junto mais alguns trocados e sai com um Civic LXR pelo mesmo preço, a Volks só pode estar louca!!!Tomara que o Jetta receba o belo motor 1.4 tsi do Golf o mais rápido possível, pra ai sim ser uma bela opção de compra, no mais por enquanto, esta longe disso!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem já guiou o Jetta 2.0 tanto na cidade quanto em estradas descorda totalmente deste argumento de que o motor é defasado e que apanha de sedan compacto....Trata-se de um belo carro tanto no conforto , quanto em segurança e que pelo meu conhecimento nunca deixou seus usuários na mão quando foi necessário alguma manobra que exija pisar no acelerador. A alavanca do cambio automático dispõe da opção "S" (sport).Dirija ele nesse modo e veja...!!!!!

      Excluir
    2. Caro Claudio 07!!

      Infelizmente esse fato do Jetta andar menos que alguns sedans compactos voce pode discordar mais são fatos, o Jetta anda menos por exemplo que o HB20s , pois o mesmo tem um motor mais moderno e mais forte). Sobre o Jetta ter um motor defasado, lei essa avaliação feita pelo Auto Esporte do Jetta 2015 e tire suas conclusões " http://revistaautoesporte.globo.com/Analises/noticia/2015/02/avaliacao-volkswagen-jetta-comfortline-2015.html". Quero deixar claro que em nenhum momento falei que o Jetta é um veiculo ruim, ou coisas do tipo, muito pelo contrario é um belo medio tem um design que particulamente pra mim é belo, sobrio sem frescuras, fora sua segurança da carroceria que apesar de ser antiga tirou uma bela nota no teste de colisão, resumindo um belo carro que infelizmente ainda tem um motor defasado e ultrapassado sim, mas isso a de mudar quando a Volks incorporar o 1.4 TSI do Golf nele, enquanto isso a unica opção no meu ver valida do Jetta é a TSI, esse sim um verdadeiro monstro do asfalto , alem das outras qualidades que o Jetta tem e estão presentes nele!!Abs

      Excluir
    3. Eu dou belas risadas quando as pessoas postam impressões a respeito de carros, oriundas de reviews de revistas e sites, sem NUNCA ter dirigido e testado o carro. e fazem comparações, é hilário. Deve ser o tal de ''desejo oculto'' porém como o sonho de ter um Jetta, mesmo Trend é impossível, criam subterfúgios para justificar a frustração. Jetta é Jetta, quem tem sabe !

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.