Car.blog.br

Pesquisar este blog

Gasolina com 27% de etanol deve ser autorizada este mês

Categorias: , 12 Comentários

A autorização da presidente Dilma para o aumento do percentual de etanol na gasolina, que estava planejado para entrar em vigor no dia 16/02, sofreu um atraso, mas deverá ser implementado ainda neste mês de fevereiro.


A Medida Provisória que autoriza a elevação da quantidade de álcool na gasolina já está na mesa da presidente, que deve assiná-la ainda este mês, após análise de detalhes finais.

A elevação já está acordada com a ANFAVEA - Associação dos Fabricantes de Veículos Automotores - e com a UNICA - União da Indústria de Cana de Açúcar. Pelo compromisso entre as entidades e o governo, apenas a gasolina comum ficará com 27% de etanol, sendo que a gasolina premium (Podium da Petrobras) permanece com 25%.

A UNICA inclusive já informou que aguarda a decisão final para os próximos dias.

Testes da Petrobras e ANFAVEA

A Petrobrás já fez um estudo recente e concluiu que a mudança para 27% não prejudica os motores e não compromete a performance dos carros.

A ANFAVEA, por sua vez,  está fazendo um outro estudo focado em durabilidade, com previsão de conclusão para o fim de março, mas a presidente não vai aguardar o estudo da ANFAVEA para publicar a decisão de aumento do percentual do etanol na gasolina para 27%.

Carros não Flex devem usar gasolina premium


Segundo a ANFAVEA, enquanto os testes de durabilidade não estiverem concluídos, os carros não flex devem usar gasolina Premium.

Modelos da Volkswagen estão preparados para a nova gasolina


A Volkswagen do Brasil já se pronunciou sobre a questão (veja aqui) e informou que os motores flex e monocombustíveis de seus modelos nacionais e importados a venda no Brasil não sofrem danos com o uso da gasolina com 27% de etanol.

Fonte: Folha de São Paulo

Postagens relacionadas:

12 comentários:

  1. Essa historia que a Vw "diz" que os motores deles estao preparados é historia para boi dormir...
    Vcs acham que ela falaria mesmo que isso prejudicaria o motor me poupem!!!

    Isso esta na cara que vai sobrar para os consumidores (nao apenas os motores turbo mas todos os nao flex) que irao pagar a conta.
    Bom como o "carlos4patas" diz que proprietario de Golf e Jetta " sao pessoas ricas"e que nao ligam para o valor da gasolina e nem para o preço de 20 mil cobrado pelo cambio DSG entao ta tudo certo!!!
    Todo sabem que hoje em dia é "facil" arranjar 20 mil Reais (ironia)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Matheus, afirmar que está preparado qualquer montadora pode, pois até um jurássico motor AP e outros movidos a gasolina rodavam com o falado "Rabo de Galo".
      O problema é a longo prazo, quem estiver com o carro na garantia não tem problema, agora o próximo que for comprar fora da garantia pode ter uma bomba em mãos.
      Esse teste que a ANFAVEA vai liberar em março como sendo "longo prazo" não é tão longo assim e somente ele pode afirmar se vai ou não causar danos reais...

      ... sabemos que vai ser tudo as mil maravilhas e lá na frente os outros donos que se ferrem...

      Excluir
    2. Matheus,
      Nosso ódio e inveja pelo Golf 1.4 TSI (um belíssimo e superpremiado projeto da belíssima engenharia alemã) não pode nos deixar cegos.
      O motor 1.4 TSI (mais potente e também mais econômico da categoria, dando desempenho e consumo invejáveis ao Golf) está preparado pra rodar com gasolina 27% sem problemas. Mas acredito que o ideal seria os proprietários do Golf turbinado usarem gasolina Shell V-Power ou outra aditivada de qualidade, haja visto que aumentaria a durabilidade da "jóia" (1.4 TSI).
      Abraços.

      Excluir
    3. Rasec FK quanta besteira:
      veja o que vc disse:
      Mas acredito que o ideal seria os proprietários do Golf turbinado usarem gasolina Shell V-Power ou outra aditivada de qualidade, haja visto que aumentaria a durabilidade da "jóia" (1.4 TSI).
      mas que questão de durabilidade??????????????
      com mais alcool ha longo prazo digamos daqui uns 4 anos como estará esse motor
      e a questão que mais alcool na gasolina o consumo tende a aumentar
      e vc usando 27% de alcool anidro, e 73% de gasolina, é complicado
      por que não usar 100% de gasolina
      é cada uma

      Excluir
  2. Vcoês acham que alguma montadora vai dizer que dá problema futuramente? A VW diz isso para não perder as vendas e se por algum motivo der problema lá na frente, a culpa é do GOVERNO! Todas vão dizer que não tem problema. Ou vocês acham que alguma montadora vai assumir o defeito e troca o motor pra vc? Prefiro acreditar no estudo da ANFAVEA. Carro mono vão desvalorizar d+

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tanta conversa fiada nesse blog que os defensores da VW que tanto defendem a marca, se esquecem dos brados "carro alemão", "qualidade alemã", etc.
      Agora se contradizem. Se a vedete monocombustivel vem da Alemanha e lá não existe gasolina brasileira e nunca existiu. É óbvio que o projeto do carro não foi projetado para o nosso mercado, quem sabe quando fabricarem aqui os primeiros Flex.
      Então a confusão é a mais óbvia. A vedete que já sofre aqui com os 25% de álcool, vai comprometer ainda mais a performance e consumo e danos a médio longo prazo.
      Solução: mude para uma cidade fronteiriça e abasteça na Argentina!

      Excluir
  3. Pelo sim, pelo não, já conversei no posto em que abasteço frequentemente e vou pedir nota fiscal de todos os abastecimentos, a partir do aumento do percentual. Se o motor der pau, processarei a União.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas aí o Governo vai dizer que sua montadora disse que não haveria problema em abastecer com 27% de álcool... Então, o que acontecer: Vão mandar você procurar a montadora. Primeiro a montdora diz para você que não haverá problemaI e o Governo dirá que sua montadora autorizou. O Governo tira o dele da reta e sua montadora o dela da reta TB. isso vai rolar durante anos e o único prejudicado e com o mico nas mãos será VOCÊ!

      Excluir
  4. A história de motor 3 cilindros 1.0 turbo Flex É OUTRA BOMBA que vai virar mico futuramente na revenda e ainda precisará de uma manutenção muito mais frequente e onerosa. Já tentaram fazer isso no passado (e era 4 cilindros) e virou um Gorila hoje em dia

    ResponderExcluir
  5. o que que eu vou fazer com o meu focus mexicano movido apenas a gasolina?

    ResponderExcluir
  6. era muito melhor para o Brazil se A ANFAVEA lutasse para abaixar o preço do alcool perante agasolina assim as pessoas colocavam menos gasolina no seus carros e mas alcool.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom amigo

      Também penso assim; a UNICA quer vender mais seu etanol?
      Procure baixar o preço, busquem a redução de impostos em cima desse combustível que a maioria dos donos de flex passaria a usar.

      Se etanol fosse menos do que R$ 2 eu usaria tranquilo no meu flex; mas com preço batendo a R$ 2,7 o litro não rola mesmo!

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.