Car.blog.br

Pesquisar este blog

Renault supera a Ford e assume a 2ª posição na Europa

Categorias: , , , 37 Comentários

O mercado europeu aparentemente começa a superar a crise, visto que os números de vendas de automóveis em 2013 já estão superando os verificados em 20123. Nesse ambiente, temos uma mudança de posições relativas entre os maiores fabricantes do continente, com a Renault ultrapassando a Ford e mantendo-se em segundo lugar entre as marcas mais vendidas, atrás da Volkswagen. A Chevrolet vai deixar a Europa em 2017.

Renault Clio 2014 Europa

Os dados mostrados neste artigo envolvem vendas de automóveis de todos os mercados europeus - incluindo não somente os integrantes da Comunidade Europeia, mas também Bósnia, Sérvia, Macedónia, Bulgária, Bielorrússia, Rússia, Turquia e Ucrânia. Além disso, os dados incluem automóveis e veículos comerciais leves.

Ford Fiesta ST 2014 Branco

Isso posto, temos novembro 2013 como o terceiro mês consecutivo de crescimento, com vendas totais de automóveis e comerciais leves de 1.425.128 veículos vendidos, um aumento de 0,3% sobre o mesmo mês do ano passado. No acumulado do ano, porém, já foram vendidos 16.184.000 unidades, queda de 2,9% com respeito a 2012.

Golf GTI 2014 Preto

A líder de vendas na Europa é a Volkswagen, com participação de 11,3% do mercado no acumulado do ano, seguida da Renault, que com 7.2% do mercado acumulado estabelecendo-se como a segunda maior marca da Europa, abrindo uma distância de cerca de 15.000 unidades sobre a Ford, que ficou com 7,1% do mercado, em terceiro lugar.

Opel Insignía

A quarta colocada na Europa é a Opel - subsidiária alemã da General Motors - que ostenta participação de 5,7% do mercado no acumulado de 2013, seguida da Peugeot, em 5º lugar, com 5,3% do mercado.

Citroen

A sexta posição coube à Citroen, com 4,5% do mercado, à frente da Mercedes-Benz, com 4,4% de participação do ano - 7ª maior marca.

Fiat Panda

A Fiat é a 8ª maior da Europa, com 4,4% de participação no ano, seguida da Audi, 9ª colocada, com 4,3% do mercado acumulado em 2013.

Toyota Avensis

A 10ª marca mais vendida na Europa é a Toyota, com 4,2%, seguida da BMW, em 11º, com 4% do mercado. O gráfico abaixo mostra as 30 maiores europeias em 2013, no acumulado de 2013.


Quando se classifica as marcas pelas vendas em novembro de 2013, porém, temos alterações, com a Mercedes-Benz subindo para 6ª posição e a Audi para a 8º, enquanto a Fiat cai para a 9ª colocação, conforme mostrado abaixo.

Postagens relacionadas:

37 comentários:

  1. O único Renault que presta é o Clio, se tivesse por aqui, eu compraria.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O fluence é um ótimo carro, não tem defeitos recorrentes e é uma vesão sedã do megane hatch vendido na Europa.
      Comparando com o fluence ele perde apenas na estética, é melhor acabado, tem melhores câmbio e motor, é mais confortável e silencioso, além disso de mesmo andando mais consome menos.

      Excluir
  2. É sempre interessante olharmos os dados dos principais mercados mundiais e os dados da Europa sempre são amplamente divulgados no blog.

    Quem sabe um dia, também tenhamos nesse blog, matérias detalhadas mostrando também uma análise completa dos dados do mercado dos EUA, da mesma forma eficiente (frequência e ênfase) que hoje já são divulgados por aqui os dados do mercado europeu.

    Seria legal, até porque o mercado dos EUA é maior e mais importante do que o europeu.

    Um bom exemplo disso é o mercado alemão, o maior entre os países da Europa, mas que é bem menor do que o mercado japonês em volume de vendas, aliás, até o mercado brasileiro é maior do que o alemão.

    MAIORES MERCADOS DE CARROS DO MUNDO EM 2012
    1) China - 16.366.225;
    2) EUA - 14.492.600;
    3) Japão - 5.320.391;
    4) Brasil - 3.634.639;
    5) Alemanha - 3.298.413.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ae Rasec, valeu por nos informar esses dados aí. Realmente, China e EUA são os maiores mesmo, o Brasil parece que ainda está engatinhando.

      Excluir
    2. Como o dos EUA é maior? Tá escrito no texto que foram vendidos 16,184 milhões de carros na Europa em 2013 até nov/2013, e que esse numero é queda de 2,9% sobre 2012. Ou seja, só as vendas até nov/2013 na Europa já são 12,5% mais elevadas que as dos EUA em 2012 inteiro.

      Excluir
    3. Em tempo: tb acho q tem que ter dados de todos os mercados, EUA, China, Europa, Brasil e Japão, mas falar que EUA é maior que Europa é desconhecimento total.
      O mercado europeu é bem mais exigente que o americano, basta ver as banheiras beberronas que são vendidas nos EUA, contra os carros altamente tecnológicos e eficientes europeus. E além de mais exigente, é maior, quando se soma UE + Russia e outros mercados que estão especificados aí.

      Excluir
    4. "Os dados mostrados neste artigo envolvem vendas de automóveis de todos os mercados europeus - incluindo não somente os integrantes da Comunidade Europeia, mas também Bósnia, Sérvia, Macedónia, Bulgária, Bielorrússia, Rússia, Turquia e Ucrânia. Além disso, os dados incluem automóveis e veículos comerciais leves..."

      Ou seja, Europa + Adjacentes.

      Excluir
    5. Realmente os EUA tem um excelente mercado, mas a Europa e um parametro mais importante pq la eles tem mais razao que emocao. Os EUA tem aquele tradicionalismo que impede que certas opini'oes sejam levadas em consideracao. Europa e mais pro mundo, EUA e mais pra eles mesmos.

      Excluir
    6. Anônimo (12:14),

      Apesar do cão sem dono e penetra (carlos4carros) estar sempre presente onde não é chamado, tentando se fazer de desentendido, qualquer um com o mínimo de bom sendo entende perfeitamente o que escrevo, como é o seu caso.

      E é claro, todo mundo sabe que o mercado americano é muito mais exigente que o europeu em qualidade e preços, afinal, enquanto nos EUA, carros do nível do Toyota Camry, do Honda Accord, do Nissan Altima e do Ford Fusion lideram o ranking dos mais vendidos, na Europa, carros populares como o VW Golf, o Renault Clio, o Ford Fiesta e o VW Polo lideram o ranking, o que mostra claramente a diferença de nível de mercado.

      Então é isso, carro popular para americano é o Camry, o Accord, o Altima e o Fusion.

      Enquanto isso, lá no "exigente" e "tecnológico" mercado europeu, eles preferem o Golf, o Clio o Fiesta e o Polo ... rsrs

      Excluir
    7. Dessa vez você sentou na farofa, Rasec. O mercado europeu completo é consideravelmente maior que dos EUA, além disso, também é, em média, muito mais exigente e racional que o americano. Os americanos tem uma cultura diferenciada e ainda possuem carros beberrões e simplificados, em relação aos oferecidos na Europa. Para ter uma noção, a Ford só foi colocar o 1.0 Ecoboost no Fiesta americano recentemente. O mesmo aconteceu com a atualização dos motores de vários veículos, até do Passat e do Jetta, que só receberam o 1.8t no lugar do 2.5 aspirado velho e beberrão recentemente. O Focus ainda não utiliza o ótimo e eficiente Ecoboost 1.6, mas sim um 2.0 beberrão que é até inferior ao utilizado no brasileiro. Ou seja, em termos de Focus, até o Brasil está melhor que os EUA, o mesmo serve para o Golf, que o Brasil já recebe o VII, a Europa já recebe o VII a mais de 1 ano os EUA ainda nem receberam o Golf VII.

      Isso sem falar na cultura atrasada dos americanos, que ainda andam de caminhão na cidade, como se não bastasse ser um país com um dos maiores índices de obesidade, só perdendo para o México, que acabou absorvendo parte da péssima cultura dos americanos.

      Quer um mercado exigente, racional, que utiliza até mesmo regras coerentes para as emissões de gazes? A resposta é Europa.

      Quer um mercado grande, irracional, conservador, onde a tecnologia demora mais a chegar, os consumidores andam de caminhão na cidade, não existem leis coerentes para as emissões? A resposta é Estados Unidos da América. Um povo que precisa se auto afirmar através do tamanho das coisas, a cultura do maior é melhor. Um povinho obeso que come lixo sorrindo não tinha como ser uma boa referência em termos de exigência.

      Excluir
    8. Afinal, a comparação é entre países ou continentes? São coisas diferentes.

      Excluir
    9. Entre países até que o Brasil não está ruim, já que aqui temos os carros mais caros do mundo.

      Não fosse os impostos e lucros abusivos, certamente o Brasil entraria na briga com EUA e China.

      Excluir
    10. correção: emissão de gases*

      Excluir
    11. Pelo jeito meu pedido foi atendido pelo blog, então, além de agradecer pela prontidão e presteza, fica a comprovação daquele bom e velho ditado popular: "quen não chora, não mama". VALEU CARBLOG!

      Com relação às manifestações de ódio ao povo americano, recomendo ao "Anônimo (13:31)" (rsrs), um maior controle emocional, afinal, sem a permissão deles para o uso da internet, você não conseguiria sequer publicar esse seu comentário infeliz por aqui.

      Excluir
    12. Caro Anônimo (13:59),

      Não faz isso, não! É muita sacanagem ... rsrs

      Se for para compararmos as vendas só dos países, os caras vão enfartar ... rsrs

      Veja, o maior mercado da Europa, que é o alemão, é superado até pelo Brasil!

      E o mercado japonês? Pisa, esmaga, massacra e humilha o mercado alemão.

      Excluir
    13. Essa epidemia de obesidade nos EUA já está passando.
      Hoje é mais concentrada no interiorzão, onde o povo é gordo mesmo.
      Mas nos grandes centros, tipo Nova York, Miami, San Francisco, Los Angeles e Chicago, entre outros, não tem mais isso de gordos não.
      Inclusive se vê muitas pessoas praticando corridas de ruas e etc.
      Isso tem uma explicação. Nesses centros, urbanos, especialmente os da Califórnia e Noba York as pessoas trabalham em grandes corporações internacionais, onde a boa aparência é fundamental para subir na hierarquia, então é todo mundo magro, elegante e esbelto. Tanto mulher, quanto homem.

      Agora, no interior, o povo vive aquele mundo atrasado, isolado no planeta, mantidos a pesados subsídios do governo federal. Esse povo cuida de fazendas, gado, e plantações, então não estão nem aí para o tamanho. Se pesar 140 Kg tá valendo. Todo mundo é gordo e isso não tem impacto negativo em suas vidas profissionais.

      Excluir
    14. Lembrando que a alíquota média da União Européia para importação de veículos é maior do que 2X a dos EUA para o mesmo serviço. Ou seja, em um mercado como os EUA, com competição ao extremo, nota-se quem oferece mais por menos, e não quem tem maior benefício fiscal (como VW e Renault na UE).

      A China, por agora, está longe de ser uma Economia de Mercado. Câmbio extremamente desvalorizado e barreiras tarifarias criam distorções que impedem sua comparação com outros mercados. Pelo menos ela vale por quase um continente - pena que vendendo carros e utilitários de péssimo nível de qualidade, principalmente VW.

      Excluir
    15. Anônimo (16:00),

      Comprovando tudo isso que você muito bem escreveu, o blog já publicou uma matéria que mostra de forma clara, como está o posicionamento das melhores marcas mundiais no aberto e super competitivo mercado americano.

      Lá, quem tem competência (carros bons e preços justos) se estabelece e vende bem, e é claro, não precisa ser marca americana, no entanto, quem não tem competência, investe, investe, e só fica no chororô ...

      Excluir
  3. unica coisa que gosto mais nos EUA que Europa e automobilismo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas o "automobilismo" nos EUA nem pode ser considerado esporte. Aquile é muito mais show business do que qualquer outra coisa. Se um passarinho faz um coco na pista já tem bandeira amarela...é tudo muito forçado para criar "emoção".
      A NASCAR então é marketing puro, nada de esporte.
      Alíás, nos EUA o automobilismo nem é esporte mesmo, tanto que tem um monte de piloto gordo e obseso....kkkk
      Na Europa a coisa é bem mais séria. O sujeito para competir no automobilismo europeu, primeiro que tem que ser atleta mesmo.
      Segundo que a competição é séria. Entra bandeira amarela só em último caso, e por questões de segurança e só. Enfim, é um esporte mesmo, o automobilismo europeu.

      Excluir
    2. Discordo muito pelo contrário, nos EUA a corridas são mais puras e emocionantes. NASCAR é um dos esportes mais competitivos do mundo, e perigosos também. Muita gente fala que não se tem emoção assistir corrida em circuito oval, mas e pq não entende. Pilotar um carro a 330 km/h lado a lado o tempo todo e pra quem tem muito coragem, determinação e concentração. As corridas da F-indy, principalmente indianápolis 500 milhas, e uma história a parte, linda e emocionante do inicio ao fim.

      Quanto a bandeira amarela, correr em oval é inadimissível qualquer tipo de sujeita na pista, então peidou tem que parar mesmo, pois um pneu estourado é uma catastrofe em oval. So concordo que automobilismo europeu e superior se for o DTM da decada de 90 com maquinas como alfa 155, calibra, AMG mercedez correndo em nordchleife ou então o WRC mas de resto, EUA na frente

      Excluir
    3. O fluence não é um samsung e nunca foi.
      O fluence foi desenvolvido na Europa utilizando a base do megane III para ser um carro elétrico e foi adaptado pela samsung para se tornar um sedã convencional.
      O fluence é basicamente um megane III com motorização, câmbio e suspensão traseira do sentra.

      Excluir
  4. Anônimo (12:14),

    Apesar do cão sem dono e penetra (carlos4carros) estar sempre presente onde não é chamado, tentando se fazer de desentendido, qualquer um com o mínimo de bom sendo entende perfeitamente o que escrevo, como é o seu caso.

    E é claro, todo mundo sabe que o mercado americano é muito mais exigente que o europeu em qualidade e preços, afinal, enquanto nos EUA, carros do nível do Toyota Camry, do Honda Accord, do Nissan Altima e do Ford Fusion lideram o ranking dos mais vendidos, na Europa, carros populares como o VW Golf, o Renault Clio, o Ford Fiesta e o VW Polo lideram o ranking, o que mostra claramente a diferença de nível de mercado.

    Então é isso, carro popular para americano é o Camry, o Accord, o Altima e o Fusion.

    Enquanto isso, lá no "exigente" e "tecnológico" mercado europeu, eles preferem o Golf, o Clio o Fiesta e o Polo ... rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camry, Accord, Fusion... veja bem só balças!!! Isso e questão gosto/cultura do lugar, ou vc acha que o Europeu não tem esses carros por falta de dinheiro? E não é so cultura mesmo, americano adora sedãns luxuosos, mas audi, vw, bmw, mercedes, skoda não devem nada a esses carros.

      Excluir
    2. Chamar o fusion de balsa; é porque não conhece o carro e nunca viu de perto. Eu queria essa balsa. Linda: versátil e com 240 cv. Faz favor fala isso não.

      Excluir
  5. não sabia que a honda era tão fraca na europa!!!

    ResponderExcluir
  6. Galera com todos que acompanham o blog e tem percepção sabem que o ele puxa o saco da volkvagem e como a volksvagem é mal posicionado nos EUA não é interessante falar do rank de la mas da europa onde ela é a primeira.

    ResponderExcluir
  7. Olha só o naipe do Clio deles... muito, mas muito melhor que o nosso...

    ResponderExcluir
  8. Galera com todos que acompanham o blog e tem percepção sabem que o ele puxa o saco da volkvagem e como a volksvagem é mal posicionado nos EUA não é interessante falar do rank de la mas da europa onde ela é a primeira.

    ResponderExcluir
  9. Caraca, tem gente aqui que comenta e fica xingando, que loco isso, cadê o adm do blog?

    ResponderExcluir
  10. Opel e Peugeot estão brigando mesmo, pouca diferença entre elas.

    ResponderExcluir
  11. Força Renault ! Você é campeã do mundo !

    ResponderExcluir
  12. Bonitão esse Clio amarelo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bonito mesmo, a Renault Brasil bem que poderia vender acima do Sandero, muito provável que fizesse mais sucesso que o 208.

      Excluir

Comentários que contenham palavras de baixo calão (palavrões),conteúdo ofensivo, racista ou homofóbico serão apagados sem prévio aviso.